Siga o Italianismo

Olá, o que deseja procurar?

ItalianismoItalianismo

Esporte

Italiano, 150º do mundo, ocupa vaga de Djokovic que foi deportado

Salvatore Caruso entrou na chave como lucky-loser e enfrentará Kecmanovic nesta segunda-feira

Salvatore Caruso
Italiano, 150º do mundo, ocupa vaga de Djokovic

Após a decisão da Justiça australiana de confirmar o cancelamento do visto de permanência no país de Novak Djokovic, o nome do número 1 do mundo foi retirado da chave principal masculina do evento, que começa nesta segunda-feira em Melbourne.

Três juízes decidiram de forma unânime a favor da revogação do visto, e Djokovic vai ser deportado. O Tribunal Federal, neste domingo (16), confirmou a decisão do Governo de cancelar o seu visto, alegando que a sua decisão de não ser vacinado contra a covid-19 representava um risco para o país.

A vaga do sérvio na chave será ocupada pelo italiano Salvatore Caruso, 150º do ranking, que entra no torneio como lucky loser, depois ter perdido na última rodada do quali.

Caruso, de 29 anos, tem apenas cinco vitórias em chaves principais de Grand Slam na carreira e seu melhor ranking na ATP foi o 76º lugar, alcançado em novembro de 2020.

Ele não tem títulos ou finais de torneios da ATP e já venceu dois torneios de nível challenger. O italiano tem três participações na chave do Australian Open, caindo na estreia em 2018 e 2020 e avançando uma rodada no ano passado.

A estreia de Caruso será contra o sérvio Miomir Kecmanovic, 78º do ranking, e que seria o rival de Djokovic em Melbourne.

A partida acontece por volta das 3h (de Brasília) desta segunda-feira, na 1573 Arena, quinta maior quadra do complexo do Melbourne Park. Quem vencer pode enfrentar o cazaque Mikhail Kukushkin ou o norte-americano Tommy Paul.

A organização do torneio segurou ao máximo a divulgação da programação do primeiro dia de jogos do Australian Open, mas a ordem das partidas foi definida cerca de 2h antes do anúncio da sentença que envolveu o número 1 do mundo. Nesse caso, já não havia mais a possibilidade de um reordenamento dos cabeças de chave. 

O russo Andrey Rublev, cabeça 5, poderia ter sido movido para a posição 1 para efeitos de reequilíbrio da chave se a sentença tivesse sido emitida antes da divulgação dos horários dos jogos de segunda-feira.

Kecmanovic venceu o único duelo anterior contra Caruso, disputado há menos de duas semanas, também no Melbourne Park. O complexo onde é disputado o Australian Open sediou um ATP 250 preparatório na primeira semana do ano e que terminou com o título de Rafael Nadal.

Também foram disputados dois torneios da WTA e as campeãs foram Simona Halep e Amanda Anisimova. Já a segunda semana de janeiro foi dedicada ao qualificatório que definiu as últimas vagas na chave principal.

Durante o quali em Melbourne, Caruso venceu a estreia contra o esloveno Blaz Rola por 3/6, 6/1 e 7/6 (10-5) e também passou pelo argentino Juan Pablo Ficovich por 7/5 e 7/6 (7-5). Na fase final do quali, ele perdeu para o japonês Taro Daniel por 6/4 e 6/3. Daniel enfrentará o chileno Tomas Barrios Vera, também vindo do quali.

200

Deixa o seu comentário:

Publicidade

Série

Rádio e TV italiana

Siga o Italianismo

Destaques do editor

Esporte

A ministra italiana do Esporte, Valentina Vezzali, disse que eventos ao ar livre no país não exigem que pessoas sejam vacinadas

Cotidiano

Salvatore Caruso perdeu para o sérvio Miomir Kecmanovic por 3 sets a 0