Siga o Italianismo

Olá, o que deseja procurar?

ItalianismoItalianismo

Eleições 2022

Lorenzato vence enquete sobre eleições na Itália em setembro

Atual deputado Luis Roberto Lorenzato ficou em primeiro lugar na enquete com 25,33% dos votos

Lorenzato vence enquete
Lorenzato vence enquete sobre eleições na Itália em setembro | Divulgação

O deputado Luis Roberto Lorenzato (Lega) foi o vencedor da enquete realizada pelo Italianismo para saber em quem o eleitor pretende votar nas eleições de 25 de setembro como seu representante no Parlamento italiano.

Ele ficou em primeiro lugar com 25,33% dos votos dos internautas, mais que o dobro da preferência pelo segundo nome mais lembrado, o de Stephania Puton, que teve 12,36%.

Na sequência, os mais votados foram Fabio Porta (11,05%), Renata Bueno (9,14%), Daniel Taddone (8,50%), Luis Molossi (5,81%), Fausto Longo (4,98%), Walter Petruzziello (2,84%), Luciana Laspro (2,63%) e Wálter Fanganiello (2,84%). Por fim, 14,52% dos internautas clicaram em “nenhuma das opções”.

A enquete ficou à disposição para participação dos internautas na home do Italianismo entre os dias 22 e 26 de julho e recebeu o total de 5097 votos.

Resultado final da enquete sobre eleições na Itália em setembro

Indefinições

Vale lembrar que os nomes foram sugeridos pelo Italianismo com base em sua atuação e influência na comunidade ítalo-brasileira e os resultados não têm caráter oficial.

Alguns já definiram que não serão candidatos, como a segunda colocada na enquete, Stephania Puton, assim como Daniel Taddone e Walter Petruzziello.

O atual deputado Fausto Longo (Partido Democrático) não será candidato para um novo mandato e o senador Fabio Porta (Partido Democrático) ainda não definiu se vai concorrer a uma vaga na Câmara dos Deputados ou no Senado Italiano.

Por outro lado, Andrea Matarazzo, do Partido Socialista Italiano, ex-embaixador do Brasil na Itália e candidato a prefeito de São Paulo em 2020, confirmou que pretende disputar a uma vaga no Parlamento da Itália.

Eleições antecipadas

As eleições para o Parlamento italiano, inicialmente previstas para março de 2023, foram antecipadas para 25 de setembro após a renúncia do primeiro-ministro Mario Draghi.

A reforma política aprovada em 2020 reduziu o número de representantes do exterior no Parlamento da Itália de 18 (12 deputados e seis senadores) para 12 (oito deputados e quatro senadores).

Desse total, a circunscrição da América do Sul terá direito a dois deputados e um senador.

Siga o Italianismo no Instagram

Deixa o seu comentário:

Destaques do editor

Cidadania Italiana

Congresso terá presença de figuras relevantes do judiciário italiano, do Ministério do Interior e da Procuradoria Geral do Estado

Cidadania Italiana

Especialistas se reúnem em Padova para discutir os desafios e implicações da cidadania italiana para descendentes.

Cotidiano

Enel mancha a reputação italiana no Brasil devido a constantes falhas no fornecimento de energia em São Paulo

Economia

Tesla explora potencial da fabricação de veículos elétricos na Itália: Caminhões e vans na pauta, dizem jornais

Viagem e Turismo

Prefeito também justificou nova taxa de acesso à cidade.

Cidadania Italiana

A cidadania italiana de Giovanna Ewbank: uma narrativa de rápido sucesso ou marketing disfarçado?

Arte & Cultura

Cônsul Caruso destacou que 'criar valor está no DNA da cidade'

Arte & Cultura

Público terá acesso a relíquias da cultura Daunia

Turismo

Região recebeu um investimento significativo em infraestrutura, totalizando 3,5 milhões de euros.

Arte & Cultura

‘DanteDì’ é comemorado anualmente em 25 de março.

Arte & Cultura

A música desempenha um papel fundamental na preservação das identidades culturais e dialetos na Itália

Notícias

Cúpula será realizada em Capri entre 17 e 19 de abril