Siga o Italianismo

Olá, o que deseja procurar?

ItalianismoItalianismo

Cidadania Italiana

Medo do Brexit levou britânicos a pediram outro passaporte da UE

Em 2017, 14.911 britânicos pediram outra nacionalidade comunitária, aumentando em 127% o número de 2016

Os cidadãos britânicos protagonizaram o maior aumento na procura pela cidadania de outro país da União Europeia, em 2017, relativamente ao ano anterior, segundo dados da Eurostat, divulgados na quarta-feira passada (06).

Durante o ano de 2017, de acordo com as estatísticas da organização estatística da Comissão Europeia, preocupados com o resultado do Brexit, 14.911 britânicos pediram outra nacionalidade comunitária, aumentando em 127% o número do ano anterior, 2016, quando se realizou o referendo para a saída do Reino Unido da União Europeia. Os cidadanias mais buscadas pelos britânicos foram alemã, francesa e belga.

Portugal teve a quarta maior taxa de naturalização (a relação entre o número de pessoas que pede a nacionalidade de um país durante um ano e o número de residentes estrangeiros nesse país no início do ano), depois da Suécia, Romênia e Finlândia.

Em toda a União Europeia, 825 mil cidadãos pediram a cidadania de um Estado-Membro. Número abaixo dos 995 mil em 2016. A maioria (83%) das pessoas que pediu essa nacionalidade era originária de fora da União Europeia ou era apátrida, sendo Marrocos o país de origem mais comum (67.900 pessoas), seguido da Albânia e da Índia.

Os brasileiros ocuparam a oitava colocação, com 21.6o0 pedidos de dupla cidadania nos 28 países da União Europeia (46% solicitaram a cidadania italiana; 28,2% em Portugal; e 6% na Espanha).

Entre os países da União Europeia, os países com maiores pedidos de passaportes de outras nacionalidades comunitárias foram a Romênia (29.900, mais de metade adquirindo cidadania italiana) e a Polônia (22.000, com dois em cada três a pedir o passaporte britânico ou alemão).

Por outro lado, 11.200 italianos pediram a dupla cidadania em países como a Alemanha, no Reino Unido e na Bélgica.

O país com taxa de naturalização mais elevada foi a Suécia (8,2 passaportes concedidos por 100 estrangeiros residentes), seguido da Romênia (5,9), Finlândia (5,0) e Portugal (4,5).

E aí, gostou do artigo? Então compartilhe nas suas redes sociais e traga seus amigos, colegas e seguidores para a discussão. Em caso de dúvidas a respeito do assunto, não hesite em deixar seu comentário.

Deixa o seu comentário:

Mais de Italianismo

Cotidiano

Proibição abre exceção para residentes no país europeu. Não há previsão para flexibilizar normas

Cotidiano

Relatos dão conta de tratamento hostil de funcionários britânicos, possivelmente devido à “interpretação errada” das novas regras pós Brexit.

Cotidiano

Itália prorroga medidas restritivas para viajantes do Brasil devido à covid.

Cotidiano

Futuro do turismo dependerá do reconhecimento dos imunizantes de China e Rússia por destinos mais populares.

Cidadania Italiana

A cidadania italiana pode abrir portas em diversas situações, como a facilidade em trabalhar e estudar no Exterior

Cotidiano

O Green Pass será lançado na Europa a partir de 1º de junho, antes da data programada.

Cidadania Italiana

A Itália continua sendo o país com o 4º passaporte mais poderoso do mundo, segundo o ranking Henley Passport Index.

Cidadania Italiana

Cerca de 23.500 brasileiros adquiriram uma nacionalidade europeia – 73% optaram pela cidadania italiana ou portuguesa, segundo o Eurostat

Destinos

Certificado sanitário indica se o portador foi vacinado, se já recuperou da doença, ou se teve resultado negativo nos testes. Será "em formato eletrônico...

Cotidiano

Governo britânico está pronto para pagar 2 mil libras aos cidadãos da UE que queiram abandonar o país.

Destinos

A vacinação contra o covid-19 será o passaporte mais poderoso do mundo em 2021. Deixa o seu comentário:

Cotidiano

Em 2021, o Brexit será uma realidade, mas o que muda para os italianos que querem viajar, estudar ou trabalhar no Reino Unido? Deixa...