Connect with us

Hi, what are you looking for?

Cotidiano

Itália anuncia “semi-lockdown”; restaurantes fecham às 18h

itália lockdown
Premiê italiano decidiu impor um "semi-lockdown". Novas regras entram em vigor nesta segunda

Premiê italiano decidiu por regras mais brandas, que entram em vigor nesta segunda

O primeiro-ministro da Itália, Giuseppe Conte, assinou um novo decreto com medidas mais restritivas para tentar conter o avanço da pandemia do coronavírus Sars-CoV-2, após o país registrar recordes de casos diários nos últimos dias. O premiê italiano decidiu impor um “semi-lockdown“, com o fechamento de cinemas, teatros, academias e piscinas. 

Apesar da oposição de vários governos regionais e protestos nas ruas contra o toque de recolher adotado em alguns territórios.

O decreto, que entra em vigor a partir desta segunda-feira (26) e será válido até 24 de novembro, também determina que bares, restaurantes, confeitarias e sorveterias funcionem apenas até às 18 horas (horário local). Os estabelecimentos, no entanto, poderão abrir aos domingos e feriados, ao contrário do que dizia a versão anterior. 

O consumo nos locais é permitido a um máximo de 4 pessoas por mesa, a menos que todos convivam juntos. Além disso, a partir das 18h é proibido consumir alimentos e bebidas em locais públicos abertos. 

Evitar transportes públicos

A versão definitiva do documento “recomenda veementemente” que os cidadãos não se desloquem por meios de transporte públicos ou privados, exceto por motivos de trabalho, estudo, saúde e situação de necessidade, para a realização de atividades ou utilização de serviços não suspensos. 

A regra foi uma das mais debatidas porque o governo cogitou a hipótese de proibir viagens entre as regiões. 

O premiê da Itália manteve a realização de competições públicas e privadas. No entanto, confirma a suspensão de “eventos esportivos e competições de todas as ordens e disciplinas, realizados em qualquer lugar, tanto públicos quanto privados”. 

O documento ainda confirma a educação à distância no ensino médio. Todas as instituições de segundo grau terão que adotar formas flexíveis na organização das atividades docentes, aumentando o ensino online para uma cota igual a pelo menos 75%. 

Segundo fontes oficiais, o governo ainda está acelerando um auxílio de 1,5 bilhões a 2 bilhões de euros para ajudar as categorias mais afetadas pelas medidas. 

“O fechamento de teatros e cinemas é uma dor. Mas hoje a prioridade absoluta é proteger a vida e a saúde de todos, com todas as medidas possíveis. Vamos trabalhar para garantir o fechamento mais curto possível”, disse o ministro dos Bens Culturais, Dario Franceschini, ressaltando que o governo irá apoiar empresas e trabalhadores culturais. 

Por ANSA

LEIA TAMBÉM

Itália soma quase 102 mil casos de covid-19 em apenas 7 dias

Deixa o seu comentário:

Leia também:

Negócios

Mini carro elétrico pode ser dirigido a partir dos 14 anos de idade e usa energia solar Deixa o seu comentário:

Negócios

Sul da Europa continua atraente para os investidores estrangeiros. Americanos lideram a busca por comprar casa na Itália Deixa o seu comentário:

Cotidiano

Rede de supermercados Lidl lançou sua linha de calçados e quebrou a internet Deixa o seu comentário:

Cotidiano

Quais as tendências dos nomes italianos mais populares em 2021?  Deixa o seu comentário:

Negócios

Lego do Coliseu será o maior conjunto já feito pela empresa    Deixa o seu comentário:

Cotidiano

Itália não registrava número de óbitos diário tão elevado desde abril Deixa o seu comentário:

Arte & Cultura

Uma viagem de norte a sul para descobrir os cinco patrimônios naturais da Unesco Deixa o seu comentário:

Arte & Cultura

O bonsai mais antigo do mundo não está no Japão, mas sim na Itália Deixa o seu comentário:

Copyright © 2020 Italianismo – Permitida a reprodução desde que citado o Italianismo.