Siga o Italianismo

Olá, o que deseja procurar?

Italianismo

Comer e beber

Caponata: receita e história do prato típico de verão

Existem quase 40 receitas diferentes de caponata só na área do Mediterrâneo.

receita caponata
Caponata siciliana: história e receita do prato de verão

A caponata é um dos acompanhamentos com A maiúsculo, com uma receita simples mas apetitosa. É o acompanhamento ideal para o verão.

Embora muitas vezes é interpretada incorretamente pela adição de ingredientes que não estão na receita original ou pela remoção de ingredientes que são necessários para a adição de uma caponata respeitável.

Simples mas apetitosa, a caponata é o acompanhamento ideal de verão. Graças à presença da beringela (e em alguns casos também de outros vegetais de verão). 

A origem da caponata

Existem quase 40 receitas diferentes de caponata só na área do Mediterrâneo. Todas com uma coisa em comum: os ingredientes principais são vegetais de diferentes tipos, todos cortados mais ou menos no mesmo tamanho.

Na Sicília, a origem da caponata remonta à palavra capone, que é um peixe branco, e no passado era consumido apenas por quem tinha dinheiro ou posses.

As pessoas, por outro lado, substituíam os peixes por beringelas e com o tempo o uso de peixes desapareceu por completo, dando lugar à versão apenas com vegetais.

A primeira vez que a caponata foi mencionada remonta ao ano de 1709, quando o escritor Joseph Vinci, no livro Etimologicum Siculum, a definiu como “acetarium et variis rebus minuteum conficis ” ou “uma salada e vários pequenos alimentos cozidos”.

Diferentes variações de caponata

Hoje na Sicília são preparadas diferentes receitas de caponata com a adição de outros ingredientes de acordo com a região.

Por exemplo, em Catania são usados também pimentões vermelhos e amarelos. Em Palermo é preparada com beringelas, azeitonas verdes, aipo e tomate. E em Agrigento, adicionam pimentões e azeitonas pretas em vez de verdes.

Receita de caponata para 6 pessoas

1 kg de berinjela;
500 g de talos de aipo / salsão;
400 g de tomate bem maduro;
1 colher de sopa de extrato de tomate;
100 g de azeitonas verdes sem caroço;
50 g de alcaparras dessalgadas;
1 colher de sopa de pinhões (ou algum tipo de castanha);
Um copo de vinagre de vinho branco;
Uma cebola grande;
1 colher de sopa de açúcar;
2 colheres de sopa de azeite de oliva extra virgem;
Manjericão, sal e pimenta a gosto;
Azeite para fritar.

Modo de preparo

Lave as beringelas e corte-as em pedaços (sem as descascar). Coloque-as em uma peneira e polvilhe sal abundantemente e deixe escorrer por cerca de uma hora.

Lave os talos de aipo e corte-os em pedaços de meio centímetro. 

Mergulhe os tomates por alguns segundos em água fervente e depois passe-os em água fria. Descasque-os, retire as sementes e pique-os.

Numa frigideira grande, aqueça o azeite e frite a cebola até dourar. Adicione os tomates e o extrato e cozinhe em fogo médio e sem tampa, por cerca de dez minutos.

Tempere com sal [um pouco] e pimenta e acrescente o aipo, as azeitonas cortadas ao meio, os pinhões e as alcaparras dessalgadas. Dissolva o açúcar no vinagre e despeje no molho, mexendo bem.

Cozinhe em fogo baixo por cerca de vinte minutos para que os sabores se misturem e o molho fique bem espesso. 

Lave as beringelas com água corrente, seque-as pressionando ligeiramente em um pano e frite-as, duas ou três vezes, em bastante óleo bem quente [próximo de 180º].

Quando estiverem douradas, escorra e passe-as sobre um papel toalha. Quando estiver tudo pronto, adicione ao molho, mexa e cozinhe em fogo baixo por no máximo cinco minutos.

Caponata: dicas e truques

  • A caponata é comida fria, em temperatura ambiente, polvilhada com manjericão picado. 
  • A caponata, mantida bem fechada na geladeira, dura por dois ou três dias, ganhando até mais sabor. No entanto, retire-a da geladeira pelo menos uma hora antes de servir.
  • A beringela caponata é perfeita para temperar um espaguete. Pode adicionar queijo mozzarella em cubinhos para um sabor ainda mais marcante.

Como preparar berinjelas para caponata

Para obter uma caponata siciliana perfeita, é necessário ter o cuidado de preparar as beringelas corretamente seguindo este procedimento:

  • Lave bem as beringelas e seque-as;
  • Coloque as beringelas numa tigela, salpique-as com sal grosso e cubra-as com um peso para que percam a água e tire o gosto amargo;
  • Após uma hora, enxágue com água fria e deixe escorrer bem.

Como servir a caponata

A caponata pode ser servida como um acompanhamento clássico, mas também pode se tornar um petisco se combinada com torradas ou se servida em copos pequenos.

Caponata da Sicília: variações regionais

Agrigento

É preparada com beringelas, pimenta verde picante, tomate, cebola, aipo, azeitonas verdes, azeitonas pretas, alcaparras, vinagre, mel, açúcar, alho, azeite, pimenta malagueta, manjericão, pinhões e uva passa.

Trapani

A receita de caponata é preparada com beringelas, pimentões, cebolas, tomates maduros, aipo, azeitonas verdes, alcaparras, vinagre, açúcar e amêndoas torradas.

Catânia

A receita de caponata é preparada com beringelas, pimentões amarelos e vermelhos, tomates, cebola, aipo, azeitonas verdes ou pretas, alcaparras, vinagre, azeite, sal e açúcar.

Nápoles

A caponata napolitana é completamente diferente da siciliana. Na verdade é feita com um pão torrado, chamado de fresella, temperado com tomate fresco, alho, azeite, orégano e manjericão.

Deixa o seu comentário:

Mais de Italianismo

Comer e beber

O mundo inteiro comemora no dia 6 de abril o Carbonara Day.

Destinos

Sem turismo, as aldeias da Itália também estão em risco. E, junto com eles, também os produtos típicos desses lugares.

Comer e beber

Conheça receitas típicas de Páscoa na Itália, de norte a sul.

Cotidiano

Em cinco horas, o Sul da Itália somou 39 tremores, quase todos de baixa intensidade, segundo dados do Instituto Nacional de Geofísica. Deixa o...

Cotidiano

O alarme em pesquisa financiada pelo Ministério da Universidade e INGV com as universidades de Catânia e Bari. "Litoral Sudeste em risco"

Comer e beber

O New York Times selecionou os melhores vinhos baratos do mundo abaixo de 20 euros: na lista estão cinco rótulos italianos

Itália no Brasil

O Brasil importou da Itália em 2020 cerca de US$ 231 milhões em vinhos, massas e outros produtos do Made in Italy. Um aumento...

Cotidiano

Quais são as comidas preferidas pelos italianos? Antes de tudo é preciso dizer que a comida para nós é um assunto sério. Deixa o...