Siga o Italianismo

Olá, o que deseja procurar?

ItalianismoItalianismo

Cotidiano

‘Estou te ligando para falar de paz’, diz Draghi a Putin

Durante o diálogo, o premiê cobrou a instituição de um cessar-fogo “o quanto antes”

Draghi a Putin
O primeiro-ministro da Itália, Mario Draghi, conversou nesta quarta-feira (30) por cerca de uma hora com o presidente da Rússia, Vladimir Putin

O primeiro-ministro da Itália, Mario Draghi, conversou nesta quarta-feira (30) por cerca de uma hora com o presidente da Rússia, Vladimir Putin, sobre a guerra na Ucrânia e o fornecimento de gás para a Europa.   

“Presidente Putin, estou te ligando para falar de paz”, disse Draghi ao iniciar o telefonema, de acordo com relato do governo italiano.   

Durante o diálogo, o premiê cobrou a instituição de um cessar-fogo “o quanto antes” e reiterou sua disponibilidade para contribuir para a pacificação entre Moscou e Kiev, desde que a Rússia mostre “sinais claros de desescalada”.   

Já Putin, segundo o Kremlin, falou sobre os resultados das negociações com a Ucrânia em Istambul e descreveu a Draghi o projeto para exigir que os países europeus paguem pelo gás e o petróleo russos em rublos. Os dois líderes também concordaram em “manter contato”.  

A Itália já se disponibilizou a ser um dos países que forneceriam garantias de segurança à Ucrânia em troca de sua não-adesão à Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan).   

Esse mecanismo é uma exigência de Kiev para abrir mão do ingresso na aliança atlântica, mas ainda não conta com o respaldo das potências ocidentais.   

O instrumento prevê a formação de um grupo de países capazes de dar uma resposta dentro de 24 horas no caso de uma eventual agressão externa contra a Ucrânia, incluindo assistência militar, fornecimento de armas e fechamento do espaço aéreo.   

Em troca da não-adesão à Otan, Kiev também quer que a Rússia deixe seu caminho livre para uma eventual entrada na União Europeia. “Sou grato à Itália por permanecer firme ao lado da Ucrânia neste momento difícil”, escreveu no Twitter o ministro das Relações Exteriores ucraniano, Dmytro Kuleba, após uma conversa com seu homólogo italiano, Luigi Di Maio.   

“Discutimos novas sanções contra a Rússia e outras maneiras de a Itália ajudar a Ucrânia a se defender da agressão russa”, acrescentou Kuleba. Já Di Maio disse que as prioridades devem ser o prosseguimento das negociações entre Kiev e Moscou e uma “trégua humanitária que nos leve à paz”. (ANSA)

Siga o Italianismo no Instagram

Deixa o seu comentário:

Destaques do editor

Destaque do Editor

O ranking mostra o posicionamento, o número de famílias e o número de municípios em que os sobrenomes italianos estão espalhados.

Destaque do Editor

A transmissão da cidadania italiana jure sanguinis pode ser comprovada por qualquer meio, diz a Corte de Cassação da Itália

Cotidiano

Prefeito perde batalha contra ítalo-brasileiros: A lei falou mais alto. Parece que o jogo virou, não é mesmo, senhor prefeito?

Cidadania Italiana

Ao contratar um advogado para processo de cidadania italiana, opte por um que mantenha representante no Brasil.

Cidadania Italiana

Cidadania italiana irregular: 92 cidades da província de Nápoles entram em investigação.

Cidadania Italiana

Silmara Fabotti, líder de esquema de cidadania italiana falsa, planejava fugir da Itália, relata juiz.

Cidadania Italiana

Descaso com o Codice Fiscale: Conselheiro do CGIE denuncia "Gaming the System" nos consulados.

Cidadania Italiana

Passaporte em todo lugar: A partir de julho, correios italianos facilitam renovação e emissão

Cidadania Italiana

A crescente diáspora italiana: Migração em massa em busca de melhores oportunidades e realização pessoal.

Itália no Brasil

Um voo histórico de solidariedade: A ajuda humanitária da Itália ao Rio Grande do Sul.

Itália no Brasil

Aviso por correio convoca os eleitores para participarem das eleições do Parlamento Europeu de 2024.

Cidadania Italiana

Investigação revela esquema de corrupção envolvendo falsos certificados de residência em troca de dinheiro e favores sexuais.