Siga o Italianismo

Olá, o que deseja procurar?

ItalianismoItalianismo

Economia

As 100 maiores marcas italianas em 2024

Relatório Brand Finance Italy 100 de 2024 revela as marcas italianas de maior valor: Gucci lidera

maiores marcas italianas 2024
As 100 maiores marcas italianas em 2024

O valor de uma marca vai além de seus produtos ou serviços. Ele envolve a percepção, a confiança e o reconhecimento que ela tem no mercado global. O relatório Brand Finance Italy 100 de 2024 revela quais são as marcas italianas que mais se destacam em termos de valor de mercado.

Este estudo considera a atratividade das marcas junto aos consumidores e sua contribuição para o valor total da empresa.

Principais destaques da lista

No topo da lista está a Gucci, com um valor de marca estimado em 13,874 bilhões de euros — cerca de 79 bilhões de reais. A maison de moda continua a ser um símbolo de luxo e estilo italiano, conquistando consumidores ao redor do mundo.

Em segundo lugar, subindo duas posições em relação ao ano passado, está a Generali Group.

A Enel ocupa o terceiro lugar com um valor de 10,369 bilhões de euros. Como uma das maiores empresas de energia do mundo, a Enel é crucial para a infraestrutura energética da Itália e de muitos outros países, incluindo o Brasil.

Conhecida por seus carros esportivos de luxo, a Ferrari está em quarto lugar, com um valor de 9,876 bilhões de euros. A marca de Maranello é sinônimo de inovação e desempenho.

Em quinto lugar, a Poste Italiane (a empresa de correios da Itália), com um valor de 8,669 bilhões de euros, continua a ser um pilar no setor de serviços postais e financeiros na Itália.

Outros destaques na lista

No décimo lugar, a Tim, empresa de telecomunicações que tem forte presença no Brasil, possui um valor de 4,838 bilhões de euros. Embora tenha caído duas posições em relação ao ano passado, continua a ser uma força significativa no mercado de telecomunicações.

Famosa por seus carros esportivos de alta performance, a Lamborghini está na 13ª posição, representando a excelência automotiva italiana.

A Kinder, conhecida por seus chocolates e produtos alimentícios, ocupa a 20ª posição, demonstrando a força da marca no setor de bens de consumo.

A lista completa

  1. Gucci – Vestuário
  2. Generali Group – Seguro
  3. Enel – Energia
  4. Ferrari – Automóveis
  5. Poste Italiane – Correios
  6. Eni – Petrolífera
  7. Intesa Sanpaolo – Banco
  8. Conad – Alimento
  9. Prada – Vestuário
  10. Tim – Telefonia
  11. Ray-Ban – Vestuário
  12. Armani – Vestuário
  13. Lamborghini – Automóveis
  14. Barilla – Alimento
  15. Moncler – Vestuário
  16. Unicredit – Banco
  17. Coop – Alimento
  18. Esselunga – Alimento
  19. Ferrovie dello Stato – Transporte
  20. Kinder – Alimento
  21. UnipolSai – Seguro
  22. Bulgari – Vestuário
  23. Edison – Energia
  24. Bottega Veneta – Vestuário
  25. Dolce & Gabbana – Vestuário
  26. Fiat – Automóveis
  27. Leonardo – Aeroespacial
  28. Iveco – Automóveis
  29. Nutella – Alimento
  30. Pirelli – Automóveis
  31. Lavazza – Alimento
  32. Ferrero Rocher – Alimento
  33. Wind Tre – Telefonia
  34. Valentino – Vestuário
  35. Banco BPM – Banco
  36. Fendi – Vestuário
  37. Zegna – Vestuário
  38. Plenitude – Energia
  39. Saipem – Engenharia
  40. a2a – Energia
  41. Salvatore Ferragamo – Vestuário
  42. Rai – Mídia
  43. Maserati – Automóveis
  44. Oakley – Vestuário
  45. Fastweb – Telefonia
  46. Hera – Energia
  47. Webuild – Infraestrutura
  48. Mediaset – Mídia
  49. Nexi – Banco
  50. BPER Group – Banco
  51. Amadori – Alimento
  52. Aperol – Alimento
  53. Fincantieri – Indústria naval
  54. Versace – Vestuário
  55. De’Longhi – Alimento
  56. Reply – Tecnologia
  57. San Pellegrino – Alimento
  58. Beretta – Alimento
  59. Buzzi – Construção
  60. Prysmian – Energia
  61. Galbani – Alimentos
  62. Q8 – Combustível
  63. Mediobanca – Banco
  64. BNL – Banco
  65. Iliad Italia – Telefonia
  66. Parmalat – Alimento
  67. Tod’s – Vestuário
  68. Brunello Cucinelli – Vestuário
  69. Marelli – Automóveis
  70. Martini – Alimento
  71. Banca Mediolanum – Banco
  72. Illy – Alimento
  73. Finecobank – Banco
  74. Peroni – Alimento
  75. Monte dei Paschi di Siena – Banco
  76. Iren – Energia
  77. Terna – Energia
  78. Brembo – Automóveis
  79. Compass – Seguro
  80. Cattolica Assicurazioni – Seguro
  81. Unieuro – Banco
  82. Rana – Alimento
  83. Miu Miu – Vestuário
  84. Tic Tac – Alimento
  85. Calzedonia – Vestuário
  86. Maire – Energia
  87. Fideuram – Banco
  88. Intimissimi – Vestuário
  89. Piaggio – Automóveis
  90. Draka – Indústria
  91. Rio Mare – Alimento
  92. Amplifon – Saúde
  93. Campari – Alimento
  94. Iccrea Banca – Banco
  95. OVS – Vestuário
  96. Autogrill – Alimento
  97. Moretti – Alimento
  98. Italcementi – Construção
  99. Credito Emiliano – Banco
  100. La Doria – Alimento

