Siga o Italianismo

Olá, o que deseja procurar?

ItalianismoItalianismo

Vida & Estilo

Estudo mostra que italianos têm ideias equivocadas sobre imigrantes

Maioria pensa que a taxa de estrangeiros no país é de 30%, quando na realidade é de 8%

Por Gina Marques

Um relatório da comissão parlamentar da Itália sobre intolerância, xenofobia e racismo, divulgado em 6 de julho, mostra que uma parcela da população acredita que há mais imigrantes no país do que mostram as estatísticas.

Segundo a pesquisa, a maioria dos italianos pensa que a taxa de imigrantes no país é de 30%, quando na realidade é de 8%. O mesmo estudo revela que cerca de 56,4% dos italianos acreditam que há muitos imigrantes e 52,6% pensam que o aumento do número de imigrantesfavorece a difusão da criminalidade e do terrorismo.

Um outro relatório, divulgado pela associação Antigone, que defende os direitos humanos e garantias do sistema penitenciário, também contraria a ideia de que a maior parte dos delinquentes é estrangeira.

O documento conclui que o número de detentos estrangeiros na Itália caiu pela metade nos últimos 10 anos. Esses 13.490 presos não-europeus representam 22,9% do total de prisioneiros.

Outro dado interessante é em relação à Previdência Social na Itália. Segundo o organismo, com o baixo índice de natalidade do país, a presença do imigrante regular, que trabalha e paga impostos, será fundamental para pagar a previdência dos idosos.

CASOS DE AGRESSÕES RACISTAS

O ministro do Interior, Matteo Salvini, líder do partido de extrema-direita e ultranacionalista Liga, nega um aumento do número de agressões racistas no país, apesar de alguns casos terem sido destaque na imprensa nos últimos tempos.

Um deles é o ataque contra a campeã italiana de lançamento de discos, Daisy Osakue, de origem nigeriana. Ela foi atingida no olho por um ovo atirado de um carro em movimentomas o Ministério Público negou o cunho racista do episódio.

Na Itália, não há estatísticas oficiais sobre crimes de racismo e xenofobia nos últimos dois meses. O único dado disponível é o estudo do jornalista Luigi Mastrodonato, que publicou um mapa interativo com todas as últimas agressões.

Segundo ele, desde 1° de junho, dia em que o novo governo formado pela Liga e pelo Movimento 5 Estrelas tomou posse, foram 30 agressões físicas racistas, uma média de uma a cada dois dias.

Notícia publicada originalmente por Folha 

E aí, gostou do artigo? Então compartilhe nas suas redes sociais e traga seus amigos, colegas e seguidores para a discussão. Em caso de dúvidas a respeito do assunto, não hesite em deixar seu comentário.

Deixa o seu comentário:

Publicidade

Série

Rádio e TV italiana

Siga o Italianismo

Mais de Italianismo

Cidadania Italiana

Acredita-se que o La Veloce teria transportado cerca de 30 milhões de pessoas em quase 50 anos

Cidadania Italiana

País do sudoeste europeu virou o destino dos que buscam driblar a restrição da entrada de brasileiros na Itália.

Cidadania Italiana

País virou a rota dos que buscam driblar a restrição da entrada de brasileiros na Itália

Cotidiano

Sobrenomes italianos estão presentes nos cargos públicos mais importantes do Brasil

Itália no Brasil

A primeira homenagem do Italianismo para a comunidade italiana no Brasil foi em 2016

Itália no Brasil

21 DE FEVEREIRO: DIA DE CELEBRAR A IMIGRAÇÃO ITALIANA NO BRASIL

História

Em Gênova, na Itália, nasce o Museu Nacional da Emigração Italiana

Cotidiano

Governo britânico está pronto para pagar 2 mil libras aos cidadãos da UE que queiram abandonar o país.

Cotidiano

Cinco estrangeiros explicam o que os levou a se mudar para a Itália.

Cotidiano

Ministro da Saúde assinou ordem que proíbe voos do Brasil e entrada de quem tenha transitado pelo país nos últimos 14 dias.

Cidadania Italiana

Relatório mostra que Portugal é um dos lugares mais amigáveis ​​para imigrantes. A Itália é a 8ª.

Itália no Brasil

“Mulheres e migração”, série do Museu da Imigração, vai destacar o processo migratório vivenciado pelas figuras femininas ao longo do tempo. Deixa o seu...