Siga o Italianismo

Olá, o que deseja procurar?

ItalianismoItalianismo

Comer e beber

Governo italiano quer o ‘espresso’ como patrimônio da humanidade

A Itália é o recordista mundial em número de patrimônios Unesco, com 58 locais ou tradições reconhecidas

italiano espresso patrimônio humanidade
Governo italiano quer o 'espresso' como patrimônio da humanidade | Image Bank

Quem já tomou um legítimo espresso italiano vai confirmar: a bebida é sim um patrimônio da humanidade.

Com ou sem açúcar, mais curto ou mais comprido, o hábito de beber um café expresso foi uma invenção social revolucionária no final do século XIX.

Agora, o governo italiano vai submeter novamente uma candidatura para que o café expresso seja considerado patrimônio imaterial da humanidade pela UNESCO.

O secretário de Estado da Agricultura, Gian Marco Centinaio argumentou em comunicado que o café expresso é “muito mais do que uma simples bebida” e faz parte da história gastronômica italiana.

Não é a primeira vez que o café expresso, que foi popularizado pelos italianos, participa de uma candidatura. Em 2017 ele perdeu a disputa para a pizza napolitana, que agora está na lista dos patrimônios imateriais da agência das Nações Unidas.

Para Centinaio, o café expresso é “um ritual autêntico e uma expressão da nossa sociedade que nos distingue do mundo”.

As candidaturas podem ser submetidas até ao final do mês de março, mas o governo de Itália já se antecipou e já colocou o café expresso para a lista de considerações da UNESCO.

Segundo o Instituto Italiano do Café, o mercado do café expresso vale 4 bilhões de euros na Itália e mais de 90% dos italianos bebem pelo menos um café por dia.

O café expresso foi inventado em Turim, no norte de Itália, no final do século XIX. Com ou sem açúcar, café era uma mera bebida, mas a criação do formato expresso, tomado numa pequena xícara de porcelana, tornou o ato numa ocasião social, que se mantém.

O Instituto italiano até tem nas suas diretrizes o tempo ideal para a espuma no topo do expresso, espessura, temperatura e cor – que está eloquentemente descrita como “de castanho-avelã a preto escuro e caraterizada por reflexos pardos”.

Siga o Italianismo no Instagram

Deixa o seu comentário:

Destaques do editor

Destaque do Editor

O ranking mostra o posicionamento, o número de famílias e o número de municípios em que os sobrenomes italianos estão espalhados.

Cotidiano

Prefeito perde batalha contra ítalo-brasileiros: A lei falou mais alto. Parece que o jogo virou, não é mesmo, senhor prefeito?

Destaque do Editor

A transmissão da cidadania italiana jure sanguinis pode ser comprovada por qualquer meio, diz a Corte de Cassação da Itália

Cidadania Italiana

Ao contratar um advogado para processo de cidadania italiana, opte por um que mantenha representante no Brasil.

Cidadania Italiana

Cidadania italiana irregular: 92 cidades da província de Nápoles entram em investigação.

Cidadania Italiana

Silmara Fabotti, líder de esquema de cidadania italiana falsa, planejava fugir da Itália, relata juiz.

Cidadania Italiana

Descaso com o Codice Fiscale: Conselheiro do CGIE denuncia "Gaming the System" nos consulados.

Cidadania Italiana

A crescente diáspora italiana: Migração em massa em busca de melhores oportunidades e realização pessoal.

Cidadania Italiana

Passaporte em todo lugar: A partir de julho, correios italianos facilitam renovação e emissão

Itália no Brasil

Um voo histórico de solidariedade: A ajuda humanitária da Itália ao Rio Grande do Sul.

Itália no Brasil

Aviso por correio convoca os eleitores para participarem das eleições do Parlamento Europeu de 2024.

Cidadania Italiana

Investigação revela esquema de corrupção envolvendo falsos certificados de residência em troca de dinheiro e favores sexuais.