Siga o Italianismo

Olá, o que deseja procurar?

ItalianismoItalianismo

Cidadania Italiana

Eduardo Bolsonaro pede esclarecimento sobre Grande Naturalização

Deputado quer saber porque Itália desconsidera Certidões Negativas de Naturalização emitidas pelo Brasil

Eduardo Bolsonaro
Os deputados Roberto Lorenzato e Eduardo Bolsonaro querem explicação da Itália sobre recusa da CNN

O Ministério Público Italiano, por meio da “Avvocatura dello Stato” (Advocacia do Estado) estaria atrasando os processos de cidadania italianaius sanguinis” com base em decreto de 15 de novembro de 1889, segundo o qual os imigrantes italianos que chegaram ao Brasil antes desta data teriam sido naturalizados brasileiros.

Ação Contra as filasAção Contra as filas

“Desde 1889 todos os primeiros ministros da Itália lutaram contra essa atrocidade, que é uma lei que não pegou. Agora o departamento jurídico da Farnesina (Ministério dos Negócios Estrangeiros e da Cooperação Internacional) está excluindo o Ministério do Interior e dando procuração para a Advocacia do Estado usar este argumento e atrasar os processos de reconhecimento da cidadania italiana ‘ius sanguinis’”, explicou o deputado ítalo-brasileiro Luis Roberto Lorenzato, representante da Liga no Parlamento da República Italiana, autor da denúncia.

O assunto chegou ao deputado Eduardo Bolsonaro (PL), membro da Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional da Câmara dos Deputados, que nessa semana enviou ofício ao embaixador da Itália no Brasil, Francesco Azzarello, pedindo esclarecimentos sobre essa prática.

De acordo com Lorenzato, os advogados do Estado Italiano estão desconsiderando as Certidões Negativas de Naturalização (CNN) emitidas pelo governo brasileiro, o que pode inclusive gerar um conflito diplomático.

“Se o Brasil está declarando que o migrante italiano não é cidadão brasileiro naturalizado, essa pessoa não é brasileira. É um absurdo a Advocacia de Estado da Itália querer vir atribuir a nacionalidade brasileira agora para os italianos no lugar do Brasil. É um desrespeito e as pessoas estão se sentindo ofendidas”, comentou.

Filas

Para ele, todo o problema poderia ser evitado se os antigos cônsules não tivessem criado a fila de espera para os processos de cidadania italiana, que só existe no caso do Brasil.

“Não tem fila na Argentina, Venezuela, Estados Unidos, Austrália, só no Brasil. E criou-se um caos, com 300 mil pessoas na fila. Muitas têm deveres, querem estudar, trabalhar, fazer tratamento médico na Itália. Uma parte delas foi fazer o pedido diretamente no comune, onde passou a residir. Outra parte trabalha no Brasil, não pode morar na Itália e entrou com ação declaratória no Tribunal de Justiça. Essa confusão nasceu da má vontade dos consulados no Brasil, que não se justifica, porque na Argentina, por exemplo, existem menos italianos do que no Brasil e não existe essa fila”, declarou.

Por fim, o deputado classificou a nova atitude como xenófoba e um preconceito dos italianos contra “sua própria gente”.

“Todos somos italianos. Os mais novos são de quinta geração e os mais velhos são de terceira. O que importa é ter sangue italiano de alguém que nasceu e era residente na Itália quando se criou o código civil italiano. Os consulados do Brasil ainda estão reconhecendo, mas eles querem mudar a lei no tapetão, por motivações políticas”, concluiu Lorenzato.

Leia o ofício de Eduardo Bolsonaro enviado ao embaixador da Itália no Brasil:

200

Deixa o seu comentário:

Publicidade

Série

Rádio e TV italiana

Siga o Italianismo

Destaques do editor

Cidadania Italiana

Nova CNN atende aos anseios dos brasileiros que buscam a cidadania italiana, mas estão esbarrando na tese da Avvocatura dello Stato

Itália no Brasil

Embaixador da Itália em Brasília, Francesco Azzarello, faz a sua primeira visita institucional Rio Grande do Sul

Itália no Brasil

Principal representante da Itália no Brasil, Francesco Azzarello tem agenda intensa em São Paulo

Cidadania Italiana

O tema assombra os ítalo-brasileiros que buscam o reconhecimento da cidadania italiana através do Tribunal de Roma.

Cotidiano

Dados são do portal Open Parlamento que monitora o desempenho dos políticos na Itália.

Cidadania Italiana

Lorenzato pede que governo italiano reveja regra que prejudica italianos residentes no Exterior Deixa o seu comentário:

Cotidiano

Itália diz ‘sim’ a redução de parlamentares aponta resultado preliminar das urnas Deixa o seu comentário:

Cotidiano

Faltando menos de 30 dias para a consulta popular, o Italianismo faz um resumo das razões do SIM e do NÃO Deixa o seu...

Cidadania Italiana

Projeto em andamento prevê limitar o direito para os descendentes de italianos Deixa o seu comentário:

Cotidiano

Projeto pretende eliminar a cadeira de 345 parlamentares dos atuais 945 Deixa o seu comentário:

Cidadania Italiana

Giuseppe Conte fez a proposta em discurso à Câmara dos Deputados

Vida & Estilo

Câmara dos Deputados da Itália aprovou projeto que reduz o número de parlamentares em 36% Deixa o seu comentário: