Siga o Italianismo

Olá, o que deseja procurar?

ItalianismoItalianismo

Receitas

Pesto caseiro: história e receita tradicional italiana

Pesto caseiro: história e receita tradicional italiana
Pesto caseiro: história e receita tradicional italiana

O mais famoso e amado em todo o mundo é o pesto genovês. Veja como fazer

pesto é um dos molhos mais usados ​​e conhecidos da tradição culinária italiana. O guardião da receita original, a oficial do pesto, é o Consorzio del Pesto Genovese, que está sediado no edifício da região da Ligúria, em Gênova. 

Existem muitas receitas e variações regionais de pesto na Itália, mas o mais famoso e amado em todo o mundo é sim o pesto genovês. 

A origem

A primeira receita escrita do pesto que conhecemos hoje é encontrada na Vera Cuciniera Genovese, de Emanuele Rossi (1852), e foi nomeada como Pesto d’Aglio e Basilico.

Livro “La cuciniera genovese” foi publicado em 1852

Onde utilizar o molho pesto?

O molho pesto combina muito bem com massas, como o espaguete, a lasanha e o trofie. Na Ligúria, a tradição é utilizar o molho pesto com trofie, uma massa típica da região. Mas o pesto combina muito bem com vários outros tipos de massa.

Pasta trofie com pesto, típica da Ligúria
Pesto combina bem com tomate assado

Batata assada com pesto é uma delícia

Pesto é um molho cru, que é um composto em que os ingredientes são misturados a frio, não cozidos. Para esta característica, os ingredientes não perdem suas características originais.

Não esquente o molho pesto antes de misturá-lo ao macarrão. A melhor alternativa é misturá-lo com um pouco da água do macarrão, para adquirir mais cremosidade, e logo em seguida misturá-lo ao macarrão.

Veja como preparar o único, verdadeiro e autêntico pesto genovês.

RECEITA

Manjericão: 50 folhas (cerca de 25 g)
Alho: a gosto
Pinoli: 15 g
Azeite extra virgem: 100 ml
Parmesão: 70 g
Sal grosso: alguns grãos

MODO DE PREPARO

1 – Limpe as folhas de manjericão delicadamente com um pano úmido (não lave em água corrente).

2 – Corte o alho em pequenos pedaços.

3 – Coloque no pilão o alho com uma pitada de sal grosso e macere até obter uma consistência cremosa. Junte os pinoli e junte as folhas de manjericão aos poucos, mexendo com o pilão em rotação. Por fim, adicione o queijo e o azeite.

Uma dica: pinoli não é encontrado facilmente no no Brasil. Neste caso, o mais comum é substituir pela castanha do Pará, porque ela tem uma textura mais próxima ao pinoli.

5 – Se não tiver pilão, pode-se prepará-lo no liquidificador colocando todos os ingredientes no copo que ficou por algum tempo no freezer antes de iniciar o preparo para evitar que o pesto fique escurecido.

6 – O pesto pode ser guardado dois ou três dias na geladeira, tomando o cuidado de cobrir bem a superfície com óleo, ou pode ser congelado.

LEIA TAMBÉM

Siga o Italianismo no Instagram

Deixa o seu comentário:

Destaques do editor

Cotidiano

CNH brasileira volta a valer na Itália: novo acordo facilita vida de milhares pessoas

Arte & Cultura

Lançado no fim de outubro e exibido em preto e branco, foi o filme que mais faturou com bilheteria na Itália em 2023

Variedades

Cidade foi devastada pela erupção do Vesúvio, assim como Pompeia.

Notícias

Grupo de 8 companhias participa de feira de fundição em SP.

Cotidiano

Imperia ocupa 1ª posição de ranking elaborado pelo iLMeteo.it

Turismo

Alta temporada no país vai de junho a setembro.

Cotidiano

Brasileiros residentes no país europeu há menos de seis anos podem solicitar habilitação italiana sem necessidade de novos exames

Cultura

Mostra 'Oltreoceano' ocorre no Salão Negro do Congresso Nacional.

Esporte

O ítalo-brasileiro assumiu o cargo de técnico da Juventus, firmando um contrato de três temporadas, válido até meados de 2027.

Notícias

Atualmente, 15% da pesquisa colaborativa é realizada por cientistas paulistas e italianos.

Gastronomia

Referência da gastronomia, TasteAtlas partilha os seus rankings com base na experiência do consumidor.

Variedades

Agente de Registro Civil e intermediador são suspeitos