Siga o Italianismo

Olá, o que deseja procurar?

ItalianismoItalianismo

Cotidiano

Itália já comprou vacinas para imunizar o dobro de sua população

Itália já comprou vacinas para imunizar o dobro de sua população
Itália já comprou vacinas para imunizar o dobro de sua população

País prevê iniciar imunização em janeiro de 2021

O ministro da Saúde da Itália, Roberto Speranza, disse nesta quarta-feira (2) que o governo já garantiu a compra de mais de 200 milhões de doses de vacinas contra o novo coronavírus, o que é suficiente para imunizar toda a população do país e ainda garantir uma reserva de segurança.

Em audiência no Senado, Speranza, de centro-esquerda, afirmou que o país encomendou 202.573.000 doses dos seis fabricantes com contratos fechados com a União Europeia:

AstraZeneca/Oxford
Biontech/Pfizer
Curevac
Johnson & Johnson
Moderna
Sanofi-GSK

Como a população italiana é de cerca de 60,4 milhões de pessoas, o país ainda teria um excedente para imunizar outros 67,8 milhões de indivíduos, levando em conta que foram encomendadas 53,84 milhões de unidades de uma vacina de dose única (Janssen) e 148,733 milhões de unidades de vacinas de dose dupla.

“Não queremos correr o menor risco de não poder dispor de uma vacina autorizada antes de outros [países]”, declarou Speranza.

Plano para as vacinas na Itália

A vacinação contra o novo coronavírus na Itália será gratuita e começará em janeiro, com a chegada do imunizante da Biontech/Pfizer, que deve ser o primeiro aprovado pela União Europeia.

Como a vacina BNT 162b exige temperaturas de conservação inferiores a 70ºC negativos, ela será enviada diretamente pelos fabricantes a 300 hospitais já identificados em todo o território nacional.

A vacinação partirá com operadores sanitários e pacientes e funcionários de asilos. Após essas duas faixas de risco, será a vez de pessoas com 80 anos ou mais, seguidas por aquelas entre 60 e 79 anos e pacientes com doenças crônicas.

Na sequência, serão imunizados trabalhadores de serviços essenciais, como professores, policiais e agentes carcerários. A vacinação em massa do restante da população deve acontecer entre a primavera e o verão no Hemisfério Norte. (Ansa)

LEIA TAMBÉM

Siga o Italianismo no Instagram

Deixa o seu comentário:

Destaques do editor

Variedades

Iniciativa quer combater despovoamento de áreas montanhosas.

Cotidiano

CNH brasileira volta a valer na Itália: novo acordo facilita vida de milhares pessoas

Variedades

Cidade foi devastada pela erupção do Vesúvio, assim como Pompeia.

Arte & Cultura

Lançado no fim de outubro e exibido em preto e branco, foi o filme que mais faturou com bilheteria na Itália em 2023

Notícias

Grupo de 8 companhias participa de feira de fundição em SP.

Cotidiano

Imperia ocupa 1ª posição de ranking elaborado pelo iLMeteo.it

Turismo

Alta temporada no país vai de junho a setembro.

Arte & Cultura

Exposição 'Life as a Scientist' será aberta no dia 21 de junho.

Cultura

Mostra 'Oltreoceano' ocorre no Salão Negro do Congresso Nacional.

Gastronomia

Referência da gastronomia, TasteAtlas partilha os seus rankings com base na experiência do consumidor.

Esporte

O ítalo-brasileiro assumiu o cargo de técnico da Juventus, firmando um contrato de três temporadas, válido até meados de 2027.

Notícias

Atualmente, 15% da pesquisa colaborativa é realizada por cientistas paulistas e italianos.