Siga o Italianismo

Olá, o que deseja procurar?

ItalianismoItalianismo

Cidadania Italiana

Deputado pede explicações sobre a tese da “Grande Naturalização”

O tema assombra os ítalo-brasileiros que buscam o reconhecimento da cidadania italiana através do Tribunal de Roma.

grande naturalização
Deputado pede explicações sobre a tese da "Grande Naturalização"

O deputado Luis Roberto Lorenzato pediu formalmente aos órgão de justiça e imigração uma explicação sobre a conduta do Estado italiano sobre “Grande Naturalização“.

O tema assombra os ítalo-brasileiros que buscam o reconhecimento da cidadania italiana através do Tribunal de Roma.

A ação contra as filas é um maneira justa de fugir das filas dos consulados italianos, que podem chegar a 15 anos.

Na missão de recorrer das condenações sucumbencias, e com isso evitar desfalques ao erário público, o advogado do Estado italiano tem se manifestado cada vez mais.

A “avvocatura” alega que os italianos que estavam no Brasil no período de 15 de novembro de 1889 perderam a nacionalidade italiana e adquiriram a nacionalidade brasileira.

A tese é fraca, mas provoca atrasos, e em alguns casos mais custos para o cidadão que busca a confirmação da cidadania italiana.

“Questionei o presidente do Conselho de Ministros, o Ministro das Relações Exteriores, o Ministro do Interior e o Ministro da Justiça (todos italianos) para entender por que eles tendem a recorrer das decisões do Tribunal de Roma em favor daqueles que já nasceram italianos jure sanguinis”, disse o deputado do Parlamento da República Italiana, Lorenzato, por meio de nota.

O que é a Grande Naturalização

A “Grande Naturalização” foi uma medida adotada no Brasil em 1889, logo após a proclamação da República.

Na ocasião, o governo provisório de Manuel Deodoro da Fonseca determinou que todo estrangeiro vivendo naquele momento em território brasileiro seria automaticamente naturalizado como cidadão, “salvo declaração em contrário feita perante a respectiva municipalidade, no prazo de seis meses da publicação deste decreto”.

Naturalização brasileira foi imposição

Poucos imigrantes tomaram conhecimento sobre a tal naturalização impositiva. Em tese, os imigrantes passaram a ser de nacionalidade brasileira.

Mas a Corte di Cassazione de Napole – a segunda instância da justiça italiana – já superou o tema ainda em 1907, entendendo que a falta de declaração contrária à aceitação da nacionalidade brasileira não apenas era ineficaz para provar a renúncia da nacionalidade de origem, como também violava a liberdade de escolha.

“O decreto brasileiro não oferece a nacionalidade aos estrangeiros, mas a impõe. De qualquer maneira, segundo o Código (civil) italiano, a solicitação de nacionalidade deve ser um ato voluntário do indivíduo”, disse Francesco Crispi, primeiro-ministro do Reino da Itália, em 4 de outubro de 1890.

A Itália somente passou a reconhecer a dupla cidadania a partir de 1912.

Sentenças favoráveis aos ítalo-brasileiros

A primeira sentença que derrubou a tese do advogado do Estado italiano sobre “Grande Naturalização” foi em fevereiro de 2020.

Na ocasião, a juíza Cecilia Pratesi, no Tribunal Ordinário de Roma, deferiu: “Deve-se enfatizar que a regra em questão não foi bem-vinda por países estrangeiros cujos cidadãos haviam emigrado massivamente para o Brasil e, no que diz respeito à Itália, foi considerada inaplicável pela jurisprudência”.

Na sentença, ela citou que “em nenhum caso as leis de um país estrangeiro” podem “derrogar as leis proibitivas do Reino (da Itália) e que dizem respeito a pessoas, propriedades e ações”.

Apesar das inúmeras sentenças contrárias à tese da “Grande Naturalização“, o advogado do Estado italiano, por pura teimosia, continua defendendo a sua tese.

E aí, gostou do artigo? Então compartilhe nas suas redes sociais e traga seus amigos, colegas e seguidores para a discussão. Em caso de dúvidas a respeito do assunto, não hesite em deixar seu comentário.

Deixa o seu comentário:

Mais de Italianismo

Cidadania Italiana

Empresaria alega que Instituto não concluiu processo e ainda perdeu seus documentos

Cidadania Italiana

"Talvez eu possa mudar a lei com minha popularidade", diz o TikToker italiano

Cidadania Italiana

O número de cidadãos brasileiros com o passaporte italiano em Portugal vem chamando a atenção das autoridades. Deixa o seu comentário:

Cidadania Italiana

Cidadania italiana no Exterior é capital importante para fortalecer o Made in Italy no mundo

Cidadania Italiana

O reconhecimento da cidadania italiana é através do princípio do direito de sangue. Quem tem direito à cidadania italiana? Saiba tudo aqui.

Cidadania Italiana

Consulado Geral da Itália em São Paulo recebe uma média de 15 mil pedidos por ano

Cidadania Italiana

Os custos para pedir a sua cidadania italiana podem variar de acordo com a linha genealógica da sua família e a modalidade escolhida.

Publicidade

Fuja das filas nos consulados italianos e realize o sonho da sua cidadania italiana.

Cidadania Italiana

Itália ganha uma posição no ranking dos passaportes mais valiosos do mundo, da Passport Index

Cidadania Italiana

Exame de cidadania ocorreu em setembro de 2020, quando atacante uruguaio negociava com a Juventus; escândalo derrubou reitora de universidade

Publicidade

A pandemia está fazendo os brasileiros optarem pela cidadania italiana via ação judicial. Nessa modalidade não é necessário viajar para a Itália. Deixa o...

Itália no Brasil

"Quanto mais informados os usuários estiverem, mais rapidamente podemos emitir os serviços", diz cônsul.