Siga o Italianismo

Olá, o que deseja procurar?

ItalianismoItalianismo

Eleições 2022

Candidatos ao Parlamento Italiano debatem na TV Câmara nesta sexta (09)

O evento, que reúne candidatos ao Senado e à Câmara dos Deputados, será transmitido pela internet

Parlamento Italiano debatem na TV Câmara
Candidatos ao Parlamento Italiano debatem na TV Câmara nesta sexta

A TV Câmara promove nesta sexta-feira (05), a partir das 15h30, um debate com os candidatos ao Parlamento Italiano. O evento com os postulantes a uma vaga na Câmara dos Deputados e no Senado será transmitido pelo site da TV Câmara (www.camara.leg.br/tv) e pelo seu canal no YouTube (www.youtube.com/camaradosdeputadosoficial).

Com mediação de Diego Mezzogiorno, o debate terá as presenças dos principais candidatos nas eleições de 25 de setembro, incluindo nomes como Fabio Porta, Renata Bueno, Luiz Molossi e Andrea Dorini.

Propostas

De acordo com os organizadores, todos os candidatos foram convidados, mas alguns não confirmaram presença, como Luis Roberto Lorenzato e Emerson Fittipaldi.

O debate terá duração de uma hora e quarenta minutos e contará com cinco blocos, sendo um deles falado em italiano. Nesse bloco, o terceiro do debate, Michele Cagiano, chefe de redação do SkyTg24, maior canal de notícias italiano, fará perguntas relacionadas a Itália.

Assim, os espectadores poderão conhecer melhor as coligações e suas propostas, por meio ainda de perguntas entre os candidatos e também de questões formuladas pelo mediador do evento.

Candidatos

As eleições desse ano terão 12 candidatos ao Senado pela América do Sul. Além do já citado Emerson Fittipaldi, concorrerão Mario Aldo Sebastiani, Andrea Matarazzo, Ivana Mainenti, Vicenzo Garruti, Marcelo Bomrad, Luciana Laspro, Mario Borghese, José Palmiotti, Rodrigo Miguel, Marcelo Zovico e Vicenzo Di Martino.

Para uma vaga na Câmara dos Deputados, além de Fabio Porta, Renata Bueno, Luiz Molossi, Andrea Dorini e Luis Roberto Lorenzato, os concorrentes são: Antonella Pinto, Salvador Finocchiaro, Filomena Narducci, Thiago Troccoli de Almeida, Valentina Pococacio, Alessandro Fama, Giancarlo Colella, Francesca Galia, Vito De Palma, Claudio Zin, Nello Collevecchio, Franco Tirelli, Francisco Nardelli, Vincenzo Carrozzino e Eugenio Sangregorio.

Eleições antecipadas

Vale lembrar que as eleições na Itália ocorreriam em março de 2023, mas foram antecipadas para 25 de setembro após a renúncia do primeiro-ministro Mario Draghi.

A reforma política aprovada em 2020 reduziu o número de representantes do exterior no Parlamento da Itália de 18 (12 deputados e seis senadores) para 12 (oito deputados e quatro senadores).

Desse total, a circunscrição da América do Sul terá direito a dois deputados e um senador.

Siga o Italianismo no Instagram

Deixa o seu comentário:

Destaques do editor

Estilo de vida

Por que não adotar o sobrenome do seu marido na Itália: Entenda os motivos.

Cotidiano

Pontremoli lança programa “Residentes do Futuro” para estimular novos moradores.

Cidadania Italiana

Congresso terá presença de figuras relevantes do judiciário italiano, do Ministério do Interior e da Procuradoria Geral do Estado

Comer e beber

Verdade ou mito: Os italianos realmente comem pasta todos os dias?

Cidadania Italiana

Da Itália à Espanha: A jornada de Riccardo Consoli em busca de um futuro mais acolhedor.

Cidadania Italiana

Brasil destaca-se como o 4º país com mais cidadãos adquirindo nacionalidade italiana.

Turismo

Iniciativa conta com 28 municípios divididos em 10 regiões

Cidadania Italiana

O ius soli é um problema falso, não é necessário: os números desconstroem a narrativa da esquerda, segundo jornalista.

Cotidiano

Enel mancha a reputação italiana no Brasil devido a constantes falhas no fornecimento de energia em São Paulo

Cotidiano

Porta critica atuação governamental na demora e ineficácia das negociações do Acordo de Conversão de CNH entre o Brasil e a Itália

Variedades

A idade média em que os italianos se tornam pais tem aumentado ao longo dos anos.

Economia

Tesla explora potencial da fabricação de veículos elétricos na Itália: Caminhões e vans na pauta, dizem jornais