Siga o Italianismo

Olá, o que deseja procurar?

ItalianismoItalianismo

Cotidiano

Líderes debatem relação entre Itália e os países latino-americanos

Deputado Fabio Porta destaca a importância da conferência para as relações históricas e culturais entre Itália e América Latina.

fabio porta conferenza america latina
Deputado Fabio Porta destaca a importância da conferência para as relações históricas e culturais entre Itália e América Latina | Foto: Divulgação

A “11ª Conferenza Italia – America Latina e Caraibi” reuniu líderes em Roma, marcando um evento que abre novas perspectivas na relação entre a Itália e os países latino-americanos.

A conferência, finalizada nesta sexta-feira (13), foi promovida pelo governo italiano e organizada pelo Instituto Ítalo-Latino Americano (IILA). O Evento, que representa um dos principais instrumentos da política externa italiana em relação à região, teve como objetivo destacar a relevância do relacionamento estratégico entre a Itália e a América Latina, com especial ênfase em questões econômicas e matérias-primas.

O evento atraiu a atenção de políticos, diplomatas, especialistas e representantes de embaixadas. Antonio Tajani, vice-presidente do Conselho e ministro das Relações Exteriores e da Cooperação Internacional, presidiu a conferência deste ano, que buscou reforçar os laços políticos entre a Itália e a América Latina e enfrentar conjuntamente os desafios globais em constante mudança. Entre esses desafios, destacaram-se a crise climática, as cadeias de valor, a segurança energética e alimentar.

O deputado Fabio Porta, representando a Comissão de Assuntos Exteriores, enfatizou a importância da conferência em sua intervenção. Ele recordou que durante a décima sétima legislatura, o Parlamento aprovou uma lei tornando este importante instrumento de cooperação internacional e política externa permanente.

Porta também ressaltou o histórico papel da América Latina como uma projeção da Itália do outro lado do Atlântico, uma região que pode contribuir para fortalecer as complementaridades econômicas e culturais entre os dois territórios, especialmente considerando que a América Latina abriga a maior comunidade de italo-descendentes.

A conferência promovida pelo Instituto Ítalo-Latino-Americano (IILA) nasceu em 2003 em Milão, como um encontro com fins principalmente econômicos e empresariais, adquirindo uma dimensão política e intergovernamental a partir da terceira edição em 2007.

Ela representa o momento culminante do diálogo da Itália com as regiões da América Latina e do Caribe. Desde então, representa o ápice do encontro e cooperação entre a Itália, como um sistema nacional inteiro, e os países da América Latina e do Caribe, com os quais mantém profundos laços históricos, culturais, políticos e econômicos.

Siga o Italianismo no Instagram

Deixa o seu comentário:

Destaques do editor

Estilo de vida

Por que não adotar o sobrenome do seu marido na Itália: Entenda os motivos.

Cotidiano

Pontremoli lança programa “Residentes do Futuro” para estimular novos moradores.

Cidadania Italiana

Congresso terá presença de figuras relevantes do judiciário italiano, do Ministério do Interior e da Procuradoria Geral do Estado

Comer e beber

Verdade ou mito: Os italianos realmente comem pasta todos os dias?

Cidadania Italiana

Da Itália à Espanha: A jornada de Riccardo Consoli em busca de um futuro mais acolhedor.

Cidadania Italiana

Os brasileiros estão entre as dez nacionalidades que mais obtiveram uma cidadania da União Europeia em 2022.

Turismo

Iniciativa conta com 28 municípios divididos em 10 regiões

Cidadania Italiana

Brasil destaca-se como o 4º país com mais cidadãos adquirindo nacionalidade italiana.

Cidadania Italiana

O ius soli é um problema falso, não é necessário: os números desconstroem a narrativa da esquerda, segundo jornalista.

Arte & Cultura

Russell Crowe se apresentará no anfiteatro de Pompeia.

Cinema italiano

Massimiliano Narciso trabalhou como designer de ‘War is Over’ no curta-metragem de animação inspirado na música de John e Yoko.

Cotidiano

Enel mancha a reputação italiana no Brasil devido a constantes falhas no fornecimento de energia em São Paulo