Siga o Italianismo

Olá, o que deseja procurar?

ItalianismoItalianismo

Eleições 2022

Fabio Porta conquista vaga na Câmara italiana

Brasil terá representante no Parlamento Italiano. Fabio Porta conquistou uma das duas vagas para a Câmara

Fabio Porta
Fabio Porta conquista vaga na Câmara italiana

Os ítalo-brasileiros conseguiram eleger um representante para o Parlamento Italiano. O italiano radicado no Brasil Fábio Porta, do Partido Democrático, conquistou uma das duas vagas para a Câmara dos Deputados.

O advogado argentino Franco Tirelli, do Maie (Movimento Associativo Italiani All’ Estero), com 44.468 votos será o outro deputado representante dos italianos na América do Sul.

Fábio Porta, que desistiu da vaga no Senado para disputar uma vaga na Câmara italiana, obteve 22.436 votos.

“Me sinto honrado porque essa foi a eleição mais difícil da minha vida. Uma concorrência muito forte, com apenas duas vagas, mas conseguimos ganhar e manter a nossa presença e voz no Parlamento. Essa é a coisa mais importante. Vamos continuar sendo representante dessa bela comunidade italiana na América do Sul”, disse o candidato eleito ao Italianismo.

Segundo dados do Ministério do Interno, 433.636 ítalo-brasileiros estavam aptos a votar, mas apenas 116.209 (26,8%) participaram do pleito.

Na atual legislatura, os ítalo-brasileiros eram representados por Luis Roberto Lorenzato (Liga) e (PD), na Câmara dos Deputados, e Fabio Porta (PD) no Senado italiano.

Lorenzato (Liga) conquistou nesta eleição 19.308 votos e Fasto Longo desistiu de concorrer.

Apesar de ter sido a mais votada no Brasil, Renata Bueno, do USEI (Unione Sudamericana Emigrati Italiana), não conseguiu uma cadeira na câmara baixa da Itália. Ela obteve 25.179 votos.

Reforma Eleitoral

O número de representantes do exterior no Parlamento da Itália foi reduzido de 18 (12 deputados e seis senadores) para 12 (oito deputados e quatro senadores).

Desse total, a circunscrição da América do Sul passou a ter direito a dois deputados e um senador. As três vagas foram conquistadas pelos argentinos.

Candidatos ao Senado

Emerson Fittipaldi (Liga) foi o ítalo-brasileiro mais votado, mas os 37.373 foram insuficientes para conquistar uma cadeira no Senado da República.

Andrea Matarazzo, que disputou uma vaga pelo Partido Democrático, conquistou 30.535 votos.

A única vaga ao Senado ficou com o atual deputado Mario Alejandro Borghese, do Maie (Movimento Associativo Italiani All’ Estero). Ele obteve 58.233 votos. A ítalo-brasileira Luciana Laspro, do mesmo partido, somou 20.837 votos.

Confira os resultados finais

Senado

Câmara dos Deputados

Siga o Italianismo no Instagram

Deixa o seu comentário:

Destaques do editor

Itália no Brasil

Programa percorre cidades brasileiras para mostrar a influência e o legado do povo italiano no país.

Cidadania Italiana

Projeto de Lei no Senado Italiano gera debate sobre possíveis mudanças na cidadania italiana.

Cidadania Italiana

Val di Zoldo: Desafios administrativos, protestos e o embate com a cidadania ítalo-brasileira.

Cotidiano

Facilite sua vida na Itália em 2024 com esses 16 aplicativos essenciais.

Cotidiano

Itália desafia limites: Quer a construção da ponte suspensa mais longa do mundo.

Cidadania Italiana

Subsecretário italiano afirma que a Lei 91 de 92, que rege a cidadania no país, está adequada e não deve ser alterada.

Arte & Cultura

Russell Crowe revela orgulho por suas raízes italianas durante o Festival de Sanremo.

Destinos

Preparando o terreno: estratégias inteligentes para economizar nas reservas de voos para a Itália.

Cidadania Italiana

A italianidade que corre nas veias: por que limitar o direito à cidadania?

Estilo de vida

Descubra as razões por trás da diferença entre o Dia dos Namorados no Brasil e na Itália.

Cotidiano

Deputado Fabio Porta insta governo italiano a agir com urgência no acordo de conversão de CNH com o Brasil.

Itália no Brasil

Estação 'Nova Vicenza', símbolo intocado da imigração italiana, ganha destaque nas páginas do Il Giornale di Vicenza