Siga o Italianismo

Olá, o que deseja procurar?

ItalianismoItalianismo

Destinos

Coumboscuro: a cidade da Itália onde não se fala italiano

‘Pequena Provença’: conheça a vila no norte da Itália onde não se fala italiano. Uma joia para os turistas

Coumboscuro
Coumboscuro: conheça a vila na Itália onde não se fala italiano

É normal os turistas chegarem a Coumboscuro e questionarem se estão de fato em Itália. A beleza rústica do país mantém-se na pitoresca cidade, mas a confusão surge quando os locais começam a falar — o idioma mais frequente não é o italiano, mas sim o provençal, um dialeto do idioma occitano falado na Provença e na metade oriental de Gard, no sudeste de França.

Localizada perto da fronteira entre a região do Piemonte e a França, chegar até lá não é uma tarefa fácil. Para conseguir visitar a aldeia, precisará desembarcar em Turim, depois pegar um trem e um ônibus, ou pode chegar em Provença e deslocar-se de carro.

Cerca de 30 pessoas vivem atualmente em Sancto Lucio de Coumboscuro, e o quotidiano é atravessado por várias dificuldades. Quando não estão com falhas constantes de energia durante o inverno, os moradores defendem as ovelhas dos lobos que as tentam comer. Além disso, não é um local ideal para influencers, visto que Internet é fraca (ou quase não pega).

No entanto, o ambiente pacato — que se junta às paisagens roxas dos campos de lavanda e aos picos alpinos montanhosos que se estendem até à Côte d’Azur — é perfeito para quem sonha afastar-se do agito do dia a dia urbano.

Esqueça os agitos em bares e restaurantes, ou as compras nos supermercados. As únicas alturas em que a aldeia ganha vida é quando os locais se juntam para eventos folclóricos que foram passando de geração em geração, como a “caça” aos cogumelos.

Coumboscuro: a cidade da Itália onde não se fala italiano
A fazenda La Meiro di Choco, de Agnes Garrone, é também a única pousada em Coumboscuro Imagem: Reprodução/Booking.com

“Não temos uma televisão. Você não sente falta daquilo que nunca teve, em primeiro lugar. Quando falta luz por quinze dias seguidos, não há motivo para entrar em pânico. Nós desenterramos as lamparinas a óleo dos nossos avós”, contou ao veículo Agnes Garrone, pastora e dona da La Meiro di Choco, uma fazenda que também é a única pousada da cidade.

“Estou acostumada a acordar ao amanhecer para cuidar das ovelhas. Trabalho 365 dias por ano, zero férias. Não conheço Natal ou véspera de Ano-Novo, porque durante as festas meus rebanhos precisam ser alimentados e cuidados. É uma vida de sacrifícios, mas é tão recompensadora quando você vê o nascimento de um cordeiro”, conta.

Coumboscuro: a cidade da Itália onde não se fala italiano
Uma amostra do artesanato de Coumboscuro Imagem: Reprodução/Booking.com

Esta frase da jovem de 25 anos mostra uma diferença cultural enorme entre este território e grande parte da Europa que conhecemos. Enquanto que, atualmente, a felicidade se resume a um novo celular ou carro, em Coumboscuro está ligada às coisas mais naturais da vida, como o nascimento de um animal que acaba por se juntar a pouco mais de 30 pessoas que ali habitam em harmonia.

A área onde se encontra Coumboscuro já pertenceu tanto à França quanto à Itália diversas vezes ao longo da história, o que fez com que seus habitantes desenvolvessem uma identidade única, não inteiramente francesa ou italiana. Seu artesanato e os hábitos culinários — entre eles, a fabricação local de cidra — estão entre os traços que mantêm vivos não só o turismo como o imaginário local.

Coumboscuro: a cidade da Itália onde não se fala italiano
Os trajes típicos provençais durante as celebrações pelas ruas de Coumboscuro Imagem: Reprodução/Booking.com

Uma lenda local diz que alguns nativos de Coumboscuros podem curar ossos quebrados e torções no tornozelo. Parte saborosa desta herança são os pratos como “La Mato” ou “o louco“, que mistura arroz, temperos, alho-poró e batatas defumadas; ou o Dandeirols, uma espécie de macarrão caseiro servido com creme branco e nozes.

O calendário das festividades na cidade é disponibilizado na página de seu Centro Cultural, no coumboscuro.org.

Siga o Italianismo no Instagram

Deixa o seu comentário:

Destaques do editor

Destaque do Editor

O ranking mostra o posicionamento, o número de famílias e o número de municípios em que os sobrenomes italianos estão espalhados.

Destaque do Editor

A transmissão da cidadania italiana jure sanguinis pode ser comprovada por qualquer meio, diz a Corte de Cassação da Itália

Cotidiano

Prefeito perde batalha contra ítalo-brasileiros: A lei falou mais alto. Parece que o jogo virou, não é mesmo, senhor prefeito?

Cidadania Italiana

Ao contratar um advogado para processo de cidadania italiana, opte por um que mantenha representante no Brasil.

Cidadania Italiana

Cidadania italiana irregular: 92 cidades da província de Nápoles entram em investigação.

Cidadania Italiana

Silmara Fabotti, líder de esquema de cidadania italiana falsa, planejava fugir da Itália, relata juiz.

Cidadania Italiana

Descaso com o Codice Fiscale: Conselheiro do CGIE denuncia "Gaming the System" nos consulados.

Cidadania Italiana

Passaporte em todo lugar: A partir de julho, correios italianos facilitam renovação e emissão

Cidadania Italiana

A crescente diáspora italiana: Migração em massa em busca de melhores oportunidades e realização pessoal.

Itália no Brasil

Um voo histórico de solidariedade: A ajuda humanitária da Itália ao Rio Grande do Sul.

Itália no Brasil

Aviso por correio convoca os eleitores para participarem das eleições do Parlamento Europeu de 2024.

Cidadania Italiana

Investigação revela esquema de corrupção envolvendo falsos certificados de residência em troca de dinheiro e favores sexuais.