Siga o Italianismo

Olá, o que deseja procurar?

ItalianismoItalianismo

Sobrenome italiano

Trevisan: sobrenome do Vêneto para o mundo

Conheça a história de um dos nomes de família com origem na Itália mais comuns no Brasil

sobrenome italiano trevisan
Trevisan: sobrenome do Vêneto para o mundo

O sobrenome Trevisan é o típico exemplo de toponímico italiano, ou seja, nome de família com origem em uma localidade, nesse caso, a província de Treviso, no vale do Vêneto.

Na região do Vêneto, o sobrenome Trevisan é particularmente popular nas províncias de Veneza, Pádua e Vicenza.

Os romanos chamavam a cidade de Treviso de Tarvisium, nome que teria origem no termo celta “tarvos”, que significa “touro”. Para alguns historiadores, aquela região teria sido um lugar de culto a esse animal. Outra teoria aponta que a região era muito utilizada para criação de gado.

A cidade de Treviso é a capital da província homônima

Famílias e regiões

Os primeiros registros da utilização do sobrenome Trevisan datam do século XII, mas não existe apenas um ramo da família. Esse é um sobrenome que foi utilizado para designar diferentes famílias que se identificavam com a cidade de Treviso.

Entre as principais famílias estão as da República de Veneza (810-1797), onde Marcantonio Trevisan, o “Trivisano” (1475-1554) foi doge (líder) entre 1553 e 1554.

Esse é um nome de família bastante comum também em outras regiões da Itália, como Friuli-Venezia Giulia, Lombardia, Piemonti e Emilia Romagna.

Entre as variações desse nome de família estão Trevisani, Trevesani, Trevisoli, Trevisanelli e Trevisato.

Brasão da família

Trevisan no Brasil

No Brasil, o sobrenome está presente desde a década de 1870, quando teve início a imigração italiana no país. Entre outros imigrantes, há registros da família de Giuseppe Trevisan, vindo de Gênova para o Paraná no navio Colombo, em 1878, e da família de Valentino Trevisan, vindo de Treviso para o Espírito Santo no navio Ádria, em 1889.

Já a família de Francesco Trevisani, de Verona, veio para o Espírito Santo a bordo do navio Clementina, em 1878.

Popularidade

Segundo o site italiano Cognomix, existem aproximadamente 4.852 famílias Trevisan na Itália. O sobrenome é o segundo mais comum na região do Vêneto e na cidade de Ceggia (Vêneto) e o terceiro em popularidade na província de Gorizia (Friuli-Venezia Giulia).

O site Forebears aponta que, depois da Itália, os países onde o sobrenome Trevisan é mais comum são Brasil, Argentina, França e Estados Unidos.

Distribuição geográfica do sobrenome na Itália:

Número de famílias com o sobrenome Trevisan | Fonte: Cognomix

Personalidades

Entre as personalidades brasileiras da família está o escritor e advogado Dalton Trevisan, que completou 97 anos no último dia 14 de junho.

Famoso por sua personalidade reservada, ele é autor do livro O Vampiro de Curitiba (1965), e lançou várias outras obras, principalmente livros de contos.

Dalton Trevisan, escritor e advogado

Foi eleito por unanimidade vencedor do Prêmio Camões em 2012, mesmo ano em que recebeu o Prêmio Machado de Assis, da Academia Brasileira de Letras, pelo conjunto de sua obra.

Outra pessoa conhecida com esse sobrenome é Armindo Trevisan, também atuante no campo da literatura. Nascido em 1933 em Santa Maria, no Rio Grande do Sul, Armindo é teólogo, poeta, crítico de arte e ensaísta, e segue na ativa aos 89 anos.

Com obras traduzidas em diversos idiomas, lançou livros de poesia, como Corpo a Corpo (1973) e Orações para o Novo Milênio (1999).

Armindo Trevisan tem obras traduzidas para diversos idiomas

Família Trevisan e a literatura

A família Trevisan parece ter mesmo vocação para o campo das Letras, já que outra personalidade que representa os familiares é o também escritor João Silvério Trevisan, 77 anos, que também é jornalista, dramaturgo, cineasta e tradutor.

Durante a Ditadura Militar no Brasil, na década de 1960, ele assumiu sua homossexualidade e foi morar nos Estados Unidos. Ao retornar ao Brasil, o escritor fundou o grupo Somos, que lutava pela defesa dos direitos da comunidade LGBT na década de 1970.

Ele é autor de obras como o curta-metragem Contestação (1969), o livro Pedaço de Mim (2002) e é vencedor do Prêmio Jabuti em 2003, pelo romance Filomena.

João Silvério Trevisan, autor premiado e militante pelos direitos da comunidade LGBT

Siga o Italianismo no Instagram

Deixa o seu comentário:

Destaques do editor

Destaque do Editor

A transmissão da cidadania italiana jure sanguinis pode ser comprovada por qualquer meio, diz a Corte de Cassação da Itália

Cotidiano

Prefeito perde batalha contra ítalo-brasileiros: A lei falou mais alto. Parece que o jogo virou, não é mesmo, senhor prefeito?

Cidadania Italiana

Cidadania italiana irregular: 92 cidades da província de Nápoles entram em investigação.

Cidadania Italiana

Silmara Fabotti, líder de esquema de cidadania italiana falsa, planejava fugir da Itália, relata juiz.

Cidadania Italiana

A crescente diáspora italiana: Migração em massa em busca de melhores oportunidades e realização pessoal.

Itália no Brasil

Um voo histórico de solidariedade: A ajuda humanitária da Itália ao Rio Grande do Sul.

Cidadania Italiana

Investigação revela esquema de corrupção envolvendo falsos certificados de residência em troca de dinheiro e favores sexuais.

Cidadania Italiana

Rodrigo Faro se defende de acusações de envolvimento em esquema de falsificação de documentos para cidadania italiana

Cidadania Italiana

Apresentador de TV, empresários e jogadores de futebol têm processos de cidadania italiana cancelados na região de Nápoles.

Itália no Brasil

Diante do público cada vez maior, desafio é garantir boa estrutura para atender bem os visitantes.

Cotidiano

Meloni apresentou queixa antimáfia sobre fluxos migratórios.

Cidadania Italiana

Suspensão temporária das audiências durante o período eleitoral e possível greve dos juízes afeta ítalo-brasileiros.