Siga o Italianismo

Olá, o que deseja procurar?

ItalianismoItalianismo

Destinos

Coumboscuro: a cidade da Itália onde não se fala italiano

‘Pequena Provença’: conheça a vila no norte da Itália onde não se fala italiano. Uma joia para os turistas

Coumboscuro
Coumboscuro: conheça a vila na Itália onde não se fala italiano

É normal os turistas chegarem a Coumboscuro e questionarem se estão de fato em Itália. A beleza rústica do país mantém-se na pitoresca cidade, mas a confusão surge quando os locais começam a falar — o idioma mais frequente não é o italiano, mas sim o provençal, um dialeto do idioma occitano falado na Provença e na metade oriental de Gard, no sudeste de França.

Ação Contra as filasAção Contra as filas

Localizada perto da fronteira entre a região do Piemonte e a França, chegar até lá não é uma tarefa fácil. Para conseguir visitar a aldeia, precisará desembarcar em Turim, depois pegar um trem e um ônibus, ou pode chegar em Provença e deslocar-se de carro.

Cerca de 30 pessoas vivem atualmente em Sancto Lucio de Coumboscuro, e o quotidiano é atravessado por várias dificuldades. Quando não estão com falhas constantes de energia durante o inverno, os moradores defendem as ovelhas dos lobos que as tentam comer. Além disso, não é um local ideal para influencers, visto que Internet é fraca (ou quase não pega).

No entanto, o ambiente pacato — que se junta às paisagens roxas dos campos de lavanda e aos picos alpinos montanhosos que se estendem até à Côte d’Azur — é perfeito para quem sonha afastar-se do agito do dia a dia urbano.

Esqueça os agitos em bares e restaurantes, ou as compras nos supermercados. As únicas alturas em que a aldeia ganha vida é quando os locais se juntam para eventos folclóricos que foram passando de geração em geração, como a “caça” aos cogumelos.

Coumboscuro: a cidade da Itália onde não se fala italiano
A fazenda La Meiro di Choco, de Agnes Garrone, é também a única pousada em Coumboscuro Imagem: Reprodução/Booking.com

“Não temos uma televisão. Você não sente falta daquilo que nunca teve, em primeiro lugar. Quando falta luz por quinze dias seguidos, não há motivo para entrar em pânico. Nós desenterramos as lamparinas a óleo dos nossos avós”, contou ao veículo Agnes Garrone, pastora e dona da La Meiro di Choco, uma fazenda que também é a única pousada da cidade.

“Estou acostumada a acordar ao amanhecer para cuidar das ovelhas. Trabalho 365 dias por ano, zero férias. Não conheço Natal ou véspera de Ano-Novo, porque durante as festas meus rebanhos precisam ser alimentados e cuidados. É uma vida de sacrifícios, mas é tão recompensadora quando você vê o nascimento de um cordeiro”, conta.

Coumboscuro: a cidade da Itália onde não se fala italiano
Uma amostra do artesanato de Coumboscuro Imagem: Reprodução/Booking.com

Esta frase da jovem de 25 anos mostra uma diferença cultural enorme entre este território e grande parte da Europa que conhecemos. Enquanto que, atualmente, a felicidade se resume a um novo celular ou carro, em Coumboscuro está ligada às coisas mais naturais da vida, como o nascimento de um animal que acaba por se juntar a pouco mais de 30 pessoas que ali habitam em harmonia.

A área onde se encontra Coumboscuro já pertenceu tanto à França quanto à Itália diversas vezes ao longo da história, o que fez com que seus habitantes desenvolvessem uma identidade única, não inteiramente francesa ou italiana. Seu artesanato e os hábitos culinários — entre eles, a fabricação local de cidra — estão entre os traços que mantêm vivos não só o turismo como o imaginário local.

Coumboscuro: a cidade da Itália onde não se fala italiano
Os trajes típicos provençais durante as celebrações pelas ruas de Coumboscuro Imagem: Reprodução/Booking.com

Uma lenda local diz que alguns nativos de Coumboscuros podem curar ossos quebrados e torções no tornozelo. Parte saborosa desta herança são os pratos como “La Mato” ou “o louco“, que mistura arroz, temperos, alho-poró e batatas defumadas; ou o Dandeirols, uma espécie de macarrão caseiro servido com creme branco e nozes.

O calendário das festividades na cidade é disponibilizado na página de seu Centro Cultural, no coumboscuro.org.

200

Deixa o seu comentário:

Publicidade

Série

Rádio e TV italiana

Siga o Italianismo

Destaques do editor

Cotidiano

Cinco regiões do norte de Itália estão em estado de emergência devido à seca

Comer e beber

Conheça receitas típicas de Páscoa na Itália, de norte a sul.

Cidadania Italiana

Funcionário público estava na folha de pagamento da assessoria, confirmou a polícia italiana

Destinos

O Carnaval tem uma variedade de celebrações ao redor do mundo, mas há uma festa inusitada que "pinta" uma cidade italiana

Comer e beber

A nova classificação dos vinhos italianos mais pesquisados ​​na web: aqui está o Top 100

Cotidiano

Meteorologista alerta para tempestade de neve no Piemonte, Lombardia, Ligúria e Vêneto

Cotidiano

Em amarelo apenas 7 regiões da Itália. Os outros são vermelhos ou vermelho escuro

Cotidiano

Hundred Days, o jogo para aprender a fazer vinho do Langhe piemontês

Comer e beber

Os doces italianos fazem parte da fama da gastronomia do país. Confira receitas famosas para celebrar o Dia do Chocolate, comemorado em 7 de...

Cotidiano

Detidos disseram que o equipamento estava com problema há cerca de um mês e meio e eles falharam em evitar acidente.

Cotidiano

Nas redes sociais, franceses se regozijam com a tragédia em teleférico em Mottarone, no norte da Itália, que matou 14 pessoas.

Cotidiano

Cabine transportava 15 pessoas, 12 adultos e três menores. Um bebê de dois anos teve morte imediata.