Siga o Italianismo

Olá, o que deseja procurar?

ItalianismoItalianismo

Cotidiano

Itália é invadida por tênis azuis e amarelos

lidl italia
Rede de supermercados alemã Lidl lançou sua linha de calçados e quebrou a internet

Rede de supermercados Lidl lançou sua linha de calçados e quebrou a internet

Se você segue algum grupo italiano na internet já viu alguma publicação, bem humorada, dos tênis azuis e amarelos do Lidl.

Ação Contra as filasAção Contra as filas

Nesta terça-feira (17), por toda a Itália, a popular rede de supermercados Lidl foi invadida, apesar das proibições de ajuntamentos. 

O motivo? A venda de uma linha de tênis azuis e amarelos com a marca da cadeia de supermercados europeia, ao preço de 12,99 euros – cerca de R$ 85.

Um fenômeno que começou na Alemanha, Finlândia, Bélgica e Grã-Bretanha. 

Entre os divertidos memes e alvoroço nas lojas, ficou claro que o sucesso foi baseado em uma estratégia de marketing vencedora.

Primeiro-ministro Giusepe Conte foi alvo da brincadeira

Os produtos de uma edição limitada – que envolvem tênis, chinelos, meias e camisetas – foram esgotados em poucas horas e a própria Lidl não confirma se eles estarão disponíveis novamente

No Ebay, o preço inicial começa em alguns casos a partir do valor real dos tênis, mas chega também aos milhares de euros


LEIA TAMBÉM

200

Deixa o seu comentário:

Publicidade

Série

Rádio e TV italiana

Siga o Italianismo

Destaques do editor

Cotidiano

Pesquisa feita pela Altroconsumo ouviu cerca de 10 mil consumidores em toda a Itália

Comer e beber

Quais são os melhores supermercados para os italianos? O ranking: Esselunga e redes locais na liderança

Economia

Geladeiras inteligentes conquistam terreno fértil em Milão Deixa o seu comentário:

Vida & Estilo

Luzes baixas e equipes treinadas são alguns dos cuidados que este espaço terá Deixa o seu comentário:

Comer e beber

Já a partir das 8 da manhã, uma hora antes da abertura, as filas se formam esperando para entrar Deixa o seu comentário:

Economia

Se depender da Microsoft e dos italianos, os supermercados feios que conhecemos estão com os dias contados. Deixa o seu comentário: