Siga o Italianismo

Olá, o que deseja procurar?

ItalianismoItalianismo
Cozinhas da Italia – Italianismo
Série do Italianismo mostra a diversidade culinária das 20 regiões da Itália

Cozinhas da Itália

‘Cozinhas da Itália’ – a série que vai destacar a culinária regional italiana

Série do Italianismo vai mostrar a diversidade culinária das 20 regiões da Itália

A partir deste domingo (31), o Italianismo vai retratar em uma série com 20 reportagens os sabores da cozinha regional italiana, das 20 Regiões.

Cozinhas da Itália“, vai mostrar os diferentes costumes da gastronomia da Itália, além de apresentar receitas clássicas, salgada e doces.

Uma verdadeira viagem apresentando ingredientes regionais.

Já na estreia, a Toscana – com suas românticas paisagens e uma culinária embriagante – será contada através dos seus aromas e sabores, a partir dos costumes e dos ingredientes locais.

Os especiais serão publicadas sempre aos domingos. Veja a sequência:

1 – TOSCANA
Famosa pelo azeite, variedades de pães e bons vinhos, a Toscana encanta não só pelas paisagens bucólicas, mas pelo paladar das receitas camponesas, com ingredientes simples, mas sempre frescos. Como a pappa al pomodoro, o cacciucco, a bistecca alla Fiorentina e os cantuccini, por exemplo.

2 – VÊNETO
Origem da maioria dos imigrantes italianos no Brasil, a região do Vêneto exibe uma culinária espetacular, incluindo polenta, pancetta, carpaccio, bacalhau vicentino e tiramisù.

3 – LOMBARDIA
A região mais próspera da Itália é a terra do ossobuco, do panetone, do risoto milanês e da famosa receita de costeleta milanesa. Do risoto simples à polenta de queijo de montanha, a cozinha tradicional lombarda é composta por muitos sabores.

4 – SICÍLIA
Influenciada pelos históricos invasores, a ilha do Mediterrâneo nos brinda com receitas com muita personalidade. Destaque para os cannoli, a caponata de beringela e pimentão e da pasta alla norma, entre outras delícias.

5 – LAZIO
A região que tem como capital Roma, recebe turistas com produtos dos tempos do Império Romano. É o caso do penne all’arrabbiata, do bucatini à matriciana, do espaguete à carbonara e das alcachofras alla romana.

6 – SARDENHA
Frequentada por milionários e pop stars, a ilha da Sardenha mantém uma cozinha familiar, cuja base são os ingredientes do mar, como a sopa de peixe e a pasta com bottarga, o festejado caviar do Mediterrâneo, mas de pratos herdados da cultura pastoril, como o leitão no esperto e o cabrito alla sarda.

7 – CAMPANHA
A região que mais lembra o Brasil, com seu clima quente, festivo e colorido, é berço dos dois principais símbolos da cozinha italiana: o espaguete e a pizza. Nápoles nos brinda ainda com os mexilhões gratinados, o gnocchi alla sorrentina, a pastiera napoletana e o, claro, o limoncello.

8 – LIGÚRIA
Cidade natal de Cristóvão Colombo, a capital Gênova das grandes navegações é onde nasceu o pesto. A região apresenta sabores do mar, como o corzetti com camarões e o bacalhau à moda genovesa.

9 – EMILIA ROMAGNA
Centro gastronômico da Itália, a região enriqueceu as cozinhas de todo o mundo com o parmesão, a mortadela, o presunto de Parma e o vinagre balsâmico. Sem falar do tortelli e tagliatelle à bolonhesa.

10 – PIEMONTE
cozinha piemontesa e o culto à trufa. Dizem que as receitas da culinária piemontesa são da corte, mas também de todos os italianos. Basta pensar no Spezzatino al Barolo, um tipo de guizado, do amaretti, da panna cotta, o bagna cauda e do risotto alla piemontese.

11 – VALE D’AOSTA
Poucos pratos de massa, substituídas por sopas e polentas, caracterizam a culinária do Vale de Aosta, que tem influência nas culinárias francesas e suíças, suas vizinhas. Os ingredientes principais são o queijo fontina, a mocetta (um tipo de salame), banha de porco, polenta pasticciata e carne de animais selvagens.

