Siga o Italianismo

Olá, o que deseja procurar?

ItalianismoItalianismo

Cotidiano

Itália anuncia doação de 15 milhões de vacinas para países pobres

País vacinou ao menos parcialmente mais da metade da população e quase 30% das pessoas já concluíram ciclo de imunização

vacinas para países pobres
A Itália vai doar 15 milhões de doses de vacinas anti-covid para países pobres | Foto: Fortuneita

A Itália vai doar 15 milhões de doses de vacinas anti-covid para países pobres, que têm enfrentado dificuldades para obter imunizantes contra o novo coronavírus.

O anúncio foi feito pelo primeiro-ministro Mario Draghi durante um discurso na Câmara dos Deputados na última quarta-feira (23).

“Melhorar o acesso a vacinas nos países mais pobres não é apenas uma questão ética, mas também uma prioridade sanitária. A Itália fará sua parte e dará 15 milhões de doses”, declarou.

Com a pandemia sob controle, o país já vacinou ao menos parcialmente mais da metade da população, e quase 30% das pessoas já tomaram as duas doses da vacina de Oxford, da Moderna ou da Pfizer ou a dose única da Janssen e concluíram o ciclo de imunização.

Draghi não anunciou qual produto será destinado a países pobres, mas o governo da Itália já limitou bastante o uso da fórmula da AstraZeneca/Oxford, que hoje é recomendada apenas para maiores de 60 anos. O premiê também não disse quais nações receberão as doações.

Recentemente, o G7, do qual a Itália faz parte, se comprometeu a doar 1 bilhão de doses de vacinas anti-Covid, mas considerando até o fim de 2022. De acordo com o portal Our World in Data, o mundo já soma 2,8 bilhões de imunizantes administrados, mas apenas 46,8 milhões na África (1,7% do total), que tem 15% da população global. (Ansa)

Leia também
200

Deixa o seu comentário:

Publicidade

Série

Rádio e TV italiana

Siga o Italianismo

Destaques do editor

Cotidiano

Durante o diálogo, o premiê cobrou a instituição de um cessar-fogo “o quanto antes”

Vida & Estilo

O Eurostat atualizou os dados demográficos relativos aos países que integram a União Europeia

Economia

Resultado mostra uma recuperação acentuada da recessão da pandemia de Covid-19 um ano antes

Cotidiano

O primeiro-ministro da Itália, Mario Draghi, disse que ataque russo é virada decisiva na história europeia.

Cotidiano

Mario Draghi decidiu que o estado de emergência, cujo fim está marcado para 31 de março de 2022, não será prorrogado

Destinos

A regra vale para passageiros que tenham recebidos duas doses ou a dose de reforço

Cotidiano

EUA alertaram que 'ataque' pode começar a qualquer momento

Cotidiano

Ainda sem acordo entre os partidos, o Parlamento faz nesta sexta a quinta votação para eleger o próximo presidente da República

Cotidiano

O “aventureiro” escolhido pode levar companhia e não paga aluguel por um ano

Cotidiano

Medida foi tomada para 'unidade nacional', segundo o político. Ele agradece aos parlamentares que apoiaram sua candidatura

Cotidiano

Vacinação já era obrigatória para profissionais de saúde e outros trabalhadores

Cotidiano

Ômicron e Delta estão causando 'tsunami' de casos de covid na Europa