Siga o Italianismo

Olá, o que deseja procurar?

ItalianismoItalianismo

Vida & Estilo

Covid-19: Estudo mostra que 69% dos italianos sofrem de ansiedade; 31% de depressão

Covid-19: Estudo mostra que 69% dos italianos sofrem de ansiedade; 31% de depressão | Foto: Corriere di Sciacca

Estudo mostrou também que profissionais de saúde apresentaram níveis muito altos de estresse e depressão

Ansiedade, depressão e estresse pós-traumático são o “legado” psicológico da Covid-19 e da longo quarentena. 

Isso foi revelado por dois estudos coordenados pela Universidade de Torino e recentemente publicados em revistas científicas internacionais. 

De acordo com o primeiro estudo, publicado no The Canadian Journal of Psychiatry69% dos italianos apresentam sintomas de ansiedade, 31% de depressão, enquanto 20% relatam sintomas de estresse pós-traumático

De acordo com a literatura científica, esses sintomas tendem a piorar com o tempo. 

Os indivíduos em maior risco são mulheres, aquelas com baixos níveis de educação e aqueles que tiveram contato com pacientes com Covid-19. 

O segundo estudo, realizado com profissionais de saúde e publicado no Journal of Evaluation in Clinical Practice, foi realizado com 145 profissionais de saúde, médicos e enfermeiras

Aqueles que trabalhavam na ala de Covid relataram níveis muito mais altos de depressão e estresse pós-traumático em comparação com aqueles que não estiveram em contato com pacientes da Covid. 

Além disso, entre os primeiros, ser mulher e ser solteiro representam fatores de risco para sintomas depressivos, enquanto ser mulher e ter idade avançada estão associados a níveis mais elevados de estresse pós-traumático. 

Além de destacar o impacto dramático da epidemia na saúde mental das pessoas, para a Universidade de Torino esses resultados destacam a necessidade de implementar programas de rastreamento oportunos, com o objetivo de identificar pessoas com níveis clinicamente relevantes de psicopatologia. 

LEIA TAMBÉM:

10 mil profissionais da saúde foram contaminados na Itália; 120 morreram

Sistema de saúde italiano fica entre os 10 melhores do mundo

200

Deixa o seu comentário:

Publicidade

Série

Rádio e TV italiana

Siga o Italianismo

Destaques do editor

Estudar na Itália

La Sapienza é a 113ª do mundo no ranking universitário do CWUR

Cotidiano

Morto há 141 anos, o escritor Fiódor Dostoiévski (1821-1881) virou alvo na Itália por causa da invasão da Ucrânia pela Rússia. Deixa o seu...

Comer e beber

Há séculos que o manjericão é conhecido e utilizado por diversas culturas. Saiba para que serve e propriedades

Estudar na Itália

Bolsas de estudo na Itália são oferecidas para recém-formados em diversos cursos, entre eles Engenharia, Alta Tecnologia e Design

Comer e beber

Quais são os melhores supermercados para os italianos? O ranking: Esselunga e redes locais na liderança

Una buona notizia!

Entregue para adoção com 5 dias de vida, Giovanni, que foi criado e mora na Itália, sonhava em conhecer a mãe biológica

Cotidiano

A Itália bateu nesta quinta-feira (6) um novo recorde de casos diários de Covid-19 e superou pela primeira vez a marca de 200 mil...

Cotidiano

Recorde absoluto de novos contágios pelo terceiro dia consecutivo com recorde de testes feitos; 156 mortos

Cotidiano

Novo pico de casos: nunca tantos desde o início da emergência. Na Lombardia, são 16 mil

Estudar na Itália

A Itália é um país com uma forte e antiga tradição no ensino universitário

Cotidiano

A Itália registrou 36.293 novos casos de Covid-19, totalizando 5.472.469 contágios, informou o boletim diário do Ministério da Saúde. Deixa o seu comentário:

Estudar na Itália

Inscrições estão abertas até 17 de janeiro de 2022