12 – TRENTINO-ALTO ADIGE
Emolduradas pelas montanhas Dolomitas, a comida é influenciada pelos sabores alpinos, de tradição tirolesa. É a terra do speck, crauti, cucàgna, do strangolapreti, que é a versão local do nhoque, e do strudel de maçã.

13 – ÚMBRIA
É da zona rural e das montanhas praticamente desabitadas a origem dos sabores da culinária local. Destaque para a sopa de lentilhas, o risoto de trufas negras e o friccò, um farto misto de carnes, e a famosa porchetta (a região reivindica a autoria da receita original).

14 – FRIULI-VENEZIA GIULIA
Terra do presunto de San Daniele, concorrente do presunto de Parma, e das receitas saborosas como o stinco de vitelo ao forno. A cozinha made in Friuli Venezia Giulia é a fusão de três grandes correntes da culinária – da Europa Central, do Vêneto e da vizinha Eslovênia.

15 – ABRUZZO
Marcada pelos montes Apeninos, o Abruzzo preserva a comida do campo, com sabores pronunciados de açafrão, alho e azeite, e quase tudo se tempera com peperoncino. Destaque para o Arrosticini, o maccheroni alla chitarra e o ragú d’agnello.

16 – PUGLIA
O cardápio pugliese, é rico em verduras, queijos, carnes e frutos do mar. É terra das famosas azeitonas de Cerignola, do orecchiette, do pão típico Altamura e do panzerotto, uma versão pequena dos calzones de pizza.

17 – CALÁBRIA
As invasões no passado fizeram com que a população fosse para as montanhas. Nascia uma culinária ressaltada pela pimenta-vermelha. O ingrediente entra da Murseddu (um tipo de empada de carne), na Nduja e na sardella. As pães merecem um capitulo à parte, como o pitta, por exemplo.

18 – MARCHE
Calamari alla marinara, a olive all’ascolana, o brodetto all’anconetana, sopa típica feita com peixes e frutos do mar, a trippa alla marchigiana… Estes são alguns dos pratos de uma das regiões menos conhecidas da Itália, protegida pelas montanhas de um lado e pelo mar de outro, mas com uma gastronomia muito vasta.

19 – MOLISE
Prevalecem os pratos à base de massas caseiras e carnes, sobretudo cabrito e cordeiro, além dos peixes e frutos do mar na zona costeira. Soppressata del Molise, Fusilli alla molisana, ventricina, capicollo, cavatelli ao sugo são algumas da receitas da região.

20 – BASILICATA
A Basilicata parece ter parado no tempo. As receitas remetem aos sabores das avós italianas. Os pimentões cruschi, cebola caramelada com pecorino fresco e o agnello alla lucana estão entre os pratos tradicionais.

* * * * *

Gostou do artigo? Então comente ou compartilhe nas suas redes sociais.

Deixa o seu comentário:

Destaques do editor

Cotidiano

Pesquisa Codacons sobre o custo de vida nas principais cidades italianas: bens e serviços custam mais na capital lombarda

Cotidiano

O “aventureiro” escolhido pode levar companhia e não paga aluguel por um ano

Una buona notizia!

Munzir e Mustafa protagonizam uma premiada foto que retrata as cicatrizes da guerra civil de mais de 10 anos na Síria

Vida & Estilo

De um povo de “inventores, poetas e navegadores” à pátria da gastronomia e suas especialidades. Deixa o seu comentário:

Destinos

Centuripe, uma pequena cidade escondida nas colinas da Sicília, na Itália, oferece uma vista única dos ares. Deixa o seu comentário:

Comer e beber

A garrafa de vinho mais preciosa do mundo foi feita na Itália: é um Amarone della Valpolicella, enfeitado com diamantes e rubis

Cotidiano

Chinelos de Michelangelo confirmam a sua "estatura mediana", segundo exames científicos

Una buona notizia!

Olivia, a primeira criança nascida em Roma, nasceu na Casa de Saúde da Sagrada Família. É também o primeiro nascimento na Itália em 2022

Comer e beber

A nova classificação dos vinhos italianos mais pesquisados ​​na web: aqui está o Top 100

Cotidiano

Roma prevê multas de até 500 euros (R$ 3,2 mil) para quem desrespeitar a norma

Cotidiano

Religioso alegou que a Igreja precisa de um tempo maior para preparar pais e padrinhos

Comer e beber

Conhecida por sua rica gastronomia, a Itália tem uma variedade incrível de doces típicos de Natal. Deixa o seu comentário: