Siga o Italianismo

Olá, o que deseja procurar?

ItalianismoItalianismo

Cotidiano

Queda de teleférico na Itália mata ao menos 14 pessoas

Tragédia no Lago Maggiore. O acidente foi causado pela falha de um cabo de reboque quando a cabine estava quase no topo.

Queda de teleférico na Itália
Queda de teleférico na Itália mata ao menos 13 pessoas

Um teleférico caiu e deixou ao menos 14 mortos na região do Piemonte, na Itália, neste domingo (23), informaram autoridades do país.

Segundo o Corriere, duas crianças, de 6 e 9 anos, gravemente feridas, foram levadas de helicóptero a um hospital em Turim. A de 9 anos não resistiu aos ferimentos. A de seis anos chegou consciente e passou por cirurgia para tratar as múltiplas fraturas.

O acidente ocorreu perto do pico do Monte Marone, que dá vista para o Lago Maggiore, famoso ponto turístico no noroeste italiano.

O teleférico, que fica na montanha Mottarone, transportava 15 pessoas. A chancelaria de Israel disse que cinco israelenses estão entre as vítimas, todos membros da mesma família.

Segundo as primeiras informações, a cabine estava próxima ao último poste da estrutura por volta das 13h (hora local), em um dos pontos mais altos do trajeto.

A hipótese mais provável é que um dos cabos se rompeu e provocou a queda.

O teleférico chega a atingir 1.491 metros de altura e o trajeto dura cerca de 20 minutos entre o lago de Stresa e o Mottarone. 

Ele havia sido reaberto ao público no dia 24 de abril, após permanecer fechado por meses por conta das restrições sanitárias impostas pela pandemia de Covid-19.

Entre 2014 e 2016, o teleférico esteve fechado para manutenção.

O Lago Maggiore, entre Suíça e Itália, é um dos destinos mais apreciados pelos turistas italianos e estrangeiros.

“Soube com profunda tristeza a notícia do trágico acidente do teleférico Stresa–Mottarone. Expresso as condolências de todo o Governo às famílias das vítimas”, disse o Primeiro-Ministro Mario Draghi.

Desastres envolvendo teleféricos na Itália

A tragédia deste domingo foi o pior desastre de teleférico da Itália desde 1998, quando um jato militar americano, voando baixo, cortou o cabo de um teleférico em Cavalese, na Província de Trento.

A cabine caiu de uma altura de 80 metros, matando todas as 20 pessoas que estavam dentro.

O pior desastre de teleférico da história também ocorreu em Cavalese, em 1976, quando o cabo quebrou na descida do Monte Cermis.

A cabine caiu de uma altura de 200 metros, matando 43 pessoas, incluindo 15 crianças, a maioria da cidade alemã de Hamburgo.

A cabine, que tinha capacidade para 40 pessoas, levava 44 ocupantes. 

* Atualizada em 24/05/21, às 8h54.

200

Deixa o seu comentário:

Publicidade

Série

Rádio e TV italiana

Siga o Italianismo

Destaques do editor

Comer e beber

Conheça receitas típicas de Páscoa na Itália, de norte a sul.

Cidadania Italiana

Funcionário público estava na folha de pagamento da assessoria, confirmou a polícia italiana

Destinos

O Carnaval tem uma variedade de celebrações ao redor do mundo, mas há uma festa inusitada que "pinta" uma cidade italiana

Destinos

'Pequena Provença': conheça a vila no norte da Itália onde não se fala italiano. Uma joia para os turistas

Comer e beber

A nova classificação dos vinhos italianos mais pesquisados ​​na web: aqui está o Top 100

Cotidiano

Meteorologista alerta para tempestade de neve no Piemonte, Lombardia, Ligúria e Vêneto

Cotidiano

Em amarelo apenas 7 regiões da Itália. Os outros são vermelhos ou vermelho escuro

Cotidiano

Hundred Days, o jogo para aprender a fazer vinho do Langhe piemontês

Comer e beber

Os doces italianos fazem parte da fama da gastronomia do país. Confira receitas famosas para celebrar o Dia do Chocolate, comemorado em 7 de...

Cotidiano

Detidos disseram que o equipamento estava com problema há cerca de um mês e meio e eles falharam em evitar acidente.

Cotidiano

Nas redes sociais, franceses se regozijam com a tragédia em teleférico em Mottarone, no norte da Itália, que matou 14 pessoas.

Cotidiano

Cabine transportava 15 pessoas, 12 adultos e três menores. Um bebê de dois anos teve morte imediata.