Siga o Italianismo

Olá, o que deseja procurar?

ItalianismoItalianismo

Comer e beber

Cresce a solidariedade italiana: “Quem tem, põe. Quem não tem, pega”

Frase de São Giuseppe Moscati virou o símbolo da solidariedade em tempos de coronavírus 

Morador retira alimentos deixados por solidários no centro de Nápoles | Foto: Repubblica

Em meio a uma emergência da pandemia do coronavírus, a sensibilidade dos italianos está aumentando. Carrinhos lotados de produtos de necessidades básicas. Bancas cheias de pacotes de macarrão, leite e arroz para ajudar as famílias carentes. Sacos de frutas e legumes em frente às lojas. Mas também de pão e pizza.

“Pão grátis” está escrito em uma folha de papel presa com fita adesiva em uma caixa de compras. “Todas as noites, às 19h30, doamos pão e pizza não vendidos para as pessoas necessitadas”, completa o anúncio.

Padaria em Roma deixa pães para os que não podem comprar

A cena acontece em Ostia Lido, um bairro de Roma, mas a generosidade italiana está contagiando todas as partes da Itália.

Em Terni, em frente à escola primária, apareceu uma caixa cheia de produtos alimentícios, incluindo pacotes de macarrão e latas de feijão, com uma placa com folha selada dentro de um envelope transparente e a inscrição: “Chi ha metta. Chi non ha Prenda” (em tradução livre: “Quem tem, põe. Quem não tem, pega”). A frase foi imortalizada pelo napolitano Giuseppe Moscati, um médico, cientista e professor universitário, conhecido por seu trabalho pioneiro em bioquímica, mas também pela sua piedade. Moscati foi canonizado pela Igreja Católica em 1987.

Caixa solidária é deixada em escola de Terni

Em Nápoles, a cidade conhecida por sua solidariedade, todos os dias moradores preparam comida para os moradores de rua e colocam também colocam “panaro” (cestas de vime, tradicionais da cidade) nas varandas dos idosos, que vivem no centro histórico da cidade. A idéia é que ninguém fique desamparado nesta crise do coronavírus, conta Angelo Picone, que, com Pina Andelora, faz a missão diária.

Rapidamente a ideia foi copiada e outras cestas – com comida enlatada, macarrão, pedaços de pão e salames – surgiram no centro histórico napolitano, acompanhadas de mensagens de esperança e o arco-íris, que na Itália representa a paz. Algumas cestas trazem roupas, sabonetes e detergentes. Tudo para amenizar o sofrimento daqueles que sobrevivem dia após dia.

Cestas com alimentos são deixadas para idosos no centro de Nápoles

Para incentivar a coleta de alimentos, várias lojas de Somma Lombardo e Vergiate, na província de Varese, disponibilizam caixas onde é possível deixar macarrão, arroz e outros produtos de longa validade, para depois serem distribuídos para aqueles que precisam.

“Quem pode, deixa de coração. Quem não pode, pegue com amor. Obrigado”, diz o cartaz. A ideia, generosa e espontânea, nasceu de um empresário local, que prometeu continuar com a assistência aos necessitados até o final da emergência do Covid-19.

Alimentos são deixados para moradores de Rometta, na Sicília
Carrinho cheio de mantimentos na frente ao supermercado de Ottaviano, na província de Nápoles

Atualmente, a Itália é o país com o maior números de vítimas do coronavírus: 15.887 no total. Segundo os dados disponibilizados pela Defesa Civil italiana, neste domingo (5), quase 130 mil pessoas foram contaminadas desde o início da pandemia. O país está em quarentena total desde 09 de março.

 

Siga o Italianismo no Instagram

Deixa o seu comentário:

Destaques do editor

Destaque do Editor

O ranking mostra o posicionamento, o número de famílias e o número de municípios em que os sobrenomes italianos estão espalhados.

Destaque do Editor

Descubra como obter a cidadania italiana de forma segura e eficiente!

Estilo de vida

A Festa della Mamma foi introduzida no calendário na década de 1950

Cidadania Italiana

A cidadania italiana de Giovanna Ewbank: uma narrativa de rápido sucesso ou marketing disfarçado?

Cidadania Italiana

Senador Roberto Menia reforça críticas sobre reconhecimento da cidadania italiana no Brasil.

Cidadania Italiana

Cidadania negada: Quando a sobriedade é muito mais que uma questão de etiqueta.

Itália no Brasil

Consulado Geral da Itália em São Paulo: Uma pequena itália na maior metrópole brasileira.

História

Roma: a cidade imponente, erguida sobre os alicerces da história, celebra seu aniversário em 21 de abril

Economia

Consultoria fez estudo sobre taxa de sobrevivência de companhias.

Esporte

Eventos em memória do brasileiro vão durar até o início de junho.

Variedades

Nova illy Art Collection será apresentada na Bienal de Veneza.

Notícias

Grupo era acusado de favorecimento à imigração clandestina