Siga o Italianismo

Olá, o que deseja procurar?

Italianismo

Cotidiano

“Robinson Crusoé da Itália” deixará ilha onde viveu por 32 anos

Já faz 20 anos que luto contra quem quer me expulsar, ainda que eu tenha o apoio de todos vocês, disse o ilustre morador.

Robinson Crusoé da Itália
"Robinson Crusoé da Itália" deixará ilha onde viveu por 32 anos | Mauro Morandi Imagem: Reprodução/Facebook

Apelidado de “Robinson Crusoé da Itália“, o eremita Mauro Morandi, guardião de uma paradisíaca e desabitada ilha italiana no Mar Tirreno, vai deixar aquele que foi seu lar durante os últimos 32 anos.

O anúncio foi feito no último domingo (25), em sua página no Facebook. Ele disse que se cansou de lutar para permanecer na ilha de Budelli, onde habita desde 1989.

A ilha fica entre a Sardenha e a Córsega e é conhecida por sua inconfundível “praia rosa“, cuja coloração se deve à presença na areia de um micro-organismo chamado Miniacina miniacea.

“Já faz 20 anos que luto contra quem quer me expulsar, ainda que eu tenha o apoio de todos vocês, mas agora realmente fiquei de saco cheio e irei embora, esperando que, no futuro, Budelli seja protegida da mesma forma que eu faço há 32 anos”, escreveu Morandi no Facebook.

O eremita teria de deixar a casa onde vive porque a administração do Parque Nacional do Arquipélago La Maddalena, onde fica Budelli, quer reformar o local.

“Espero que, após as obras, me deixem voltar aqui, mas não sei se farão isso”, disse Morandi ao jornal Il Resto del Carlino. Segundo o eremita, ele vai assinar no próximo fim de semana o contrato de aluguel de um apartamento na cidade de La Maddalena, que fica no mesmo arquipélago.

“Obviamente, encontrei uma casa de frente para o mar”, contou.

Robinson Crusoé

Personagem criado por Daniel Defoe (1660-1731), Robinson Crusoé protagoniza um romance homônimo que relata a vida de um náufrago em uma remota ilha tropical.

Morandi chegou a Budelli por acaso, após alugar um catamarã com amigos e sua então namorada para viajar até a Polinésia. Logo no início da viagem, o grupo decidiu parar no arquipélago La Maddalena para explorar o bom momento do turismo na região.

Ao descobrir que o guardião de Budelli estava para ir embora, Morandi decidiu abandonar a viagem e assumir a função informalmente, passando a morar em uma antiga estação de rádio militar da Segunda Guerra Mundial.

Ele já havia recebido um aviso para deixar a ilha em 2017, após a aquisição de Budelli pelo Estado, mas sempre contou com mobilizações populares por meio de abaixo-assinados para impedir o despejo.

A administração do Parque Nacional do Arquipélago La Maddalena pretende demolir todas as construções abusivas na ilha e construir um observatório ambiental. (Ansa)

Deixa o seu comentário:

Mais de Italianismo

Turismo

Após o anúncio da reabertura, há um boom de reservas para o verão na Itália: "33% em poucos dias".

Comer e beber

Nova edição do Prêmio Roma seleciona o melhor pão da Itália: aqui estão todos os vencedores

Destinos

Tirreno, o mar que banha a famosa ilha italiana de Capri é único. E fazer uma seleção das suas melhores ilhas certamente não é tarefa...

Destinos

A Itália é rica em fenômenos naturais espalhados por toda a bota e incluindo as ilhas.  Deixa o seu comentário:

Cotidiano

O The Guardian elegeu as Dolomitas e a Sardenha como os melhores destinos em 2020. Deixa o seu comentário:

Destinos

Svelato, uma ilha particular na Sicília, é um dos lugares favoritos de William e Kate.  Deixa o seu comentário:

Cotidiano

Vulcão na Itália entrou em erupção na noite de domingo. Veja as imagens. Deixa o seu comentário:

Negócios

Sul da Europa continua atraente para os investidores estrangeiros. Americanos lideram a busca por comprar casa na Itália Deixa o seu comentário:

2016-2021 – Permitida a reprodução de qualquer conteúdo desde que citado, obrigatoriamente, o Italianismo.