Siga o Italianismo

Olá, o que deseja procurar?

Italianismo

Receitas

Pesto caseiro: história e receita tradicional italiana

Pesto caseiro: história e receita tradicional italiana
Pesto caseiro: história e receita tradicional italiana

O mais famoso e amado em todo o mundo é o pesto genovês. Veja como fazer

pesto é um dos molhos mais usados ​​e conhecidos da tradição culinária italiana. O guardião da receita original, a oficial do pesto, é o Consorzio del Pesto Genovese, que está sediado no edifício da região da Ligúria, em Gênova. 

Existem muitas receitas e variações regionais de pesto na Itália, mas o mais famoso e amado em todo o mundo é sim o pesto genovês. 


Bendita Cidadania


Bendita Cidadania

A origem

A primeira receita escrita do pesto que conhecemos hoje é encontrada na Vera Cuciniera Genovese, de Emanuele Rossi (1852), e foi nomeada como Pesto d’Aglio e Basilico.

Livro “La cuciniera genovese” foi publicado em 1852

Onde utilizar o molho pesto?

O molho pesto combina muito bem com massas, como o espaguete, a lasanha e o trofie. Na Ligúria, a tradição é utilizar o molho pesto com trofie, uma massa típica da região. Mas o pesto combina muito bem com vários outros tipos de massa.


Bendita Cidadania

Pasta trofie com pesto, típica da Ligúria
Pesto combina bem com tomate assado

Batata assada com pesto é uma delícia

Pesto é um molho cru, que é um composto em que os ingredientes são misturados a frio, não cozidos. Para esta característica, os ingredientes não perdem suas características originais.

Não esquente o molho pesto antes de misturá-lo ao macarrão. A melhor alternativa é misturá-lo com um pouco da água do macarrão, para adquirir mais cremosidade, e logo em seguida misturá-lo ao macarrão.

Veja como preparar o único, verdadeiro e autêntico pesto genovês.

RECEITA

Manjericão: 50 folhas (cerca de 25 g)
Alho: a gosto
Pinoli: 15 g
Azeite extra virgem: 100 ml
Parmesão: 70 g
Sal grosso: alguns grãos

MODO DE PREPARO

1 – Limpe as folhas de manjericão delicadamente com um pano úmido (não lave em água corrente).

2 – Corte o alho em pequenos pedaços.

3 – Coloque no pilão o alho com uma pitada de sal grosso e macere até obter uma consistência cremosa. Junte os pinoli e junte as folhas de manjericão aos poucos, mexendo com o pilão em rotação. Por fim, adicione o queijo e o azeite.

Uma dica: pinoli não é encontrado facilmente no no Brasil. Neste caso, o mais comum é substituir pela castanha do Pará, porque ela tem uma textura mais próxima ao pinoli.

5 – Se não tiver pilão, pode-se prepará-lo no liquidificador colocando todos os ingredientes no copo que ficou por algum tempo no freezer antes de iniciar o preparo para evitar que o pesto fique escurecido.

6 – O pesto pode ser guardado dois ou três dias na geladeira, tomando o cuidado de cobrir bem a superfície com óleo, ou pode ser congelado.

LEIA TAMBÉM

Deixa o seu comentário:

Mais de Italianismo

Cotidiano

Regiões com maior percentual de doses aplicadas são Lazio, Toscana e Vêneto.

Cotidiano

Várias medidas de interesse para os italianos no exterior. Redução de impostos, fundos para língua, cultura e Made in Italy

Destinos

As igrejas da Itália são verdadeiras obras de arte. Aqui está um passeio entre as mais evocativas de toda a bota.

Cotidiano

A experiência começa nos aeroportos de Roma. Viajantes receberão resultados dos testes de Covid direto no celular.

Cotidiano

A Eurasia estima 55% de chance de o governo da Itália ser reformulado nos próximos dias. Deixa o seu comentário:

Destinos

Uma viagem pelas obras-primas arquitetônicas mais fotografadas do mundo.

Cotidiano

Xuxa Meneghel mostra sua mansão no Rio e revela planos para morar na Toscana, na Itália.

Cotidiano

Papa Francisco: "A vacina? É uma opção ética. Marquei e tem que ser feita"