Siga o Italianismo

Olá, o que deseja procurar?

ItalianismoItalianismo

Variedades

Museu do Chocolate e da Gianduia é inaugurado em Turim

Mostra e degustação contam história da iguaria desde as origens.

Mostra e degustação contam história da iguaria desde as origens.
Museu fica em subsolo de tradicional doceria | Foto: Divulgação.

Foi inaugurado na última quarta-feira (26) em Turim, no norte da Itália, o Choco-Story: Museu do Chocolate e da Gianduia.

A cidade que abriga o projeto é considerada justamente a capital italiana do chocolate.

O local conta com mil metros quadrados de percurso expositivo, ambientados em um histórico laboratório subterrâneo da tradicional doceria Pfatisch, fundada em 1915 na via Sacchi.

O museu conta a história do chocolate desde as origens ligadas aos Maias, quando o cacau começou a ser usado por suas propriedades curativas; passando pelo momento em que os nobres italianos da Casa de Savoia degustaram o então exótico alimento; até a criação de máquinas para trabalhar profissionalmente o produto.

Uma sala especial foi dedicada ao gianduiotto, um pequeno bombom com avelãs que é considerado o primeiro chocolate embalado do mundo.

A “propriedade” da receita é disputada entre artesãos italianos e a gigante suíça Lindt, dona da italiana Caffarel, que alega ter inventado a iguaria.

Ao final da visita, os frequentadores veem uma demonstração da produção do gianduiotto e podem fazer uma degustação.
A mostra ainda conta com mais de 700 objetos e com as exibições de quatro curtas-metragens sobre o tema.

O projeto tomou forma por iniciativa de Francesco Ciocatto, dono da Pfatisch, e Eddy Van Belle, empreendedor e colecionador belga que já abriu museus dedicados ao chocolate também em seu país, na França, no México e na República Tcheca.

Foi feito um investimento de cerca de 2 milhões de euros (R$ 11,7 mi na cotação atual).
O museu funcionará das 10h às 17h (horário local) todos os dias, com uma pausa para as férias de verão entre 12 e 25 de agosto.

Os ingressos custam 12 euros (R$ 70,60) para adultos, 10 euros (R$ 58,90) para estudantes e idosos com mais de 65 anos, e sete euros (R$ 41,23) para crianças com idades entre três e 11 anos. (ANSA)

Siga o Italianismo no Instagram

Deixa o seu comentário:

Destaques do editor

Destaque do Editor

A cidadania italiana pode abrir portas em diversas situações, como a facilidade em trabalhar e estudar no Exterior

Cotidiano

CNH brasileira volta a valer na Itália: novo acordo facilita vida de milhares pessoas

Cotidiano

Brasileiros residentes no país europeu há menos de seis anos podem solicitar habilitação italiana sem necessidade de novos exames

Esporte

O ítalo-brasileiro assumiu o cargo de técnico da Juventus, firmando um contrato de três temporadas, válido até meados de 2027.

Variedades

Agente de Registro Civil e intermediador são suspeitos

Turismo

Iniciativa é feita no aniversário dos 150 anos da imigração.

Cultura

Evento reúne o melhor da produção contemporânea do país europeu.

Economia

Dados registrados pela agência são do 1º trimestre de 2024

Cultura

O Sequestro do Papa' chegará aos cinemas do Brasil em 18/7

Economia

Meloni enviou mensagem para assembleia de associação de seguros.

Notícias

Sace apontou potencial no país latino para empresas italianas

Variedades

Iniciativa contará com 4 cachorros de 3 raças diferentes.