Siga o Italianismo

Olá, o que deseja procurar?

ItalianismoItalianismo

Cidadania Italiana

Crise no Brasil aumenta o sonho da dupla cidadania

dupla cidadania
Processo de reconhecimento de dupla cidadania pode ampliar as chances para o mercado de trabalho e a qualificação acadêmica

Dupla cidadania é o caminho mais curto para fugir das constantes crises brasileira

A abertura de novas portas para o mundo tem levado muitas pessoas a buscarem reconhecimento de dupla cidadania.

Mais que a aquisição de um novo passaporte, o processo pode ampliar as chances para o mercado de trabalho, a qualificação acadêmica e ainda promover uma reaproximação familiar.

De acordo com especialistas, é mais um caminho para fugir da crise atual brasileira. Os consulados da Itália e de Portugal estão entre os que recebem a maior demanda por dupla cidadania.

O quadro se reflete também no Nordeste, onde são registrados cerca de 600 pedidos por ano. Para obter o título, é necessária a existência de vínculos com estrangeiros.

Apesar do longo trabalho para reunir documentos, o que implica em peso no bolso, a prática tem se mostrado promissora.

Através dos mecanismos convencionais, os interessados acionam as embaixadas mais próximas e podem enfrentar filas de até dez anos.

Itália e Portugal

Quem tem pressa, pode dar entrada diretamente nos países de seu interesse, reduzindo esse intervalo para a média de seis meses em Portugal e em até três meses na Itália.

De acordo com organizações internacionais, cerca de 200 mil brasileiros já conseguiram a cidadania italiana.

E mais de 500 mil ainda aguardam o sinal verde daquele país. O fluxo médio é de até 50 pedidos por mês.

No apanhado geral, a mais requisitada ainda é a norte-americana, chegando a marca de 10 milhões de pessoas, nos últimos dez anos. Para quem não tem laços de sangue, o casamento é a forma de encurtar o caminho. 

Quem consegue o documento pode fixar moradia ou exercer atividade remunerada nos 27 países da comunidade europeia. Cobertura em uma rede médica e a segurança previdenciária encabeçam a lista.

Dupla cidadania

A assistente social Tereza Santoianni, 57 anos, por exemplo, sentiu os benefícios. “Os meus irmãos viajaram para trabalhar e acabaram ficando. Já os meus filhos fizeram cursos importantes que não encontrariam por aqui. Eles impõem muitos obstáculos, mas é preciso ser persistente. As vantagens são inúmeras”, avaliou.

O professor de Relações Internacionais da Faculdade Damas, Maurício Wanderley, explicou que é preciso ficar alerta.

“Ainda são poucas as empresas focadas nessa área, exigindo cautela para não cair em golpes de atravessadores. É imprescindível uma análise apurada. Cada país tem regras diferentes para a aprovação”, orientou.

Ainda conforme o consultor, após a chancela de cidadão, homens e mulheres passam a desfrutar dos mesmos direitos e obrigações de quem é natural, incluindo também a aposentadoria, atendendo os requisitos legais.

(Com informações de Marcílio Albuquerque/Folha de Pernambuco)

LEIA TAMBÉM

Siga o Italianismo no Instagram

Deixa o seu comentário:
1 Comment

1 Comment

  1. auto detailing gladstone, mo

    12 de março de 2022 at 12:42

    Awesome article.Really thank you! Great.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Destaques do editor

Cotidiano

Pontremoli lança programa “Residentes do Futuro” para estimular novos moradores.

Cidadania Italiana

Congresso terá presença de figuras relevantes do judiciário italiano, do Ministério do Interior e da Procuradoria Geral do Estado

Cidadania Italiana

Especialistas se reúnem em Padova para discutir os desafios e implicações da cidadania italiana para descendentes.

Cidadania Italiana

Da Itália à Espanha: A jornada de Riccardo Consoli em busca de um futuro mais acolhedor.

Cotidiano

Porta critica atuação governamental na demora e ineficácia das negociações do Acordo de Conversão de CNH entre o Brasil e a Itália

Cotidiano

Enel mancha a reputação italiana no Brasil devido a constantes falhas no fornecimento de energia em São Paulo

Economia

Tesla explora potencial da fabricação de veículos elétricos na Itália: Caminhões e vans na pauta, dizem jornais

Cidadania Italiana

Quase 214.000 pessoas tornaram-se cidadãos italianos em 2022, tornando a Itália o país da UE com o maior número de pedidos de cidadania concedidos.

Cotidiano

Estudo assoalhar quantos estrangeiros vivem em Verona e nos municípios da província.

Arte & Cultura

Exposição traz 180 fotos de viagem por diversas facetas das ‘galáxias das migrações’

Viagem e Turismo

Prefeito também justificou nova taxa de acesso à cidade.

Cotidiano

O Ministério do Interior da Itália reforçou neste sábado (23) a segurança em diversos pontos do país.