Siga o Italianismo

Olá, o que deseja procurar?

ItalianismoItalianismo

Comer e beber

Dia da Carbonara: o prato que une, a receita que divide

O mundo inteiro comemora no dia 6 de abril o Carbonara Day.

Dia da Carbonara
Dia da Carbonara: o prato que une, a receita que divide

No final da Segunda Guerra Mundial, a carbonara foi o prato do renascimento. Na verdade, o prato se espalha desde a segunda metade da década de 1940 e coincide com o fim das privações do conflito e com a volta à normalidade, quando as pessoas voltam a comer fora, a frequentar restaurantes. 

As primeiras carbonaras nascem da união do gênio italiano com a logística americana, ou seja, com os ingredientes trazidos pelo Exército dos Estados Unidos nas famosas rações K: bacon e ovos – já mexidos, enlatados ou em pó – cada vez mais encontrados no mercado negro. 

A contribuição italiana, é claro, é a tradição da pasta, um alimento capaz de tornar uma substancial ração militar deliciosa e satisfatória, sim, mas sempre igual a si mesma.

Essa hipótese de sua origem – muito plausível até para historiadores – foi recentemente contada em um curta-metragem, dirigido por Xavier Mairesse, que mostra um soldado americano, em uma Roma recém-libertada, que recebe a tarefa de organizar uma refeição que vai levantar o moral das tropas. 

É uma verdadeira missão, quase impossível, mas graças à ajuda do jovem cozinheiro – Claudio Santamaria – o espaguete alla carbonara, um prato de ponte entre dois povos que se encontram num abraço de bom gosto, vão ver a luz.

O filme foi procurado pela Barilla para celebrar o Carbonara Day relembrando esse mesmo espírito de encontro e solidariedade entre as culturas, na ideia de cuidar de alguém. 

Para isso usaram o CareBonara com trocadilhos, doando um milhão de pratos de macarrão aos refeitórios do Food For Soul.

Dia da Carbonara: pasta para 1 bilhão de pessoas

Mas no dia em que o mundo festeja a Carbonara, promovida todos os 6 de abril pelos fabricantes de massas da Unione Italiana Food, com um imenso banquete virtual que alcançou um público de 1 bilhão de pessoas nas últimas 5 edições, é curioso notar como o prato que mais une é também aquele cuja receita é mais discutida.

Existem apenas cinco elementos, mas eles podem ser diminuídos de mil maneiras diferentes. Assim, discutimos todos os aspectos: pancetta ou guanciale, parmesão ou pecorino, apenas gema de ovo ou mesmo clara de ovo, ovo cozido ou cru, macarrão curto ou longo.

E os italianos ficam indignados quando no exterior se atrevem a propor versões sui generis, como se questionassem a própria identidade. 

Entre os primeiros “escândalos” públicos sobre a carbonara aconteceu em 2006, quando o ator Tom Cruise, que se orgulha de preparar uma carbonara especial, dá sua receita no programa da Oprah Winfrey: ele começa com um refogado de uma cebola e dois dentes de alho. Neste momento os italianos socam a mesa.

Depois, há o fatídico Carbonara-gate, em 2016: o site francês Demotivateur publica uma receita bem controversa. Bacon, macarrão tipo borboleta, água e cebola fatiada, são todos cozidos juntos em uma panela com água, depois batidos com natas e finalmente enfeitados com gema crua e salsa. 

Quase que as relações diplomáticas entre Itália e França se estremesseram.

Ainda bem que os italianos não sabem que no Brasil a carbonara é feita com creme de leite.

Na verdade, não existe carbonara perfeito, todos têm uma receita que consideram perfeita. 

A versão mais credenciada é a com bacon, pecorino, gema de ovo e pimenta. Mas alguns usam outros alguns ingredientes: esses são os erros que os puristas carbonara, principalmente nas redes sociais, não perdoam.

Siga o Italianismo no Instagram

Deixa o seu comentário:

Destaques do editor

Cotidiano

CNH brasileira volta a valer na Itália: novo acordo facilita vida de milhares pessoas

Arte & Cultura

Lançado no fim de outubro e exibido em preto e branco, foi o filme que mais faturou com bilheteria na Itália em 2023

Variedades

Cidade foi devastada pela erupção do Vesúvio, assim como Pompeia.

Notícias

Grupo de 8 companhias participa de feira de fundição em SP.

Cotidiano

Imperia ocupa 1ª posição de ranking elaborado pelo iLMeteo.it

Turismo

Alta temporada no país vai de junho a setembro.

Cotidiano

Brasileiros residentes no país europeu há menos de seis anos podem solicitar habilitação italiana sem necessidade de novos exames

Cultura

Mostra 'Oltreoceano' ocorre no Salão Negro do Congresso Nacional.

Esporte

O ítalo-brasileiro assumiu o cargo de técnico da Juventus, firmando um contrato de três temporadas, válido até meados de 2027.

Notícias

Atualmente, 15% da pesquisa colaborativa é realizada por cientistas paulistas e italianos.

Gastronomia

Referência da gastronomia, TasteAtlas partilha os seus rankings com base na experiência do consumidor.

Variedades

Agente de Registro Civil e intermediador são suspeitos