Connect with us

Hi, what are you looking for?

Cidadania Italiana

10 vantagens reais da cidadania italiana

O passaporte italiano pode abrir portas em diversas situações, como a facilidade em trabalhar e estudar no Exterior

O Brasil tem cerca de 30 milhões de descendentes italianos, concentrados, principalmente, no Sul e Sudeste. E todos os anos, dezenas de milhares de pessoas solicitam o reconhecimento da dupla cidadania.

Somente em 2018, segundo os últimos dados disponibilizados pela Embaixada da Itália no Brasil, foram 265 mil novos passaportes. 71% a mais do que no ano anterior, quando o número de cidadanias italianas reconhecidas aos brasileiros foi de 9.936.

Mas quais a vantagens da cidadania italiana? O passaporte italiano pode abrir portas em diversas situações, como vantagens em investimentos em outros países e a facilidade de trabalho e estudo no Exterior.

Conheça 10 vantagens da cidadania italiana
1 – Está entre os passaportes mais poderosos do mundo.
2 – Pode trabalhar legalmente em qualquer país da União Europeia.
3 – Estudar na Europa.
4 – Direito à saúde pública italiana.
5 – Aposentadoria na Itália.
6 – Transmissão da cidadania aos descendentes.
7 – Residir em qualquer um dos países da União Europeia.
8 – Visto de trabalho para a Austrália e Nova Zelândia.
9 – Menos dinheiro para se tornar um investidor nos EUA.
10 – Facilidade de acesso nos Estados Unidos e Canadá.

1 – Está entre os passaportes mais poderosos do mundo.

Em 2020, o passaporte italiano foi eleito o quarto mais poderoso do mundo, de acordo com o ranking Henley Passport Index, permitindo a entrada em 188 países sem a necessidade de um visto de turismo.

Quem tem passaporte italiano recebe tratamento vip no mundo: não pega filas.

2 – Trabalhar legalmente em qualquer país da União Europeia.

O cidadão que possui a cidadania italiana não precisa de visto especial para trabalhar legalmente em qualquer país que faça parte da União Europeia, como Espanha, Portugal, França, por exemplo, e lógico, incluindo a própria Itália.

Com todos os direitos assegurados, incluindo os filhos e cônjuge. Dessa forma, poderá dar adeus à necessidade de vistos de trabalho.

3 – Estudar na Europa.

Com a cidadania italiana é possível estudar nas melhores escolas e universidades da Europa. A maior parte delas tem tabelas de preços diferenciados para cidadãos europeus e estrangeiros.

Sendo cidadão italiano, você passará a ser cobrado exatamente como um europeu. Vai ter acesso às melhores instituições de ensino pelo preço mais baixo.

4 – Direito à saúde pública italiana.

Já imaginou ter acesso aos melhores serviços médicos? Em 2019, o sistema de saúde da Itália ficou entre os 10 melhores do mundo, de acordo com estudo publicado pela revista The Lancet Public Health e coordenado pelo Instituto Pediátrico Burlo Garofolo de Trieste.

5 – Aposentadoria na Itália.

Existe um acordo bilateral entre as previdências do Brasil e da Itália. Portanto, um brasileiro pode se aposentar em território italiano somando o tempo de contribuição nos dois países.

O tempo de contribuição no INSS não será perdido.

6 – Transmissão da cidadania aos descendentes.

Uma vez feito o processo de reconhecimento da cidadania italiana, a vida dos seus filhos e demais descendentes será facilitada.

No futuro, eles poderão comprovar a ascendência de maneira muito mais simples, já que não precisarão apresentar documentos de outro familiar entre as duas gerações. É uma herança deixada para as futuras gerações.

7 – Residir em qualquer um dos países da União Europeia.

Como um cidadão italiano, você terá o direito de morar legalmente em qualquer um dos 27 países da União Europeia, com o direito de um cidadão europeu, que inclui benefícios como auxílio-desemprego, por exemplo.

8 – Visto de trabalho para a Austrália e Nova Zelândia.

Com o passaporte italiano é possível utilizar o Working Holiday Visa, um visto concedido pelo governo da Austrália para que europeus explorem e contribuam com a economia do país.

Diferentemente do visto de estudante, esse tipo de visto permite que o cidadão europeu assuma jornadas de até 40 horas de trabalho semanais.

A Nova Zelândia também oferece opções migratórias semelhantes para quem tem passaporte europeu e queira morar no país.

9 – Menos dinheiro para se tornar um investidor nos EUA.

Você sabia que, uma vez portador de Passaporte Italiano, o valor de investimento mínimo nos Estados Unidos é muito menor do que com um Passaporte Brasileiro?

Enquanto um brasileiro precisa apresentar um plano de negócios com investimentos de 500 mil dólares, o cidadão italiano precisa declarar muito menos: 100 mil dólares.

10 – Facilidade de acesso nos Estados Unidos e Canadá

cidadão italiano não precisa de visto americano para entrar nos Estados Unidos como turista, desde que lá permaneça por, no máximo, 90 dias.

Os interessados devem possuir o passaporte italiano eletrônico e basta fazer o Sistema Eletrônico para Autorização de Viagem (ESTA), espécie de pré-autorização de viagem, que consiste no pagamento de uma taxa e preenchimento de formulário. Tudo online.

Muito semelhante ao ESTA para entrada nos Estados Unidos, o Canadá exige o eTA Canada.

Conteúdo criado e publicado originalmente em benditacidadania.com.br

Deixa o seu comentário:

Publicidade

Facebook

Leia também:

Cidadania Italiana

Projeto de decreto prevê prazo de 36 meses e não mais os atuais 48 meses Deixa o seu comentário:

Cidadania Italiana

Polícia monitorava conversas telefônicas de funcionários da Universidade de Perugia Deixa o seu comentário:

Cidadania Italiana

Velocidade do processo de astro do futebol mostra como o rito para a cidadania italiana pode ser vergonhoso Deixa o seu comentário:

Cidadania Italiana

Documentário tem participação de brasileira, e está disponível na Rai 3 Deixa o seu comentário: