Connect with us

Hi, what are you looking for?

Destinos

Cidades italianas oferecem viagem grátis para quem abandonar celular

Destino é a cadeia de montanhas Dolomitas, nos alpes italianos

Uma hospedagem de cinco dias na cadeia montanhosa das Dolomitas, na Itália, com paisagens de tirar o fôlego, lagos turquesas e contato com a natureza. Tudo isso de graça. A oferta está sendo feita por municípios dos alpes italianos que se uniram em uma campanha para promover o turismo.

Porém, para ser contemplado com a viagem, é preciso aceitar uma única condição: não usar (nem levar na mala) o celular e o computador, além de auxiliar como voluntário em obras de melhorias no território, que foi afetado em outubro de 2018 por uma forte tempestade que provocou alagamentos, desmoronamentos e queda de árvores.

A inédita experiência está sendo oferecida por sete cidades da região do Vêneto, da província de Belluno: Rocca Pietore (Marmolada), Alleghe (Monte Civetta), Colle Santa Lucia (Passo Giau), Livinallongo del Col di Lana – Arabba (Passo Campolongo), Cencenighe (Cima Pape), San Tomaso Agordino (Sasso Bianco), Taibon Agordino (Agner, Valle di San Lucano).

Batizada de “Recharge in nature, in the Heart of the Dolomites” (“Recarregue as energias na natureza, no coração das Dolomitas”, na tradução), a campanha prega que “somente a natureza sabe ensinar certas lições, como aprender a viver consigo mesmo, fazendo o bem a tudo e a todos”. A proposta prevê uma estadia gratuita entre os dias 13 e 17 de setembro, em um refúgio de Alto Agordino. Os interessados devem se inscrever até dia 9 de agosto no site recharge.heartofthedolomites.org.

Por Agência Ansa 

Deixa o seu comentário:

Publicidade

Facebook

Leia também:

Negócios

Na província de Belluno, cooperativa lança iniciativa para se sustentar no período de crise Deixa o seu comentário:

Turismo

Província na região das Dolomitas entra com ação pelos danos provocados pela pandemia Deixa o seu comentário:

Vida & Estilo

Milão lidera a lista graças a sua visível fase de renovação Deixa o seu comentário:

Destinos

Anselmo Hoffmann, 37, viajou à região para conhecer e fotografar a riqueza natural do país Deixa o seu comentário: