Siga o Italianismo

Olá, o que deseja procurar?

ItalianismoItalianismo

Cidadania Italiana

Desvendando 10 mitos sobre a cidadania italiana

Desvendando 10 mitos comuns sobre a cidadania italiana: Conheça a verdade.

mitos cidadania italiana
Desvendando 10 mitos sobre a cidadania italiana

Na busca pelo reconhecimento da cidadania italiana, muitas informações equivocadas circulam e podem gerar confusão. Desvendamos 10 mitos frequentes e apresentar a realidade por trás de cada um deles.

Mito 1: Para reconhecer a cidadania italiana preciso abrir mão da brasileira

Realidade: Diferentemente do que se pensa, não é necessário abrir mão da cidadania brasileira para obter a italiana. Ambas podem coexistir, conforme estabelecido pelo artigo 12 da Constituição Brasileira.

Mito 2: A cidadania italiana tem limite de gerações para transmissão

Realidade: Não há limite de gerações para transmissão da cidadania italiana. Desde que os requisitos sejam cumpridos, bisnetos, trinetos e além podem pleitear o reconhecimento, conforme a Lei italiana nº 555/1912.

Mito 3: Posso perder alguma das minhas cidadanias?

Realidade: O reconhecimento da cidadania italiana não afeta outras cidadanias. Você pode manter todas as suas nacionalidades, conforme a Convenção de Viena sobre Direito dos Tratados.

Mito 4: O reconhecimento na Itália deve ser feito no comune do antepassado

Realidade: Não é obrigatório realizar o processo de reconhecimento na cidade de origem do antepassado italiano. O procedimento pode ser feito em qualquer Comune na Itália, conforme previsto pelo Decreto do Presidente da República nº 572/1993. Porém, se o processo foi realizado por meio de ação judicial, a transcrição da certidão de nascimento do interessado deve ser feita obrigatoriamente no comune do antepassado.

Mito 5: Mulheres na linha de transmissão fazem você perder seu direito a cidadania italiana?

Realidade: Até 1983, filhos de mulheres italianas nascidos antes de 1948 enfrentavam restrições para ter a cidadania italiana reconhecida, devido a uma falha legislativa.

Apenas em 1975 e 1983, a Corte Suprema da Itália anulou essa regra por ser anticonstitucional. Porém, para casos anteriores a 1948, a interpretação administrativa manteve restrições.

Assim, descendentes de mulheres nascidos antes desta data ainda precisam seguir via judicial para obter a cidadania italiana.

Mito 6: Preciso corrigir o nome e o sobrenome do italiano e dos descendentes em todas as certidões

Realidade: Não é sempre necessário corrigir nomes e sobrenomes em todas as certidões. A precisão é importante, mas pequenas divergências podem ser aceitas, seguindo as diretrizes do Código Civil Italiano.

Mito 7: Preciso ter o sobrenome do antecedente italiano

Realidade: Ter o mesmo sobrenome do antepassado não é uma exigência. O que importa é comprovar o vínculo genealógico, ou seja, o vínculo de sangue.

Mito 8: É possível aproveitar a documentação de um parente italiano

Realidade: Documentos de parentes italianos podem ser aproveitados, mas é essencial verificar se são válidos e estão atualizados, em conformidade com as regras da Administração Pública Italiana.

Mito 9: Meus pais precisarão reconhecer as suas cidadanias antes de mim

Realidade: Não é obrigatório que os pais reconheçam a cidadania antes dos filhos. Cada pessoa pode buscar o reconhecimento individualmente, conforme a Lei Italiana nº 91/1992.

Mito 10: É mais vantajoso executar o processo em uma Comune pequena

Realidade: O tamanho do Comune não influencia a validade do processo. Pelo contrário, um Comune pequena geralmente sofre da falta de servidores e, em muitos casos, os colaboradores têm pouca experiência em assuntos relacionados à cidadania italiana.

Além disso, em cidades pequenas, pode haver escassez de imóveis para locação. Portanto, a escolha não deve se basear apenas no tamanho do Comune, mas sim na experiência e eficiência do processo oferecido.

Foto: Depositphotos

Siga o Italianismo no Instagram

Deixa o seu comentário:

Destaques do editor

Itália no Brasil

Programa percorre cidades brasileiras para mostrar a influência e o legado do povo italiano no país.

Cidadania Italiana

Projeto de Lei no Senado Italiano gera debate sobre possíveis mudanças na cidadania italiana.

Cidadania Italiana

Val di Zoldo: Desafios administrativos, protestos e o embate com a cidadania ítalo-brasileira.

Cotidiano

Facilite sua vida na Itália em 2024 com esses 16 aplicativos essenciais.

Cotidiano

Itália desafia limites: Quer a construção da ponte suspensa mais longa do mundo.

Cidadania Italiana

Subsecretário italiano afirma que a Lei 91 de 92, que rege a cidadania no país, está adequada e não deve ser alterada.

Destinos

Preparando o terreno: estratégias inteligentes para economizar nas reservas de voos para a Itália.

Arte & Cultura

Russell Crowe revela orgulho por suas raízes italianas durante o Festival de Sanremo.

Cidadania Italiana

A italianidade que corre nas veias: por que limitar o direito à cidadania?

Estilo de vida

Descubra as razões por trás da diferença entre o Dia dos Namorados no Brasil e na Itália.

Cotidiano

Deputado Fabio Porta insta governo italiano a agir com urgência no acordo de conversão de CNH com o Brasil.

Itália no Brasil

Estação 'Nova Vicenza', símbolo intocado da imigração italiana, ganha destaque nas páginas do Il Giornale di Vicenza