Siga o Italianismo

Olá, o que deseja procurar?

ItalianismoItalianismo

Destinos

Temperaturas de onda de calor ‘Lúcifer’ ultrapassam 40ºC na Itália

Homem se refresca em fonte em Turín. Foto: AP

Onda de calor provoca incêndios florestais, desencadeia alertas climáticos e prejudica plantações

Sabe aquela expressão “calor do inferno”? Pois ela pode ser usada neste momento na Itália sem medo.

O país enfrenta altas temperaturas, com um recorde de 49°C na sensação térmica registrada neste final de semana em Ferrara, na região de Emilia-Romanha, de acordo com os institutos meteorológicos, que marcaram 37ºC. Em Termoli, na região de Molise, a sensação térmica foi de 46ºC, enquanto os termômetros marcavam uma temperatura real de 30ºC. Já em Capo Frasca, na Sardenha, a temperatura chegou a 37ºC, mas a população sentiu 44ºC devido às condições atmosféricas. As autoridades italianas informaram que em 15 regiões do país, do Piemonte a Sicília, a sensação térmica foi de 40ºC por conta da uumidade e do vento.

Temperatura pode chegar aos 37º em Roma nesta semana

Alertas foram emitidos para 10 cidades: Bolonha, Bolzano, Brescia, Perugia, Turim, Ancona, Campossado, Florença, Perugia e Pescara. O Ministério da Saúde da Itália alertou a população contra os riscos do sol, já que muitos italianos aproveitaram as altas temperaturas e o período de início de férias para viajarem para as praias. No entanto, o calor tem provocado problemas nas províncias de Parma e Piacenza, com secas e falta d’água. O Conselho de Ministros da Itália decretou estado de emergência na última quinta-feira (22).

Partes do sul e do leste da Europa exato sendo assoladas por temperaturas acima de 40º Celsius devido a uma onda de calor chamada de “Lúcifer” que provocou incêndios florestais e prejudicou plantações.

A Itália e os Bálcãs foram os mais afetados, mas áreas mais ao norte, como o sul da Polônia, também sofreram com temperaturas anormalmente altas, e o serviço meteorológico europeu Meteoalarm emitiu alertas “vermelhos”, seus mais altos, para 10 países.

A expectativa é que as temperaturas continuem em torno de 40º C até a próxima semana. Vinicultores italianos começaram a colheita semanas antes do que o costumeiro devido ao calor extremo.

Carlo Petrini, fundador do movimento Slow Food, escreveu no jornal “La Stampa” que não há registro de a safra de vinho ter tido início antes de 15 de agosto.

“A saúde das uvas é severamente testada por este clima”, escreveu Petrini, acrescentando que os vinicultores correm o risco de encontrar a fruta “cozida pelo sol e pelo calor escaldante”.

As autoridades italianas emitiram alertas de risco climático para 26 cidades, incluindo os polos turísticos Veneza e Roma, onde muitas das fontes foram desligadas devido a uma seca persistente.

As galerias de arte Uffizi de Florença, mundialmente famosas, tiveram que fechar temporariamente na sexta-feira quando o sistema de ar-condicionado quebrou, disse seu diretor à agência de notícias Ansa.

Siga o Italianismo no Instagram

Deixa o seu comentário:

Destaques do editor

Estilo de vida

Por que não adotar o sobrenome do seu marido na Itália: Entenda os motivos.

Cotidiano

Pontremoli lança programa “Residentes do Futuro” para estimular novos moradores.

Cidadania Italiana

Congresso terá presença de figuras relevantes do judiciário italiano, do Ministério do Interior e da Procuradoria Geral do Estado

Comer e beber

Verdade ou mito: Os italianos realmente comem pasta todos os dias?

Cidadania Italiana

Da Itália à Espanha: A jornada de Riccardo Consoli em busca de um futuro mais acolhedor.

Cidadania Italiana

Os brasileiros estão entre as dez nacionalidades que mais obtiveram uma cidadania da União Europeia em 2022.

Cidadania Italiana

Brasil destaca-se como o 4º país com mais cidadãos adquirindo nacionalidade italiana.

Turismo

Iniciativa conta com 28 municípios divididos em 10 regiões

Cidadania Italiana

O ius soli é um problema falso, não é necessário: os números desconstroem a narrativa da esquerda, segundo jornalista.

Arte & Cultura

Russell Crowe se apresentará no anfiteatro de Pompeia.

Cotidiano

Enel mancha a reputação italiana no Brasil devido a constantes falhas no fornecimento de energia em São Paulo

Cotidiano

Porta critica atuação governamental na demora e ineficácia das negociações do Acordo de Conversão de CNH entre o Brasil e a Itália