Siga o Italianismo

Olá, o que deseja procurar?

ItalianismoItalianismo

Una buona notizia!

Pai e filho símbolos de guerra na Síria ganham nova vida na Itália

Munzir e Mustafa protagonizam uma premiada foto que retrata as cicatrizes da guerra civil de mais de 10 anos na Síria

italia siria
Pai e filho símbolos de guerra na Síria ganham nova vida na Itália | Mehmet Aslam

Um pai e um filho que tiveram membros amputados por causa da guerra na Síria vão ganhar uma nova vida na Itália.

Munzir al-Nazzal e o pequeno Mustafa protagonizam a foto “Hardship of Life” (“Dureza da Vida”, em tradução livre), tirada pelo fotógrafo turco Mehmet Aslan e premiada no concurso Siena International Photo Awards no ano passado.

De acordo com os organizadores da competição fotográfica, a família de Munzir desembarca na Itália na noite desta sexta-feira (21) e vai morar em Siena, na bucólica região da Toscana.

Além disso, o pai e o filho serão tratados em um centro de próteses de Budrio, na província de Bolonha, e o festival abriu uma vaquinha online para ajudar pessoas que sofreram amputações durante a guerra na Síria.

“Eles vão viver em uma moradia da Cáritas em Siena, colocada à disposição pela arquidiocese”, disse o diretor artístico do Siena International Photo Awards, Luca Venturi. “A potência comunicativa daquela foto se transformou em um apoio real à família”, acrescentou.

Munzir e o sempre sorridente Mustafa | italy24news

A imagem em questão mostra Munzir, que teve a perna direita amputada por causa de uma bomba, apoiado em uma muleta e segurando Mustafa. O menino nasceu sem as pernas e os braços pelo fato de sua mãe ter sido obrigada a tomar remédios agressivos devido a um ataque com gás tóxico na região de Idlib.

Apesar das dificuldades, Mustafa aparece sorridente nas mãos do pai, que o olha com ternura. A família fugiu da Síria há mais de três anos e vivia no sul da Turquia, onde a foto foi tirada. Devido às malformações, o menino precisa de tratamento contínuo e próteses especiais.

Iniciada em 2011, a guerra na Síria já deixou mais de 350 mil mortos e cerca de 13 milhões de deslocados. (ANSA)

200

Deixa o seu comentário:

Publicidade

Série

Rádio e TV italiana

Siga o Italianismo

Destaques do editor

Cotidiano

Concerto na Universidade de Pisa tratará do Diálogo entre Música e Paz

Una buona notizia!

42 menores se mudaram para a pequena Fosciandora, na Toscana

Cotidiano

Os trinta diplomatas russos expulsos da Itália são "pessoas indesejáveis". Moscou: nós responderemos

Cotidiano

Durante o diálogo, o premiê cobrou a instituição de um cessar-fogo “o quanto antes”

Vida & Estilo

A mimosa é uma planta popular, acessível e facilmente encontrada na Itália

Cotidiano

Confisco de iates e contas bancárias feito pelo ministério da Economia e das Finanças italiano já chegou aos 140 milhões de euros

Cotidiano

Morto há 141 anos, o escritor Fiódor Dostoiévski (1821-1881) virou alvo na Itália por causa da invasão da Ucrânia pela Rússia. Deixa o seu...

Cotidiano

Senador sempre criticou as sanções econômicas da União Europeia contra a Rússia

Cotidiano

O primeiro-ministro da Itália, Mario Draghi, disse que ataque russo é virada decisiva na história europeia.

Cotidiano

Salvini se opôs, após o anúncio da União Europeia, sobre o envio de ajuda militar à Ucrânia

Cotidiano

Monumentos da Itália foram iluminados em solidariedade ao povo ucraniano

Cotidiano

Convocação aconteceu logo após a Rússia invadir a Ucrânia, na madrugada desta quinta-feira