Siga o Italianismo

Olá, o que deseja procurar?

ItalianismoItalianismo

Destinos

Valleggia: a cidade de 3 habitantes que renasceu com a arte

Valleggia cidade habitantes
Giorgio Sartoretti e suas artes em Valleggia: a cidade de 3 habitantes que renasceu com a arte

No coração do Piemonte, a pequena cidade de Valleggia está lentamente voltando à vida graças à arte: mas ela ainda tem apenas 3 habitantes.

Estamos no Vale Antrona, no norte do Piemonte, a região montanhosa da Itália com encantadoras cidadezinhas que merecem ser descobertas. 

Uma deles é realmente especial: Valleggia, um local repleto de magia.

Emoldurado por uma paisagem exuberante que parece ter saído de um cartão postal, o vilarejo tem um aglomerado de algumas casas quase em ruínas. 

No passado, Valleggia foi uma verdadeira vila independente, dotada de tudo o que permitia uma vida autônoma, longe de outros centros habitados. 

Valleggia | Foto: Ivan Svilpo

Nos anos 1950, com a industrialização dos arredores, a cidade se esvaziou, e restavam apenas algumas casas sem telhados e janelas. 

Mas seu futuro ainda estava por ser escrito: 40 anos após seu despovoamento, a aldeia lentamente voltou à vida. 

Tudo graças a Giorgio Sartoretti, um artista de Domodossola que deixou tudo o que tinha para se aposentar em isolamento quase total.

Tendo encontrado a paz nas montanhas do Vale Antrona, o homem trouxe sua paixão pela pintura para Valleggia e literalmente transformou a pequena vila.

A começar pelo seu pseudônimo: durante anos ele era conhecido como Giorgio da Valeggia, com apenas um “L”, porque inicialmente ele acreditava ser este o nome correto da cidade, e conseguiu um feito espantoso. 

Durante aproximadamente 15 anos, ele foi o único habitante deste local aprazível e remoto. Depois chegaram vários turistas, e alguém se apaixonou pelo incrível ambiente que aqui reina

Hoje são 3 residentes permanentes, mas ocasionalmente há quem se aventure a visitar este lugar mágico.

Uma das atrações mais fascinantes de Valleggia é, sem dúvida, a cabana que Giorgio comprou e restaurou com paciência.

No interior, encontra-se um amplo atelier luminoso e uma sala onde ele expõe as suas obras de arte, um verdadeiro museu aberto para todos os curiosos que por ali passam. 

Graças ao imenso esforço de um único homem (e sua paciência), Valleggia está voltando à vida e seu futuro parece brilhante.

200

Deixa o seu comentário:

Publicidade

Série

Rádio e TV italiana

Siga o Italianismo

Destaques do editor

Comer e beber

Conheça receitas típicas de Páscoa na Itália, de norte a sul.

Cidadania Italiana

Funcionário público estava na folha de pagamento da assessoria, confirmou a polícia italiana

Destinos

O Carnaval tem uma variedade de celebrações ao redor do mundo, mas há uma festa inusitada que "pinta" uma cidade italiana

Destinos

'Pequena Provença': conheça a vila no norte da Itália onde não se fala italiano. Uma joia para os turistas

Comer e beber

A nova classificação dos vinhos italianos mais pesquisados ​​na web: aqui está o Top 100

Cotidiano

Meteorologista alerta para tempestade de neve no Piemonte, Lombardia, Ligúria e Vêneto

Cotidiano

Em amarelo apenas 7 regiões da Itália. Os outros são vermelhos ou vermelho escuro

Cotidiano

Hundred Days, o jogo para aprender a fazer vinho do Langhe piemontês

Comer e beber

Os doces italianos fazem parte da fama da gastronomia do país. Confira receitas famosas para celebrar o Dia do Chocolate, comemorado em 7 de...

Cotidiano

Detidos disseram que o equipamento estava com problema há cerca de um mês e meio e eles falharam em evitar acidente.

Cotidiano

Nas redes sociais, franceses se regozijam com a tragédia em teleférico em Mottarone, no norte da Itália, que matou 14 pessoas.

Cotidiano

Cabine transportava 15 pessoas, 12 adultos e três menores. Um bebê de dois anos teve morte imediata.