Siga o Italianismo

Olá, o que deseja procurar?

ItalianismoItalianismo

Cotidiano

Cidade da Toscana dá R$ 30 mil para novos moradores

Pontremoli lança programa “Residentes do Futuro” para estimular novos moradores.

Pontremoli
Pontremoli, na Toscana, lança programa “Residentes do Futuro” para estimular novos moradores | Foto: Depositphotos

Em uma tentativa audaciosa de atrair novos moradores e revitalizar sua comunidade, a pitoresca cidade de Pontremoli, situada nas deslumbrantes paisagens da Toscana, na Itália, está oferecendo um subsídio generoso para aqueles que desejam estabelecer raízes em seu cenário encantador.

Conhecida por sua arquitetura histórica e ambiente acolhedor, Pontremoli — com cerca de 8.300 habitantes — agora está se destacando por sua iniciativa inovadora.

Os novos cinco casais podem receber até €1.800 por ano por três anos, o equivalente a quase R$ 30 mil.

O programa “Residentes do Futuro” foi idealizado pela administração municipal local e tem como objetivo não somente fornecer assistência financeira, mas também fomentar uma comunidade vibrante e sustentavelmente correta para os novos residentes. “Queremos criar um ambiente acolhedor para novas famílias e indivíduos, oferecendo apoio financeiro e outras iniciativas que promovam a qualidade de vida em Pontremoli”, afirma Paolo Parodi, secretário para as Políticas Familiares, ao jornal La Nazione.

Rua no centro histórico de Pontremoli | Foto: Depositphotos
Rua no centro histórico de Pontremoli | Foto: Depositphotos

Além do subsídio para aluguel, o programa oferece uma série de outras vantagens, incluindo tarifas adaptadas à família em serviços essenciais como creches, refeitórios e transporte escolar. Além disso, cada novo nascimento na cidade é celebrado com um “Bônus Natalidade” de €100 (adicional ao valor já concedido pelo governo, no valor de € 800), para estimular o crescimento e a consolidação da comunidade.

Moradores do futuro: município ajuda a pagar o aluguel | Foto: Divulgação


Os requisitos para participar do programa são acessíveis e projetados para atrair uma ampla gama de candidatos. Os interessados devem ser cidadãos italianos, europeus ou de países não pertencentes à União Europeia, ter pelo menos um membro do casal com 40 anos de idade ou menos, e não ser proprietário de uma habitação a menos de 50 km de Pontremoli, entre outros critérios, como ter um Indicador da Situação Econômica Equivalente (ISEE) inferior a €8.000.

Com uma resposta inicial extremamente positiva, o programa “Residentes do Futuro” está se mostrando uma oportunidade imperdível para aqueles que buscam uma vida tranquila e comunitária em uma das joias da Toscana.

Se você sonha em viver em uma cidade encantadora, onde cada esquina conta uma história e cada rua é uma obra de arte, Pontremoli pode ser o destino perfeito para você.

Siga o Italianismo no Instagram

Deixa o seu comentário:

Destaques do editor

Cidadania Italiana

Congresso terá presença de figuras relevantes do judiciário italiano, do Ministério do Interior e da Procuradoria Geral do Estado

Cidadania Italiana

Especialistas se reúnem em Padova para discutir os desafios e implicações da cidadania italiana para descendentes.

Cotidiano

Enel mancha a reputação italiana no Brasil devido a constantes falhas no fornecimento de energia em São Paulo

Economia

Tesla explora potencial da fabricação de veículos elétricos na Itália: Caminhões e vans na pauta, dizem jornais

Cidadania Italiana

A cidadania italiana de Giovanna Ewbank: uma narrativa de rápido sucesso ou marketing disfarçado?

Viagem e Turismo

Prefeito também justificou nova taxa de acesso à cidade.

Arte & Cultura

Cônsul Caruso destacou que 'criar valor está no DNA da cidade'

Arte & Cultura

Público terá acesso a relíquias da cultura Daunia

Turismo

Região recebeu um investimento significativo em infraestrutura, totalizando 3,5 milhões de euros.

Arte & Cultura

A música desempenha um papel fundamental na preservação das identidades culturais e dialetos na Itália

Notícias

Cúpula será realizada em Capri entre 17 e 19 de abril

Economia

Romenos, chineses e marroquinos lideram a estatística.