Siga o Italianismo

Olá, o que deseja procurar?

ItalianismoItalianismo

Vida & Estilo

Itália vai apertar o cerco contra imigrantes ilegais

Itália aumenta esforços para a identificação e deportação de imigrantes

As novas medidas sobre imigração ganhou a capa de diversos jornais italianos neste sábado.

Ação Contra as filasAção Contra as filas

A Itália vai procurar deportar mais imigrantes que não têm direito de estar no país e vai abrir novos centros de detenção para mantê-los antes de efetivar as deportações, de acordo com uma ordem por escrito da polícia e uma fonte ministerial.

O chefe da polícia, Franco Gabrielli, enviou um comunicado de duas páginas a diversos postos policiais ao longo do país, na sexta-feira, ordenando que aumentem esforços para a identificação e deportação de imigrantes, uma semana depois de o homem por trás do ataque com um caminhão em Berlim antes do Natal, Anis Amri, ser morto próximo a Milão.

A ordem, que foi vista pela Reuters, determina que a polícia tome “ações extraordinárias” mediante a “crescente pressão migratória em um contexto internacional marcado por instabilidade e ameaças” para “controlar e remover os estrangeiros irregulares”.

Já o ministro do Interior, Marco Minnitti, planeja abrir diversos novos centros de detenção para manter os imigrantes no momento anterior à deportação, de acordo com uma fonte do ministério, em sinal de que a Itália está alinhada com os parceiros da União Europeia nesta questão.

As novas medidas sobre imigração, objetos de capa de diversos jornais italianos neste sábado, são a primeira mudança implementada pelo primeiro-ministro Paolo Gentiloni desde que ele assumiu o cargo em meados de dezembro, e vêm na esteira de um ano que registrou recordes na chegada de imigrantes ao país pela via marítima.

As medidas também são anunciadas menos de um mês após o ataque com um caminhão em Berlim que matou 12 pessoas, incluindo uma mulher italiana. Anis Amri, o autor do ataque, é tunisiano e viajou para a Itália de barco em 2011. A Itália tentou deportá-lo sem sucesso de volta à Tunísia, mas ele foi então solto de um centro de detenção e teve de deixar o país em 2015.

Por Steve Scherer / Reuters

200

Deixa o seu comentário:
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Publicidade

Série

Rádio e TV italiana

Siga o Italianismo

Destaques do editor

Cotidiano

Taxa de emprego dos estrangeiros na Itália sofreu uma queda significativa, passando de 61% em 2019 para 57,3% em 2020

Una buona notizia!

Imigrante superou os preconceitos locais e agora está na lista das 50 melhores pizzas do país

Itália no Brasil

Fabricante de fábricas, italiano cresceu nas crises e ajudou a construir o capitalismo brasileiro Deixa o seu comentário:

Economia

Número representa cerca de 10,1% do total de negócios no país Deixa o seu comentário:

Vida & Estilo

Sea Watch 3 leva 42 deslocados internacionais a bordo Deixa o seu comentário:

Vida & Estilo

Ao realizar o caminho contrário e viver o duro cotidiano de imigrante na Itália, ele resolveu criar uma associação para ajudar estrangeiros a se...

Itália no Brasil

“Graças a ele foi instituído o Dia do Imigrante Italiano”, declarou Bernardini. Deixa o seu comentário:

Itália no Brasil

Ex-senado foi morto com um tiro no pescoço depois de uma discussão com um ex-assessor Deixa o seu comentário:

Arte & Cultura

Com 3 euros a mais, quem comprar ingresso ajudará projeto Deixa o seu comentário:

Vida & Estilo

Ex-premiê italiano se aliou à extrema direita para vencer as eleições de março Deixa o seu comentário:

Vida & Estilo

Relatório mostra que o país precisa dos estrangeiros para produzir riqueza e pagar a aposentadoria dos idosos Deixa o seu comentário: