Siga o Italianismo

Olá, o que deseja procurar?

ItalianismoItalianismo

Cidadania Italiana

O drama dos italianos abandonados no Brasil

italianos abandonados no Brasil
O drama dos italianos abandonados no Brasil

Não há estimativa oficial, mas centenas de italianos não conseguem voltar para a Itália e denunciam que foram abandonados no Brasil.

O motivo é a variante da Covid-19 descoberta no país, e que aterroriza a Europa. 

Quem está no Brasil não pode voltar para a Itália, mesmo que seja cidadão italiano ou quem tenha residência no país europeu.

O ministro da Saúde, Roberto Speranza, aliás, anunciou há uma semana a prorrogação do bloqueio aos voos do Brasil (iniciado em 16 de janeiro) e a proibição de entrada na Itália para quem está ou passou no Brasil nos últimos 14 dias. 

Em resumo, tudo parou até (pelo menos) 15 de fevereiro de 2021. “No momento, não há exceções”, diz no site do Ministério da Saúde

Enquanto isso, a embaixada italiana em Brasília pediu aos italianos em solo brasileiro que enviassem um e-mail com todos os seus dados pessoais.

O objetivo do órgão era monitorar a situação dos seus cidadãos, e intervir para facilitar o retorno deles. Mas até o momento pouco foi feito.

“Por que não o deixam voltar?”

O parceiro de Giulia Salvitti ficou preso no Brasil. Ele viajou no Natal para encontrar seus pais que não via há mais de dois anos. 

“Na Itália ele trabalha 20 horas por semana e também é estudante. Agora ele quer voltar para casa, para a nossa casa, onde também temos uma residência. Anteriormente, ele tinha uma passagem para 1º de fevereiro, agora mudou para 6 de fevereiro, mas claramente ela também será cancelada. Por que não o deixam voltar para Roma?”, pergunta Giulia.

Já Giuseppe, que prefere não divulgar o sobrenome, tem a esposa no Brasil. Estão casados ​​há 10 anos e ela também tem residência e cidadania italiana, e não pode regressar. 

“Eles estão cancelando todos os voos e não vão deixar você sair de qualquer maneira. Não há exceções, todos em terra. Acrescente a isso que temo pela saúde dela. A saúde brasileira é ineficiente em comparação com a italiana. Ela tem doenças crônicas e que deveria tratar na Itália. Enfim, nos sentimos abandonados ”, conclui.

Nesse sentido, a embaixada italiana recomendou aos cidadãos italianos que se encontram em território brasileiro que “é altamente recomendável a estipulação de uma apólice de seguro específica, que inclua a cobertura de despesas médicas e a eventual repatriação sanitária aérea”. A informação está disponível no site do órgão.

Os truques para voltar

Aqueles que querem voltar para a Itália fazem um verdadeiro (e criminoso) malabarismo.

Há quem decide se arriscar comprando múltiplas passagens, saindo da Argentina com destino à Suíça, por exemplo. E depois seguem de carro para a Itália.

Croácia e Espanha são outras rotas procuradas para escapar da restrição aos que estiveram em solo brasileiro.

Além do custo significativo, o truque pode render severa multa e até prisão por falsa declaração. (Com informações do Open Online)

Siga o Italianismo no Instagram

Deixa o seu comentário:

Destaques do editor

Destaque do Editor

Descubra como obter a cidadania italiana de forma segura e eficiente!

Estilo de vida

A Festa della Mamma foi introduzida no calendário na década de 1950

Cidadania Italiana

A cidadania italiana de Giovanna Ewbank: uma narrativa de rápido sucesso ou marketing disfarçado?

Cidadania Italiana

Senador Roberto Menia reforça críticas sobre reconhecimento da cidadania italiana no Brasil.

Cidadania Italiana

Cidadania negada: Quando a sobriedade é muito mais que uma questão de etiqueta.

Itália no Brasil

Consulado Geral da Itália em São Paulo: Uma pequena itália na maior metrópole brasileira.

História

Roma: a cidade imponente, erguida sobre os alicerces da história, celebra seu aniversário em 21 de abril

Economia

Consultoria fez estudo sobre taxa de sobrevivência de companhias.

Turismo

Viajantes vão desfrutar de 266 milhões de pernoites.

Cultura

Ranking foi divulgado pela versão espanhola da revista People

Variedades

Mario Parlato afirmou que ficou feliz com a aquisição.

Cultura

Exposição curada por brasileiro Adriano Pedrosa começa em 20/4