Siga o Italianismo

Olá, o que deseja procurar?

ItalianismoItalianismo

Estilo de vida

OCDE: Itália tem melhor equilíbrio entre trabalho e bem-estar

Itália é o melhor país para quem busca equilíbrio entre trabalho e bem-estar; confira o ranking da OCDE.

Itália trabalho bem-estar
Itália tem melhor equilíbrio entre trabalho e bem-estar, diz ranking da OCDE

A Itália é o melhor país para quem busca equilíbrio entre trabalho e bem-estar. É o que diz o relatório da OCDE, a Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico, referente ao ano de 2022.

Entre os oito países em que as pessoas mais desfrutam desse equilíbrio, a Itália é a melhor colocada. Apenas 3% dos funcionários trabalham mais de 50 horas por semana. Além disso, os italianos dedicam de 16,5 horas, em média, ao tempo “livre”. Veja os melhores colocados: 

  1. Itália
  2. Dinamarca
  3. Noruega
  4. Espanha 
  5. Holanda 
  6. França
  7. Suíça
  8. Alemanha 

Encontrar o equilíbrio entre a vida profissional e pessoal tornou-se uma importante questão a ser considerada no contexto pós- pandemia.

Ter horários disponíveis para lazer e atividades pessoais e, ao longo do dia, desempenhar as funções profissionais é o que muitos trabalhadores desejam.

De acordo com a Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) , a harmonia entre a vida pessoal e a profissional é vista com maior ênfase em países da Europa.

Segundo o relatório, “as evidências sugerem que longas horas de trabalho podem prejudicar a saúde pessoal, comprometer a segurança e aumentar o estresse”.

Países com a melhor relação entre trabalho e bem-estar

De acordo com ranking da OCDE ― que elencou 41 países entre membros e potenciais, como África do Sul, Brasil e Rússia ― 10% dos trabalhadores trabalham 50 horas ou mais por semana. Por outro lado, são utilizadas 15 horas, em média, para atividades pessoais. 

Como critério para o ranqueamento dos países, contaram-se a relação entre horas trabalhadas e de lazer ao longo de 24h, em uma escala de 0 a 10. 

Ainda no ranking, o México é o país em que os profissionais trabalham mais horas por dia. Cerca de 27% dos mexicanos possuem jornada superior a 50 horas semanais, seguidos de Turquia (25%) e Colômbia (24%). 

O Brasil ocupa o 27º lugar no ranking, apesar da média de trabalho semanal estar abaixo da média geral da OCDE.

Cerca de 6% dos brasileiros trabalham muitas horas; por outro lado, também dedicam menos horas ao lazer: um pouco mais de 14 horas, enquanto a média da OCDE é de 15 horas.

Siga o Italianismo no Instagram

Deixa o seu comentário:

Destaques do editor

Destaque do Editor

O ranking mostra o posicionamento, o número de famílias e o número de municípios em que os sobrenomes italianos estão espalhados.

Cotidiano

Prefeito perde batalha contra ítalo-brasileiros: A lei falou mais alto. Parece que o jogo virou, não é mesmo, senhor prefeito?

Destaque do Editor

A transmissão da cidadania italiana jure sanguinis pode ser comprovada por qualquer meio, diz a Corte de Cassação da Itália

Cidadania Italiana

Ao contratar um advogado para processo de cidadania italiana, opte por um que mantenha representante no Brasil.

Cidadania Italiana

Cidadania italiana irregular: 92 cidades da província de Nápoles entram em investigação.

Cidadania Italiana

Silmara Fabotti, líder de esquema de cidadania italiana falsa, planejava fugir da Itália, relata juiz.

Cidadania Italiana

Descaso com o Codice Fiscale: Conselheiro do CGIE denuncia "Gaming the System" nos consulados.

Cidadania Italiana

A crescente diáspora italiana: Migração em massa em busca de melhores oportunidades e realização pessoal.

Cidadania Italiana

Passaporte em todo lugar: A partir de julho, correios italianos facilitam renovação e emissão

Itália no Brasil

Um voo histórico de solidariedade: A ajuda humanitária da Itália ao Rio Grande do Sul.

Itália no Brasil

Aviso por correio convoca os eleitores para participarem das eleições do Parlamento Europeu de 2024.

Cidadania Italiana

Investigação revela esquema de corrupção envolvendo falsos certificados de residência em troca de dinheiro e favores sexuais.