Valor da marca por setor

  • Vestuário: 25,43%
    • Este setor lidera o ranking, com marcas icônicas como Gucci, Prada, Armani e Valentino, representando mais de um quarto do valor total das principais marcas italianas.
  • Seguro: 11,74%
    • Empresas como Generali Group e UnipolSai destacam-se neste setor, refletindo a confiança e a estabilidade do mercado segurador italiano.
  • Automóveis: 10,04%
    • Marcas mundialmente reconhecidas como Ferrari, Lamborghini e Fiat mostram a força e a inovação da indústria automotiva italiana.
  • Bancário: 9,07%
    • Instituições financeiras como Intesa Sanpaolo, UniCredit e Mediobanca contribuem significativamente para o valor total, mostrando a importância do setor bancário.
  • Serviços de Utilidade Pública: 8,86%
    • Empresas como Enel e Eni são cruciais para a infraestrutura energética da Itália e desempenham um papel vital no mercado global.
  • Alimentos: 7,38%
    • Marcas alimentícias como Barilla, Ferrero e Lavazza representam a rica tradição culinária italiana e sua influência global.
  • Varejo: 6,79%
    • Redes de supermercados e lojas como Coop, Esselunga e Conad são fundamentais para o setor de varejo italiano, oferecendo uma ampla gama de produtos aos consumidores.
  • Gás e Petróleo: 5,09%
    • Empresas como Eni lideram neste setor, destacando-se pela exploração e produção de petróleo e gás.
  • Telecomunicações: 4,13%
    • A Tim, uma das maiores empresas de telecomunicações da Itália, continua a ser um jogador importante, apesar da ligeira queda no ranking.
As 100 maiores marcas italianas em 2024
As 100 maiores marcas italianas em 2024

Siga o Italianismo no Instagram

Deixa o seu comentário:

Destaques do editor

Destaque do Editor

A transmissão da cidadania italiana jure sanguinis pode ser comprovada por qualquer meio, diz a Corte de Cassação da Itália

Cotidiano

Prefeito perde batalha contra ítalo-brasileiros: A lei falou mais alto. Parece que o jogo virou, não é mesmo, senhor prefeito?

Cidadania Italiana

Ao contratar um advogado para processo de cidadania italiana, opte por um que mantenha representante no Brasil.

Cidadania Italiana

Cidadania italiana irregular: 92 cidades da província de Nápoles entram em investigação.

Cidadania Italiana

Silmara Fabotti, líder de esquema de cidadania italiana falsa, planejava fugir da Itália, relata juiz.

Cidadania Italiana

Passaporte em todo lugar: A partir de julho, correios italianos facilitam renovação e emissão

Cidadania Italiana

A crescente diáspora italiana: Migração em massa em busca de melhores oportunidades e realização pessoal.

Cidadania Italiana

Descaso com o Codice Fiscale: Conselheiro do CGIE denuncia "Gaming the System" nos consulados.

Itália no Brasil

Aviso por correio convoca os eleitores para participarem das eleições do Parlamento Europeu de 2024.

Itália no Brasil

Um voo histórico de solidariedade: A ajuda humanitária da Itália ao Rio Grande do Sul.

Cidadania Italiana

Investigação revela esquema de corrupção envolvendo falsos certificados de residência em troca de dinheiro e favores sexuais.

Cidadania Italiana

Rodrigo Faro se defende de acusações de envolvimento em esquema de falsificação de documentos para cidadania italiana