Siga o Italianismo

Olá, o que deseja procurar?

ItalianismoItalianismo

Estilo de vida

Jornalista ameaçado pela máfia perde a escolta na Itália

Sandro Ruotolo foi ameaçado de morte pela Camorra

Sandro Ruotolo foi ameaçado de morte pela Camorra em 2015

Ministério do Interior da Itália, chefiado por Matteo Salvini, determinou a retirada da escolta do jornalista napolitano Sandro Ruotolo, ameaçado de morte por um dos clãs mais poderosos da máfia Camorra.

A notícia foi difundida pelo ex-ministro da Justiça Andrea Orlando, que prometeu questionar o governo no Parlamento sobre a questão. “Tiraram a escolta de Sandro Ruotolo, jornalista há muito tempo empenhado em investigações sobre as máfias”, disse Orlando no último sábado (2).

Em 2015, Ruotolo recebeu ameaças de morte em nome de Michele Zagaria, chefe do clã dos Casalesi e preso desde 2011, por conta de reportagens sobre o tráfico de resíduos tóxicos na Campânia, o berço da Camorra.

“Eu só sei ser jornalista assim: estando nos bairros, contando, entrevistando, buscando a verdade. Gostaria de continuar a fazer isso”, escreveu o jornalista no Facebook, evitando críticas ao governo. “Decidi não dizer nada pelo respeito que tenho pelas instituições”, declarou.

A Federação Nacional de Imprensa Italiana (FNSI) enviou um apelo pedindo ao primeiro-ministro Giuseppe Conte que reveja a decisão do Ministério do Interior. “Tirar a escolta seria uma escolha incompreensível, perigosa e que o colocaria em condições de não poder mais fazer seu trabalho”, disse o sindicato.

Já o ministro do Trabalho Luigi Di Maio, que, assim como Salvini, também é vice-premier, chamou nesta segunda-feira (4) a decisão do Interior de “absurda”. “Hoje volto a Roma e me informarei para entender o que aconteceu. Se a decisão foi imprudente, Ruotolo merece a escolta, porque é um dos jornalistas dessa terra que lutam contra a criminalidade organizada e a Camorra”, declarou Di Maio, que é napolitano.

Logo após tomar posse, em junho, Salvini já havia insinuado que poderia tirar a escolta de outro jornalista, o escritor Roberto Saviano, autor do livro “Gomorra” e ameaçado de morte pala máfia napolitana. Pouco depois, ele recuou e disse que não cabe a ele decidir sobre a questão. O ministro ainda não se pronunciou sobre Ruotolo.

Por Agência Ansa

Siga o Italianismo no Instagram

Deixa o seu comentário:

Destaques do editor

Destaque do Editor

Descubra como obter a cidadania italiana de forma segura e eficiente!

Estilo de vida

A Festa della Mamma foi introduzida no calendário na década de 1950

Cidadania Italiana

A cidadania italiana de Giovanna Ewbank: uma narrativa de rápido sucesso ou marketing disfarçado?

Cidadania Italiana

Senador Roberto Menia reforça críticas sobre reconhecimento da cidadania italiana no Brasil.

Cidadania Italiana

Cidadania negada: Quando a sobriedade é muito mais que uma questão de etiqueta.

Itália no Brasil

Consulado Geral da Itália em São Paulo: Uma pequena itália na maior metrópole brasileira.

História

Roma: a cidade imponente, erguida sobre os alicerces da história, celebra seu aniversário em 21 de abril

Economia

Consultoria fez estudo sobre taxa de sobrevivência de companhias.

Cultura

Ranking foi divulgado pela versão espanhola da revista People

Turismo

Viajantes vão desfrutar de 266 milhões de pernoites.

Variedades

Mario Parlato afirmou que ficou feliz com a aquisição.

Cultura

Exposição curada por brasileiro Adriano Pedrosa começa em 20/4