Siga o Italianismo

Olá, o que deseja procurar?

ItalianismoItalianismo

Cotidiano

Venda de casas por 1 € criou uma “pequena América” no sul da Itália

Em Sambuca, na Sicília, é cada vez mais provável passear nas ruas estreitas e ouvir o sotaque norte-americano

Brigitte Dufour
A advogada Brigitte Dufour, fundadora de uma organização de direitos humanos, comprou duas casas abandonadas – uma pequena por € 1.000 e uma maior por € 5.850 | Arquivo pessoal

A Sicília ganhou destaque como um dos primeiros lugares no país a vender casas antigas por um euro.

Agora, segundo a CNN, a região está se tornando em uma espécie de “Pequena América”, depois da onda de norte-americanos que se muram para a cidade de Sambuca após terem adquirido propriedades por uma autêntica pechincha.

A cidade siciliana começou a atrair compradores estrangeiros em 2019 quando começou a vender casas por 1 euro cada. Mais tarde, em julho do ano passado, colocou à venda mais 10 edifícios antigos por um simbólico preço de 2 euros.

 Sambuca foi pioneira na venda de casas por 1 euro | Alamy Stock Photo

Em novembro, altura em que terminou o segundo prazo das candidaturas, o município foi novamente inundado com centenas de pedidos de compradores estrangeiros interessados. As casas acabaram por ser leiloadas, com um valor entre 500 e 7.000 euros.

O vice-prefeito revelou à CNN que quase todos os novos compradores são dos Estados Unidos. “Digamos que quase 80% das pessoas que nos escreveram, se candidataram e participaram neste segundo leilão ou vêm dos Estados Unidos ou são norte-americanas”, disse Giuseppe Cacioppo.

Bairro antigo onde casas abandonadas se alinham nas ruas | Arquivo David Waters

“Há muito interesse por parte dos compradores americanos. A pandemia tem sido um desafio para a realização desta nova venda, mas temos tido sorte. Tudo correu bem”, acrescentou o responsável da autarquia.

David Waters, um empresário de Idaho, quer renovar as suas casas sicilianas recém-adquiridas através de crowdfunding para, depois, doá-las.

David Waters planeja renovar suas residências recém-adquiridas na Sicília e depois doá-las | Arquivo David Waters

“Eu queria criar uma forma de os novos investidores apoiarem comunidades mais pequenas como Sambuca”, justificou o norte-americano. “Quero tornar possível que alguém que deseje realizar o seu sonho de possuir um pedaço da história italiana possa fazer exatamente isso”.

200

Deixa o seu comentário:

Publicidade

Série

Rádio e TV italiana

Siga o Italianismo

Destaques do editor

Cotidiano

As propriedades ficam no sul da Itália e os novos donos precisarão restaurá-las

História

Jill Biden se tornou a primeira ítalo-americana no papel de primeira-dama dos EUA

Cotidiano

O “aventureiro” escolhido pode levar companhia e não paga aluguel por um ano

Destinos

O ponto turístico na Sicília, um dos mais visitados em Itália, foi pintado com um pó vermelho.

Destinos

Comprar casa na Itália por apenas 1 euro é irresistível. Mas compradores precisam cumprir uma série de compromissos

Cotidiano

O prefeito confirmou que o fenômeno provocou a morte de duas pessoas e deixou vários feridos

Cotidiano

Os britânicos pretendem investir na Sicília: 900 casas em 30 cidades pitorescas da ilha

Cotidiano

Projeto de lei é apresentado depois cidades italianas lançarem iniciativas para vender casas por 1 euro

Cotidiano

Três novos índices do Il Sole 24 Ore recompensam as províncias com o melhor contexto de vida por faixa etária

Cotidiano

Em cinco horas, o Sul da Itália somou 39 tremores, quase todos de baixa intensidade, segundo dados do Instituto Nacional de Geofísica. Deixa o...

Comer e beber

Existem quase 40 receitas diferentes de caponata só na área do Mediterrâneo.

Destinos

As belas praias e pratos tradicionais da Puglia conquistam o mundo inteiro. Uma região de paisagens de cartão postal. Deixa o seu comentário: