Siga o Italianismo

Olá, o que deseja procurar?

ItalianismoItalianismo

Cotidiano

Um em cada três estrangeiros na Itália está na pobreza, diz relatório

Taxa de emprego dos estrangeiros na Itália sofreu uma queda significativa, passando de 61% em 2019 para 57,3% em 2020

estrangeiros na Itália
Um em cada três estrangeiros na Itália está na pobreza, diz relatório | italiainforma

A pesquisa descobriu que os estrangeiros na Itália são mais pobres do que os nascidos no país. Os migrantes também sofreram maiores efeitos da pandemia de COVID-19, levando ao agravamento da pobreza.

Ação Contra as filasAção Contra as filas

Mais pobres e mais propensos a estarem desempregados: é o que o último relatório da Fundação de Iniciativas e Estudos sobre Multi-Etnicidade (ISMU) descobriu que os estrangeiros na Itália são, em comparação com os italianos. O relatório ISMU 2021 sobre migração foi apresentado nesta segunda-feira (14) em Milão. Entre outras descobertas, está que a taxa de emprego caiu de 61% em 2019 para 57,3% em 2020.

Cada vez mais pobres

A pobreza afeta 29,3% dos estrangeiros na Itália, em comparação com 7,5% dos italianos e 26,7% das famílias compostas apenas por estrangeiros: um aumento de 24,4% em 2019 e equivalente a 415 mil famílias.

A fundação ISMU estimou que em janeiro de 2021 havia 5.756.000 estrangeiros na Itália: 167 mil a menos que em 2020, ou uma diminuição de 2,8%.

O número de imigrantes indocumentados permaneceu basicamente estável, no entanto, em 519.000 em comparação com 517.000 no ano anterior.

Os estrangeiros representam cerca de 10% da população total da Itália

O relatório observou que o número de mortes de imigrantes no ano da pandemia aumentou 23,3% em relação a 2018-2019. Na Itália, a população imigrante sofreu mais do que os cidadãos italianos com as consequências do COVID-19. Estudos recentes mostraram que os imigrantes podem estar mais em risco de adoecer e morrer de infecções por COVID-19 devido às condições de vida e trabalho e às barreiras aos cuidados de saúde.

Salário muito menor, mas aumento de empresários estrangeiros

No que diz respeito ao emprego, em 2020 o salário médio anual dos trabalhadores não pertencentes à UE – de 12.902 euros – era 38% inferior ao de todos os trabalhadores juntos. Às vésperas da pandemia, em 2019, havia mais de 4 milhões de estrangeiros em idade ativa e quase 2,9 milhões de empregados ou em busca de emprego, representando 11,3% da força de trabalho. Um ano depois, em 2020, os estrangeiros representavam 10,8% da população ativa, mas apenas 10,4% da força de trabalho devido a um aumento significativo do componente inativo: mais de cinco vezes maior que o italiano (5,1%).

Os sinais positivos foram observados no empreendedorismo imigrante, com um aumento de 2,3% no número de empresários e parceiros nascidos no exterior.

Estrangeiros que optam por escolas secundárias em vez de institutos profissionais

Pela primeira vez, o número de estudantes estrangeiros matriculados em escolas de ensino médio foi maior do que os matriculados em institutos profissionais. No entanto, o atraso escolar foi observado em cerca de 30% dos alunos de nacionalidade não italiana, em comparação com 9% dos italianos.

A maior comunidade de estrangeiros que vivem na Itália continua a ser de romenos, com 1.138 milhões, representando 23% de todos os estrangeiros no país. Eles foram seguidos por albaneses, com 410.000 e marroquinos, com 408.000.

200

Deixa o seu comentário:

Publicidade

Série

Rádio e TV italiana

Siga o Italianismo

Destaques do editor

Cotidiano

Projeto de lei quer facilitar a entrada na Itália para os nômades digitais de fora da União Europeia

Una buona notizia!

Imigrante superou os preconceitos locais e agora está na lista das 50 melhores pizzas do país

Economia

Em 2019 a Itália contava com dois milhões e meio de não italianos trabalhando no país, ou seja, 10,7% da força de trabalho

Economia

Pela primeira vez, a Itália pode estar arrastando a economia do continente

Cotidiano

Veja como se inscrever no concurso do Ministério da Relações Exteriores da Itália.

Cotidiano

Itália vê salto tecnológico evolutivo de 10 anos em 1 mês. Smart working é um fenômeno crescente na Itália

Destinos

Pensando em fugir para as montanhas? Este é o anúncio que pode mudar a sua vida!

Itália no Brasil

Fabricante de fábricas, italiano cresceu nas crises e ajudou a construir o capitalismo brasileiro Deixa o seu comentário:

Economia

Número representa cerca de 10,1% do total de negócios no país Deixa o seu comentário:

Cotidiano

Uma em cada 5 crianças é de famílias estrangeiras ou mistas, na Itália Deixa o seu comentário:

Economia

A pesquisa foi realizada nos meses de verão deste ano, logo após o lockdown Deixa o seu comentário:

Cotidiano

Giuseppe Conte participou de evento da Confindustria Deixa o seu comentário: