Siga o Italianismo

Olá, o que deseja procurar?

ItalianismoItalianismo

Cidadania Italiana

Porta joga contra esquerda e apoia acordo UE-Mercosul

Acordo é uma reparação histórica da Europa com a América do Sul, diz Fabio Porta: Foto: Divulgação

Acordo é uma reparação histórica da Europa com a América do Sul, diz Fabio Porta

Na contramão da esquerda italiana, o coordenador do Partido Democrata (PD) para a América do Sul e ex-deputado, Fabio Porta disse que o acordo entre a União Europeia e o Mercosul é uma conquista histórica e merece apoio.

Em entrevista à agencia italiana AISE, Porta disse que o acordo é “uma resposta corajosa e precavida ao neo-protecionismo do presidente dos EUA, Donald Trump, e o avanço do soberanismo na Europa”.

Segundo ele, “o acordo, na verdade, nasceu do multilateralismo e de comércio livre e sustentável, incluindo de forma inovadora total conformidade com os acordos internacionais em matéria de proteção ambiental e as mudanças climáticas.”

Porta afirmou ainda que esse é o maior acordo comercial assinado pela União Europeia, e que ele é uma reparação histórica da Europa com a América do Sul, no qual a UE tem laços históricos e culturais profundas que vão além da simples relação comercial.

“Os países da UE e do Mercosul já detêm 25% do PIB mundial e graças a este acordo vai criar um mercado único de 780 milhões de consumidores. Uma importante oportunidade de crescimento e desenvolvimento para os dois países blocos e os seus cidadãos, que terão acesso mais barato a produtos com elevados padrões de qualidade e segurança”, disse o coordenador.

“Tenho certeza que a Itália, como todos os outros países abrangidos pelo acordo, vão em breve ratificar este acordo, que resultará em benefícios para o nosso país e benefícios diretos para ambas as empresas e para os consumidores, multiplicando o valor já considerável comércio entre o nosso país e os países do Mercosul”, finalizou.

A atitude do politico do PD, partido de esquerda, vai na contramão do ideologismo politico da esquerda da União Europeia. Partidos alegam que a agricultura do continente será dizimada com a concorrência brasileira e que o Brasil destrói a Amazônia.

 

E aí, gostou do artigo? Então compartilhe nas suas redes sociais e traga seus amigos, colegas e seguidores para a discussão. Em caso de dúvidas a respeito do assunto, não hesite em deixar seu comentário.

Deixa o seu comentário:

Mais de Italianismo

Cotidiano

Rival é do mesmo campo conservador e soberanista que é encabeçado por Salvini desde 2018

Cidadania Italiana

Enrico Letta é o novo secretário do Partido Democrata: os pontos de seu programa de uma nova lei eleitoral à cidadania ius soli.

Cotidiano

Instabilidade política na Itália, a doença é crônica. Nos 75 anos de história republicana, o país teve 66 governos e 29 presidentes de conselho....

Cotidiano

Somos governados por “políticos que não estão à altura da tarefa. Se eu tivesse idade, deixaria a Itália“. Deixa o seu comentário:

Cotidiano

Vamos falar das mulheres mais bonitas da política italiana? Porque ninguém merece ouvir falar de mais uma crise em Roma, em meio a pandemia....

Cotidiano

Entre fusões, novas denominações e territórios inalterados: a proposta dos parlamentares do PD Deixa o seu comentário:

Cotidiano

Lula pede desculpas a famílias de vítimas e diz que esquerda ficou decepcionada Deixa o seu comentário:

Cotidiano

Movimento é inspirado no Brexit e busca independência do país. Deixa o seu comentário:

Negócios

País alertou que vai adotar o princípio da reciprocidade Deixa o seu comentário:

Crônica

A Europa somos todos nós, cidadãos anônimos. É tempo de cidadania consciente e ativa

Arte & Cultura

Iniciativa quer tornar Bella Ciao, símbolo de resistência, em cântico de caráter institucional

Vida & Estilo

Prisão domiciliar para mafiosos agita meio político na Itália. Líderes políticos atacam decisão Expoentes de dois dos grupos mafiosos mais perigosos da Itália foram...