Siga o Italianismo

Olá, o que deseja procurar?

Italianismo

Comer e beber

Temporada de gelato na Itália: os novos sabores de 2021

A temporada dos sorvetes começa na Itália: aqui estão todos os novos sabores de 2021, dos clássicos tradicionais aos novos produtos em nome da sustentabilidade

gelato na itália
Começa a temporada de gelato na Itália: os novos sabores de 2021

A primavera se aproxima e com ela a temporada de gelato na Itália. Especialidade preferida durante o verão, apresenta todos os anos novos e antigos sabores destinados a popularizar-se ou a “derreter-se” na época do verão.

O observatório HostMilano, mostra de hospitalidade profissional da Feira de Milão (ou Fiera di Milan), marcada para este ano, de 22 a 26 de outubro, fez um levantamento sobre as novas tendências emergentes no mercado do setor de gelatos. 

As novas tendências apontam para os sorvetes com leite substituídos por bebidas à base de coco, amêndoa e aveia, ou com um ciclo de produção sustentável, ético e transparente. Aqui estão os novos sabores de 2021.

Gelato italiano: os novos sabores e tendências de 2021

A tradição é um trunfo, mas junto com os sabores tradicionais, o setor de sorvetes oferece experimentação e combinações ousadas: basta pensar que o primeiro gelato na Itália totalmente impresso em 3D foi feito em um laboratório em Lodi.

A HostMilano identificou 5 novas tendências para sorvetes em 2021.

Vamos começar com a “Free Form“: o leite, tradicionalmente o principal ingrediente na produção de sorvetes, é substituído por bebidas à base de coco, aveia ou amêndoa.

Ah la barrique!” é a segunda tendência de sorvetes de 2021: inclui gelato feito com todos aqueles produtos ligados ao mundo do vinho e dos queijos, além de edições limitadas com sabores, cores ou combinações ousadas que diferem da tradição.

Com “Love is in the air“, depois da água, o ar também passa a ser um ingrediente fundamental. Para 2021, de fato, são esperados sorvetes leves, graças ao ar injetado ou batido. 

A consistência passa a fazer parte integrante do produto: o ar contribui para a criação de especialidades sugestivas que se tornam um prazer para os olhos e também para as papilas gustativas.

Green e solidali”: os sorvetes deste ano devem ser produzidos estritamente em nome da sustentabilidade, com processos de produção éticos e transparentes, tanto em matéria-prima quanto em embalagens. 

A quinta tendência de 2021 é a “Limited Edition“: o gelato foca em sabores, cores e combinações disponíveis por um período limitado de tempo, para uma estratégia de marketing vencedora.

As previsões de novos sabores, além das de excelências gastronômicas italianas, colocam a grande família dos superalimentos renovados pelos probióticos e fermentados no topo da lista, com toques de originalidade como gotas de menta, banana torrada, baunilha, lavanda mel, aveia, xarope de bordo e canela. 

A natureza desempenha um papel fundamental nos novos sabores de sorvete, com produtos que vão da cenoura ao improvável ruibarbo, passando por espinafre, agulhas de pinheiro, ervas silvestres, urtiga, endro e flor peônia.

Leia também

Apesar de caro, sorvete italiano cai no gosto dos brasileiros

Deixa o seu comentário:

Mais de Italianismo

Cotidiano

Quais são as comidas preferidas pelos italianos? Antes de tudo é preciso dizer que a comida para nós é um assunto sério. Deixa o...

Comer e beber

A criadora: “No bairro, muitas vítimas. Um sorvete não é a solução, mas pode alegrar” Deixa o seu comentário:

Comer e beber

Grupo especializado em produtos alimentícios dará 20 cursos Deixa o seu comentário:

Comer e beber

A ação é um sucesso na Itália. Milhares de sorvetes já foram doados  Deixa o seu comentário:

Comer e beber

Cornetto se tornou ícone do sorvete industrial. O sabor nasceu na gelateria Spica, de Nápoles, que em 1959  Deixa o seu comentário:

Comer e beber

As melhores sorveterias foram avaliadas com uma pontuação que vai de zero a três casquinhas Deixa o seu comentário:

Comer e beber

Evento acontecerá entre 20 e 24 de janeiro em Rimini Deixa o seu comentário:

Comer e beber

O gosto brasileiro não está tão distante do italiano. O campeão de vendas também por aqui é o de pistache. Deixa o seu comentário:

2016-2021 – Permitida a reprodução de qualquer conteúdo desde que citado, obrigatoriamente, o Italianismo.