Siga o Italianismo

Olá, o que deseja procurar?

ItalianismoItalianismo

Cotidiano

Números polêmicos da vacina contra o covid-19 na Itália

Números vacina covid-19 Itália
Números polêmicos da vacina contra o covid-19 na Itália

27 de dezembro marcou a estreia simbólica da vacina contra o covid-19 na Itália: confira os números da esperada (não por todos) vacina.

O Itália tem uma meta ambiciosa: encerrar a campanha de vacinação até o verão. A ideia é conseguir imunidade coletiva que cubra a maior parte do país, antes da reabertura das escolas em setembro.

Mas ao longo do caminho ainda existem vários pontos de interrogação: a data de chegada das outras vacinas e própria distribuição das doses, a duração da vacinação e o número de pessoas que aceitarão ser vacinadas.

A Itália recebeu 9.750 doses da vacina, a Alemanha 150 mil

As doses entregues aos países da União Europeia tem gerado polêmica.

A Itália, um dos países mais afetados do mundo por mortes proporcionais à população, recebeu 9.750 doses.

Enquanto isso, o ministro da Saúde alemão, Jens Spahn, falou de outros números muito mais substanciais: uma primeira carga de 151.125 doses chegou em 26 de dezembro. Outras três remessas, num total de 1,9 milhão de doses, devem chegar nos dias 28 e 30 de dezembro e durante a primeira semana de janeiro.

As doses devem ser proporcionais à população: a Itália tem cerca de 60 milhões de habitantes e a Alemanha mais de 83 milhões, mas isso deve se aplicar em um nível geral, ou seja, no total de 300 milhões de doses encomendadas pela UE à Biontech-Pfizer: não nas primeiras doses.

O Ministério da Saúde tentou acalmar os ânimos e afirmou que, após essas primeiras doses da estreia simbólica, o país deve receber 470 mil doses por semana.

Itália terá direito a mais de 202 milhões de doses

Com base nos acordos preliminares de compra, em 2021 a Itália terá direito a mais de 202 milhões de doses.

Um montante que permitirá cobrir toda a população e ter um estoque de reserva. Mas existem vários poréns.

No momento, a única vacina autorizada pelos órgãos reguladores europeus e italianos, Ema e Aifa, é justamente a da Pfizer com a qual a Itália iniciou a vacinação neste domingo.

E que, no entanto, é a mais complicada de distribuir, pois deve ser armazenada a uma temperatura de 70 graus abaixo de zero.

Para as demais vacinas ainda não há data de desembarque. O primeiro deve ser o da Moderna, que não necessita de uma rede de distribuição de ultrafrio.

Por este motivo, a situação do abastecimento permanece variável.

28 milhões de doses no primeiro trimestre de 2021

Estima-se que a Itália deve ter 28 milhões de doses no primeiro trimestre de 2021, entre janeiro e março.

Depois, deve dobrar para 57 milhões de doses, entre abril e junho, e depois estabilizar em 53 milhões entre julho e setembro.

Começaria então a descida, ainda permanecendo em volumes importantes: até 20 milhões de doses no segundo trimestre de 2022.

Números da vacinas contra o covid-19 na União Europeia

A agência de notícias Reuters, no dia 24 de dezembro, publicou a previsão dos números da vacina contra o covid-19 em vários países europeus. Confira:

Itália

As primeiras doses a chegar foram 9.750. As próximas doses serão 470 mil todas as semanas.

Alemanha

As doses iniciais foram superiores a 150 mil.

França

No dia 26 de dezembro chegaram 19.500 doses para 67 milhões de habitantes.

Espanha

O país receberá 350 mil doses por semana. As primeiras chegaram no dia 26 de dezembro.

Portugal

Até o final do ano serão entregues 80 mil doses da vacina.

Romênia, República Tcheca, Eslováquia e Bulgária

As primeiras doses – cerca de 10.000 – chegaram em 26 de dezembro.

Hungria

O primeiro-ministro, Viktor Orban, falou de um primeiro lote de doses de vacinas “suficientes para vacinar 35 mil pessoas”.

Dinamarca

No primeiro país onde a variante inglesa do vírus foi encontrada fora do Reino Unido, a primeira carga é de 40.000 doses.

Noruega e Suécia

A primeira carga é de cerca de 10 mil doses.

Sérvia

A primeira ministra Ana Brnabic falou de um primeiro lote de 4.875 doses.

Malta

A ilha recebeu no dia 26 de dezembro um carregamento inicial de 10.000 doses da vacina. O ministro da Saúde, Fearne, disse que espera ter três quartos da população vacinada até o início do verão de 2021.

Suíça

A Suíça – que não faz parte da União Europeia – iniciou sua campanha de vacinação com 107 mil doses.

Com informações de Reuters, Corriere e Repubblica

Siga o Italianismo no Instagram

Deixa o seu comentário:

Destaques do editor

Destaque do Editor

O ranking mostra o posicionamento, o número de famílias e o número de municípios em que os sobrenomes italianos estão espalhados.

Cotidiano

Prefeito perde batalha contra ítalo-brasileiros: A lei falou mais alto. Parece que o jogo virou, não é mesmo, senhor prefeito?

Destaque do Editor

A transmissão da cidadania italiana jure sanguinis pode ser comprovada por qualquer meio, diz a Corte de Cassação da Itália

Cidadania Italiana

Ao contratar um advogado para processo de cidadania italiana, opte por um que mantenha representante no Brasil.

Cidadania Italiana

Cidadania italiana irregular: 92 cidades da província de Nápoles entram em investigação.

Cidadania Italiana

Silmara Fabotti, líder de esquema de cidadania italiana falsa, planejava fugir da Itália, relata juiz.

Cidadania Italiana

Descaso com o Codice Fiscale: Conselheiro do CGIE denuncia "Gaming the System" nos consulados.

Cidadania Italiana

A crescente diáspora italiana: Migração em massa em busca de melhores oportunidades e realização pessoal.

Cidadania Italiana

Passaporte em todo lugar: A partir de julho, correios italianos facilitam renovação e emissão

Itália no Brasil

Um voo histórico de solidariedade: A ajuda humanitária da Itália ao Rio Grande do Sul.

Itália no Brasil

Aviso por correio convoca os eleitores para participarem das eleições do Parlamento Europeu de 2024.

Cidadania Italiana

Investigação revela esquema de corrupção envolvendo falsos certificados de residência em troca de dinheiro e favores sexuais.