Siga o Italianismo

Olá, o que deseja procurar?

ItalianismoItalianismo

Esporte

Tribunal concede liberdade condicional a Daniel Alves

Ex-jogador terá de pagar fiança de 1 milhão de euros.

Ex-jogador terá de pagar fiança de 1 milhão de euros.
Daniel Alves foi condenado a quatro anos e meio de prisão por estupro na Espanha | Foto: ANSA

O Tribunal de Barcelona concedeu liberdade condicional ao jogador brasileiro Daniel Alves, condenado a quatro anos e meio de prisão por estupro contra uma jovem de 23 anos no banheiro de uma boate da capital catalã.

O lateral-direito poderá deixar a cadeia após 14 meses em cárcere, mediante o pagamento de fiança de 1 milhão de euros (R$ 5,45 milhões) e a proibição de não sair da Espanha.

Dani Alves também está impedido de se aproximar a menos de um quilômetro da vítima e de tentar se comunicar com ela por quaisquer meios.

O Ministério Público pedia a condenação do jogador a nove anos de reclusão, porém o tribunal levou em conta um atenuante de reparação de danos pelo fato de, antes mesmo da sentença, a defesa ter depositado em juízo a quantia de 150 mil euros (R$ 763 mil) para ser repassada à vítima independentemente do resultado do julgamento.

A sentença de quatro anos e meio de prisão ainda pode ser aumentada em segunda instância, porém, ao aceitar o pedido de liberdade, o Tribunal de Barcelona considerou que dificilmente um recurso será julgado antes de o brasileiro completar dois anos de cadeia, prazo máximo para prisão preventiva na Espanha.

A condenação – Segundo os juízes de Barcelona, ficou provado que a mulher “não consentiu” com o ato sexual e que “existem elementos de prova, além do testemunho da denunciante, para comprovar a violação”.

“O acusado agarrou bruscamente a denunciante, a jogou no chão e, evitando que pudesse se mexer, a penetrou vaginalmente, apesar de a denunciante dizer que não, que queria ir embora”, diz a sentença de 61 páginas, divulgada no fim de fevereiro.  

Além disso, o tribunal destacou que, para configurar uma agressão sexual, “não é necessário que se produza lesões físicas nem que haja uma heroica oposição por parte da vítima”. “Ainda assim, constatamos lesões na vítima que deixam mais que evidente a existência de violência para forçar sua vontade”, acrescenta a decisão. (ANSA)

Siga o Italianismo no Instagram

Deixa o seu comentário:

Destaques do editor

Cotidiano

CNH brasileira volta a valer na Itália: novo acordo facilita vida de milhares pessoas

Variedades

Cidade foi devastada pela erupção do Vesúvio, assim como Pompeia.

Cotidiano

Brasileiros residentes no país europeu há menos de seis anos podem solicitar habilitação italiana sem necessidade de novos exames

Notícias

Grupo de 8 companhias participa de feira de fundição em SP.

Cotidiano

Imperia ocupa 1ª posição de ranking elaborado pelo iLMeteo.it

Esporte

O ítalo-brasileiro assumiu o cargo de técnico da Juventus, firmando um contrato de três temporadas, válido até meados de 2027.

Cultura

Mostra 'Oltreoceano' ocorre no Salão Negro do Congresso Nacional.

Notícias

Atualmente, 15% da pesquisa colaborativa é realizada por cientistas paulistas e italianos.

Gastronomia

Referência da gastronomia, TasteAtlas partilha os seus rankings com base na experiência do consumidor.

Variedades

Agente de Registro Civil e intermediador são suspeitos

Gastronomia

'Espaguete da meia-noite' é tradição após shows ou festas.

Cultura

Evento reúne o melhor da produção contemporânea do país europeu.