Siga o Italianismo

Olá, o que deseja procurar?

ItalianismoItalianismo

Cotidiano

Parque veta uso de smartphones por visitantes na Itália

Parque italiano torna-se o primeiro do país a proibir o uso dos aparelhos e das ferramentas tecnológicas

visitantes na Itália
Parque veta uso de smartphones por visitantes na Itália

Um parque na região da Sicília, no sul da Itália, decidiu proibir o uso de telefones celulares para crianças e adultos, na tentativa de promover um ambiente destinado ao convívio social.   

Na entrada do parque infantil de Balestrate, na província de Palermo, os visitantes são convidados a colocarem seus smartphones nas gavetas de um armário antes de acessar o local.   

“Este parque foi criado com o objetivo de enviar um sinal, a pais e filhos, de atenção e cuidado com os bens públicos. Não utilizar as redes sociais e smartphones significa refletir sobre a importância da realidade que nos rodeia, redescobrindo os valores autênticos da vida. Nas palavras do papa Francisco, é um convite a ser mais social”, explicou um dos idealizadores do projeto, Riccardo Vescovo.   

Com a decisão, o parque italiano torna-se o primeiro do país a proibir o uso dos aparelhos e das ferramentas tecnológicas para conversar ou se manter ativo nas redes sociais.   

O projeto foi criado e promovido pela associação de Pais Balestrate, que comanda a reforma há 5 anos, logo depois de o antigo parque ter sido totalmente destruído e transformado em parque de estacionamento.   

Parque Aldo Moro | Ansa

A área pertence à escola de ensino fundamental Aldo Moro, tem cerca de mil metros quadrados e é cercada, o que garante total segurança para as crianças da região.   

Segundo a presidente da Associação de Pais de Balestrate, Piera Testaverde, a medida é “uma ótima notícia” para crianças e pais”. “Os pequenos têm muito cuidado para seguir a proibição, até os adultos acham prazeroso desligar por algumas horas.   

Também incluímos jogos do passado para incentivar avós e crianças a estarem juntos”, concluiu a italiana.   

A estrutura foi construída graças à doação de 30 mil euros em donativos de cidadãos e empresas e de um empréstimo de 40 mil euros feito junto ao conselheiro regional para as políticas sociais, em colaboração com a prefeitura e com o instituto Rettore Evola.   

Além disso, dezenas de artesãos, profissionais locais, voluntários e especialistas participaram da iniciativa para garantir a máxima acessibilidade e inclusão. (ANSA)

Siga o Italianismo no Instagram

Deixa o seu comentário:

Destaques do editor

Estilo de vida

Por que não adotar o sobrenome do seu marido na Itália: Entenda os motivos.

Cotidiano

Pontremoli lança programa “Residentes do Futuro” para estimular novos moradores.

Cidadania Italiana

Congresso terá presença de figuras relevantes do judiciário italiano, do Ministério do Interior e da Procuradoria Geral do Estado

Comer e beber

Verdade ou mito: Os italianos realmente comem pasta todos os dias?

Cidadania Italiana

Especialistas se reúnem em Padova para discutir os desafios e implicações da cidadania italiana para descendentes.

Cidadania Italiana

Da Itália à Espanha: A jornada de Riccardo Consoli em busca de um futuro mais acolhedor.

Cidadania Italiana

Brasil destaca-se como o 4º país com mais cidadãos adquirindo nacionalidade italiana.

Cidadania Italiana

O ius soli é um problema falso, não é necessário: os números desconstroem a narrativa da esquerda, segundo jornalista.

Cotidiano

Enel mancha a reputação italiana no Brasil devido a constantes falhas no fornecimento de energia em São Paulo

Cotidiano

Porta critica atuação governamental na demora e ineficácia das negociações do Acordo de Conversão de CNH entre o Brasil e a Itália

Variedades

A idade média em que os italianos se tornam pais tem aumentado ao longo dos anos.

Economia

Tesla explora potencial da fabricação de veículos elétricos na Itália: Caminhões e vans na pauta, dizem jornais