Siga o Italianismo

Olá, o que deseja procurar?

ItalianismoItalianismo
Vivendo nos Alpes: 10 vilas modelo no Piemonte
Vivendo nos Alpes: 10 vilas modelo no Piemonte

Destinos

Vivendo nos Alpes: 10 vilas modelo no Piemonte

Projeto tem como objetivo repensar a arquitetura dos Alpes a partir da perspectiva das mudanças climáticas

Não só bonitos de se ver, mas também perfeitamente integrados no meio ambiente, no contexto econômico e social. É o que busca um projeto que pretende revitalizar áreas nos Alpes no Piemonte, no norte da Itália.

Recém concluído, o estudo da Habit.A, em conjunto com a França visa repensar a arquitetura nas montanhas, com base na perspectiva das mudanças climáticas.

A iniciativa insere-se no programa europeu de cooperação transfronteiriça entre os dois países, e recebeu um empréstimo de 660 mil euros, entre fundos europeus e financiamento nacional. 

Quem comanda o estudo é a Ordem dos Arquitetos de Cuneo, que desenvolveu a atividade em colaboração com vários beneficiários italianos e franceses, parceiros institucionais e técnicos.

“É um passo importante que amplia o conceito de sustentabilidade”, explica o arquiteto Claudio Bonicco.

Segundo ele, o projeto tem como objetivo desenvolver a região em consonância com o estilo e materiais da tradição local, construídos de acordo com os mais modernos padrões de poupança de energia, em harmonia com o território que os acolhe.

A aposta de um jovem: o novo vinhedo no Piemonte ‘terá a uva da esperança’

E dez estruturas modelo inseridas em áreas rurais, identificadas no Piemonte, entre a Itália e a França, representam tudo isso, e é capaz de ser um excelente cartão de visitas para a revitalização dessas área, contrariando o despovoamento. 

“Para definir os novos parâmetros, foi feito um mapeamento de 80 arquiteturas, destas dez foram selecionadas, consideradas exemplares por já possuírem algumas características que tornam um edifício responsável”, continua Bonicco.

As dez arquiteturas tornaram-se assim “testemunhos” da mudança de paradigma para a construção e renovação.

Entre elas encontra-se o povoado Valliera em Castelmagno, um exemplo de valorização também para fins de produção com queijos tradicionais.

LEIA TAMBÉM

* * * * *

Gostou do artigo? Então comente ou compartilhe nas suas redes sociais.

Deixa o seu comentário:

Destaques do editor

Comer e beber

A nova classificação dos vinhos italianos mais pesquisados ​​na web: aqui está o Top 100

Negócios

JBS passa a ter presença nas três maiores regiões da Itália produtoras de especialidades da charcutaria

Cotidiano

Meteorologista alerta para tempestade de neve no Piemonte, Lombardia, Ligúria e Vêneto

Cotidiano

Em amarelo apenas 7 regiões da Itália. Os outros são vermelhos ou vermelho escuro

Cotidiano

País também vai enfrentar um novo ciclone no centro e no sul

Destinos

Esta pequena aldeia no Tirol do Sul torna-se protagonista de um dos fenômenos mais bonitos e extraordinários do mundo: a folhagem de outono

Cotidiano

Hundred Days, o jogo para aprender a fazer vinho do Langhe piemontês

Comer e beber

Os doces italianos fazem parte da fama da gastronomia do país. Confira receitas famosas para celebrar o Dia do Chocolate, comemorado em 7 de...

Cotidiano

Detidos disseram que o equipamento estava com problema há cerca de um mês e meio e eles falharam em evitar acidente.

Cotidiano

Nas redes sociais, franceses se regozijam com a tragédia em teleférico em Mottarone, no norte da Itália, que matou 14 pessoas.

Cotidiano

Cabine transportava 15 pessoas, 12 adultos e três menores. Um bebê de dois anos teve morte imediata.

Cotidiano

Tragédia no Lago Maggiore. O acidente foi causado pela falha de um cabo de reboque quando a cabine estava quase no topo.