Siga o Italianismo

Olá, o que deseja procurar?

ItalianismoItalianismo

Destinos

Veneza está ameaçada pelas mudanças climáticas, apontam estudos

Turistas na "Acqua alta" em Veneza. Foto: AP/Luca Bruno

Veneza tem 2º maior ‘água alta’ em abril na história

Estudos apontam que Veneza está ameaçada pelas mudanças climáticas e pela contínua erosão do solo lagunar, principalmente em função do trânsito de grandes navios.

Noite desta quinta-feira (4), a cidade registrou a segunda maior “acqua alta” (“água alta”, em tradução livre) para o mês de abril em toda a sua história.

Por volta de 23h40 (horário local), o nível da Lagoa de Veneza atingiu o pico de 134 centímetros acima do nível do mar, índice menor apenas que os 147 centímetros registrados nesse mesmo período, mas em 1936.

Segundo as medições oficiais, a “acqua alta” desta quinta alagou cerca de 50% do solo do centro histórico de Veneza. O fenômeno é relativamente comum na cidade, especialmente na região da Praça San Marco.

O norte da Itália enfrentou uma onda de mau tempo nesta quinta, com nevascas cobrindo as regiões mais montanhosas.

Com informações da Agência Ansa 

 

Siga o Italianismo no Instagram

Deixa o seu comentário:

Destaques do editor

Variedades

Iniciativa quer combater despovoamento de áreas montanhosas.

Cotidiano

Influenciadora teve imagem arranhada por prática desleal

Variedades

Cidade foi devastada pela erupção do Vesúvio, assim como Pompeia.

Arte & Cultura

Lançado no fim de outubro e exibido em preto e branco, foi o filme que mais faturou com bilheteria na Itália em 2023

Economia

Evento contou com apoio do Consulado-Geral da Itália em SP.

Notícias

Grupo de 8 companhias participa de feira de fundição em SP.

Cotidiano

Imperia ocupa 1ª posição de ranking elaborado pelo iLMeteo.it

Arte & Cultura

Exposição 'Life as a Scientist' será aberta no dia 21 de junho.

Turismo

Alta temporada no país vai de junho a setembro.

Cultura

Mostra 'Oltreoceano' ocorre no Salão Negro do Congresso Nacional.

Gastronomia

Referência da gastronomia, TasteAtlas partilha os seus rankings com base na experiência do consumidor.

Notícias

Atualmente, 15% da pesquisa colaborativa é realizada por cientistas paulistas e italianos.