Siga o Italianismo

Olá, o que deseja procurar?

ItalianismoItalianismo

Cotidiano

Como a Itália escolhe seus Ministros do Supremo, a Corte Constitucional

Quinze membros compõem a Corte Constitucional da Itália.

Itália Ministros Supremo Corte
A lei é igual para todos. Como a Itália escolhe seus ministros da Corte Constitucional | Foto: Arquivo

Enquanto no Brasil o debate se concentra nas indicações dos chamados “amigos do rei” para o Supremo Tribunal Federal (STF), na Itália, os membros da Corte Constitucional são selecionados por meio de um processo rigorosamente regulamentado que inclui a participação do Parlamento, do Presidente da República e das cortes superiores do país.

O Parlamento italiano indica três membros da Corte, representando cada uma das três principais forças políticas na Câmara dos Deputados e no Senado. O Presidente da República contribui com outros três indicados, enquanto as cortes superiores nomeiam os últimos cinco.

Os requisitos para ser indicado são claros: ser cidadão italiano, ter no mínimo 40 anos e contar com, pelo menos, 25 anos de experiência profissional em direito. Uma vez escolhidos, os membros da Corte Constitucional desfrutam de um mandato de nove anos, sem chance de recondução.

Esse intricado processo é regido pela Lei Fundamental da República Italiana, datada de 1948. Resumindo, a escolha dos membros da Corte Constitucional da Itália se desdobra da seguinte maneira:

  • Parlamento italiano: indica três membros, um por cada uma das três principais forças políticas representadas na Câmara dos Deputados e no Senado.
  • Presidente da República: indica três membros.
  • Cortes superiores do país: indicam cinco membros.

Requisitos para ser indicado para a Corte Constitucional da Itália:

  • Ser cidadão italiano.
  • Ter pelo menos 40 anos de idade.
  • Ter pelo menos 25 anos de experiência profissional em direito.

Mandato:

  • Nove anos, sem possibilidade de recondução.

Como é em Portugal

O Tribunal Constitucional de Portugal é formado por 13 juízes, sendo dez eleitos pela Assembleia da República (Parlamento português) e três escolhidos pelo próprio Tribunal, para um mandato de nove anos, vedada a recondução.

Dos 13 membros, pelo menos seis têm que ser escolhidos dentre juízes de outros tribunais portugueses. O restante, juristas.

Não há limites mínimos e máximos de idade ou aposentadoria compulsória.

Siga o Italianismo no Instagram

Deixa o seu comentário:

Destaques do editor

Destaque do Editor

O ranking mostra o posicionamento, o número de famílias e o número de municípios em que os sobrenomes italianos estão espalhados.

Destaque do Editor

A transmissão da cidadania italiana jure sanguinis pode ser comprovada por qualquer meio, diz a Corte de Cassação da Itália

Cotidiano

Prefeito perde batalha contra ítalo-brasileiros: A lei falou mais alto. Parece que o jogo virou, não é mesmo, senhor prefeito?

Cidadania Italiana

Ao contratar um advogado para processo de cidadania italiana, opte por um que mantenha representante no Brasil.

Cidadania Italiana

Cidadania italiana irregular: 92 cidades da província de Nápoles entram em investigação.

Cidadania Italiana

Silmara Fabotti, líder de esquema de cidadania italiana falsa, planejava fugir da Itália, relata juiz.

Cidadania Italiana

Descaso com o Codice Fiscale: Conselheiro do CGIE denuncia "Gaming the System" nos consulados.

Cidadania Italiana

Passaporte em todo lugar: A partir de julho, correios italianos facilitam renovação e emissão

Cidadania Italiana

A crescente diáspora italiana: Migração em massa em busca de melhores oportunidades e realização pessoal.

Itália no Brasil

Um voo histórico de solidariedade: A ajuda humanitária da Itália ao Rio Grande do Sul.

Itália no Brasil

Aviso por correio convoca os eleitores para participarem das eleições do Parlamento Europeu de 2024.

Cidadania Italiana

Investigação revela esquema de corrupção envolvendo falsos certificados de residência em troca de dinheiro e favores sexuais.