Siga o Italianismo

Olá, o que deseja procurar?

ItalianismoItalianismo

Comer e beber

5 alimentos italianos em risco de extinção

Pandemia colocou em risco excelentes alimentos italianos. Associações e produtores correm para salvá-los

No “Encontro de amizade entre os povos de Rimini”, realizado no final de agosto, na costa adriática, na região Emilia-Romagna, foram expostos alguns dos alimentos italianos em risco de extinção.

São excelentes produtos Made in Italy que estão sendo salvos graças ao empenho e ao trabalho dos agricultores italianos durante a emergência de Covid, que afetou a gastronomia e o enoturismo do país.

No pavilhão internacional do Rimini Meeting, o Coldiretti promove a comida italiana por meio de degustações gratuitas, com uma seção também reservada para o conhecimento e degustação de azeites. 

Aqui está a lista com alguns dos alimentos italianos em risco de extinção.

Fagiolo della carnia

feijão carnia é uma variedade de Borlotto, mas de pequeno porte. Em virtude do clima particular e da composição da área onde é cultivada, a fava carnia possui um sabor e uma consistência que o tornam um ingrediente insubstituível nas sopas e caldos típicos da tradição gastronômica de Friuli Venezia Giulia.

Feijão carnia

Fagiolo del purgatorio

O “fagiolo del purgatorio di Gradoli” (feijão do purgatório de Gradoli) também faz parte da lista dos alimentos italianos considerados em perigo de extinção. Trata-se de uma variedade semeada há séculos nos territórios de Gradoli, Acquapendente e Onano, localizados na Tuscia – na fronteira da Toscana com a Úmbria. Hoje em dia, a semeadura e a colheita ainda são feitas manualmente.

Feijão do purgatório de Gradoli

Aglio bianco di Vessalico

alho branco de Vessalico também está entre os alimentos italianos em perigo de extinção. Esta variedade de alho é cultivada no território dos 11 municípios que constituem o vale do alto Arroscia, na província de Imperia. O seu nome está ligado à feira realizada no fundo do vale da cidade de Vessalico: uma tradição que remonta ao ano de 1760. Na época medieval, a espécie era conhecida “cebola dos nobres”, e como um remédio mágico.

Alho branco de Vessalico

Pompia

Pompia é uma fruta cítrica que cresce apenas em uma área específica da Sardenha: em Siniscola, uma cidade costeira da província de Nuoro, também está em vias de extinção. Caracterizado por uma casca grande e amarela, a Pompia apresenta um aspecto irregular e enrugado. Sua circunferência pode chegar a 70 centímetros e seu peso pode chegar a quase 1 quilo. A fruta cítrica é usada em sobremesas, mas também na produção de licores, geleias, sorvetes e granitas.

Pompia

Caciocavallo podolico

Um dos produtos em risco de extinção presentes no Encontro de amizade entre os povos de Rimini é o caciocavallo podolico. Uma variedade de caciocavallo produzida exclusivamente com leite de vaca podólica, raça bovina criada no Abruzzo, Basilicata, Calábria, Campânia, Puglia e Molise. Queijo nobre geralmente consumido no final das refeições, o podolico caciocavallo está incluído na lista da comida tradicional italiana.

Caciocavallo podolico

* * * * *

Gostou do artigo? Então comente ou compartilhe nas suas redes sociais.

Deixa o seu comentário:

Destaques do editor

Una buona notizia!

Chef ítalo-egípcio abre em Genebra no início de 2022 um restaurante popular inspirado em uma ideia surgida na Itália

Comer e beber

O Natal na Itália é um tempo de celebração, e um dos elementos mais importantes das tradições de Natal na Itália é a gastronomia.  Deixa o seu...

Cotidiano

Segundo o italiano, "foram necessários cerca de 20 mil blocos para reproduzir a famosa fonte

Comer e beber

O ranking dos 100 melhores chefs do mundo conta com 11 italianos presentes no ranking. Em 2019 eram 9

Cotidiano

As autoridades ainda estão em alerta para possíveis novos focos de incêndio nos próximos dias.

Comer e beber

A data homenageia uma das invenções culinárias mais apreciadas por todo o mundo, em especial pelos brasileiros

Comer e beber

O estudo foi realizado em maio de 2021 em uma amostra nacional de 1.000 italianos, entre 18 e 74 anos.

Cotidiano

O ex-primeiro Ministro da Itália pagou mais de 220 milhões de reais para manter mansões.

Cotidiano

Já faz 20 anos que luto contra quem quer me expulsar, ainda que eu tenha o apoio de todos vocês, disse o ilustre morador.

Turismo

Após o anúncio da reabertura, há um boom de reservas para o verão na Itália: "33% em poucos dias".

Destinos

Sem turismo, as aldeias da Itália também estão em risco. E, junto com eles, também os produtos típicos desses lugares.

Comer e beber

Nova edição do Prêmio Roma seleciona o melhor pão da Itália: aqui estão todos os vencedores